Compartilhe

Chang Jae-in (nome fictício) disse que se abriu para seus amigos e namorado sobre o fato de que visita lojas adultas por prazer e agora se sente à vontade para conversar livremente sobre sexo na confucionista* e conservadora Coreia do Sul.

Ao contrário do preconceito do passado com mulheres que usavam brinquedos sexuais, o uso de tais produtos tornou-se mais socialmente aceitável hoje em dia, graças a uma série de lojas adultas recém-inauguradas e que estão realmente florescendo no centro de Seul.AEN20170810010000320_01_i

Visitar as lojas só para olhar ou comprar brinquedos sexuais tornou-se parte da rotina de fim de semana com meu namorado“, disse a mulher de 31 anos. “Eu não preciso necessariamente me preocupar com quem está olhando quando entro em lugares assim“.

A Coreia do Sul, uma sociedade confucionista e dominada pelos homens, está passando por uma transição rápida quando se trata de papéis de gênero e empoderamento sexual feminino. As pessoas também estão começando a testemunhar muitas mudanças na mentalidade em relação ao sexo, não só entre a geração jovem.

Lojas como Pleasure Lab e Red Container estão definindo as mudanças recentes na conservadora Coreia do Sul, quebrando um estigma de que as lojas adultas são apenas para um nicho de poucos clientes masculinos. As lojas visam quebrar o silenciamento social sobre as mulheres e a sexualidade, ao mesmo tempo em que ensina os clientes a usar vários itens.

Ao contrário das lojas adultas convencionais que são na maioria das vezes, escondidas em pequenas vielas, a Pleasure Lab – co-fundada por Kwak Yu-ra, de 29 anos, em 2015 – está localizada no bairro de alto nível chamado Sinsa-dong, no coração de Seul. O interior elegante visa atrair a clientela feminina.

A maior mudança é que as mulheres não tem mais vergonha de visitar as lojas“, disse Yu-ra, uma ex-enfermeira. “Nosso objetivo é que mais mulheres desfrutem e se orgulhem de suas vidas sexuais“.

A resposta foi tão positiva desde a abertura que os sócios já expandiram sua operação para Hapjeong em 2016. Houve apreensão quando foram fazer o registro da loja, já que o prédio é também ocupado por uma igreja em uma área residencial de Seul.

Era impensável que uma loja adulta fosse localizada no mesmo edifício que uma igreja, mas as coisas mudaram muito recentemente. Os pastores e as pessoas da igreja não se opuseram à nossa abertura“, disse Yu-ra.

Graças aos clientes fiéis, a Pleasure Lab também lançou sua própria linha de produtos, com preços acessíveis para atingir as clientes do sexo feminino entre os 20 e 30 anos.

Eu vi casais tanto em seus 20 quanto em seus 70 anos que visitam a loja para comprar produtos“, disse um gerente da loja de Hapjeong, que pediu para não ser identificado. “Os brinquedos sexuais não são apenas para jovens“.

AEN20170810010000320_02_iA Red Container, localizada no centro de um beco principal no popular distrito de Itaewon, no meio de Seul, também se tornou uma surpresa para os negócios no distrito, apesar de algumas preocupações anteriores.

A Red Container, de fato, foi mais que uma experiência para nós“, disse Koo Jonng-hoe, gerente da loja. “Primeiro nos preocupamos com a reação, mas logo ficamos surpresos com as vendas melhores do que o esperado e a resposta positiva não só dos clientes, mas também dos proprietários das lojas nas proximidades“.

A loja – ao contrário de outras lojas adultas de pequeno porte  – localizadas em um beco curto, onde os clientes têm que escalar uma escada mal iluminada para chegar – traz mais de 1.000 clientes por dia nos fins de semana, com mais de 90 por cento sendo clientes do sexo feminino.

A maioria dos clientes são mulheres nos seus 20 e 30 anos que visitam lojas adultas pela primeira vez“, disse Jonng-hoe. “No entanto, vimos essas clientes voltarem com seus namorados“.

Para ajudar as clientes ou aqueles que ainda se sentem tímidos ou desconfortáveis em visitar a loja, a empresa também oferece compras on-line de mais de 150 itens, que representam cerca de um décimo das vendas. Refletindo a popularidade, a loja também planeja abrir mais 10 unidades em todo o país até o final do ano.

Mais homens também estão se tornando abertos a esse fenômeno, dizendo que não ficariam preocupados se descobrissem que sua parceira está usando um brinquedo sexual para seu próprio prazer.

Eu ficaria feliz em comprar algo para minha namorada“, disse um cliente de 29 anos chamado Park. “Eu acredito que o prazer da minha namorada é a nossa felicidade a longo prazo. Eu não tenho mais nenhum tabu em relação a isso“.

*O Confucionismo é um sistema ético, filosófico e religioso chinês, fundado por Confúcio. Foi a doutrina oficial da China por mais de dois mil anos, até o início do século XX.


Disclaimer: As opiniões expressas em matérias traduzidas ou em colunas específicas pertencem aos autores orignais e não refletem necessariamente a opinião do KOREAPOST.




DEIXE UM COMENTÁRIO