Compartilhe

Seoul National University classificou-se em primeiro lugar no ranking abrangente do JoongAng Ilbo para 2017, seguida das universidades de Sungkyunkwan, HanyangKorea e Yonsei.

O JoongAng Ilbo avaliou 61 universidades usando 33 critérios diferentes, incluindo número de citações acadêmicas, disponibilidade de bolsas e empregabilidade após a graduação.

Os departamentos de ciências humanas e sociais da SNU ocuparam o primeiro lugar, enquanto que a escola recebeu os maiores resultados para pesquisas de faculdade, ambiente educacional e reputação. Seu excelente ambiente educacional foi considerado resultado de grandes investimentos governamentais e corporativos, publicações ativas por professores e benefícios extraordinários para estudantes.

maxresdefault

O Instituto Superior de Ciência e Tecnologia da Coreia (Kaist) ficou em primeiro lugar nas ciências naturais, enquanto a Universidade de Sungkyunkwan e a Universidade de Pohang de Ciência e Tecnologia (Postech) ficaram empatadas no ranking de engenharia.

A Sungkyunkwan é conhecida por sua disponibilidade de apoio financeiro para professores e estudantes. No ano passado, a escola concedeu 36,2 bilhões de won (R$ 105.600.000) em fundos de pesquisa para professores, os mais altos do país. Além disso, tem a autoria sobre a maioria dos artigos universitários publicados em revistas internacionais. Um de seus professores de engenharia química, Park Nam-gyu, é o único coreano a ser listado na Claritrate Citation Laureates 2017, que é usada para identificar quem provavelmente receberá um Prêmio Nobel.

O campus de Seul da Universidade Hanyang, por outro lado, se destacou em termos de realização dos alunos, especialmente na indústria de start-ups. De todas as start-ups certificadas pela Korea Technology Finance Corporation, 498 se formaram no campus de Seul da Universidade Hanyang, logo atrás das 525 da SNU. No ano passado, a Hanyang ofereceu palestras sobre empreendedorismo para cerca de 6.580 participantes. Em 2012, iniciou-se a Hanyang Start-up Academy, que apoia financeiramente ex-alunos e estudantes atuais com até 150 milhões de won cada.

maxresdefault (1)

Os campus de Seul da Korea University e da Yonsei foram bem em todas as categorias. A Korea foi um pouco melhor do que a Yonsei quando se trata de bolsas de pesquisa, desempenho de publicações, emprego e conquista de estudantes. A Yonsei se destacou em termos de reputação, ambiente educacional, taxa de matrícula e disponibilidade de residência.

DSCN6726

A Universidade Sogang, que ficou em sexto lugar no geral, foi bem em termos de empregabilidade estudantil. Embora a Sogang tenha ficado em terceiro lugar em empregabilidade geral, após Sungkyunkwan e a Korea University, com uma taxa de 73,2%, ocupou o primeiro lugar em empregabilidade por área. Apesar de ter muitos de seus alunos com especialização em humanas, o que pode levar a desafios de emprego, a Sogang criou um programa de emprego bem sucedido que conecta os alunos com oportunidades e oferece recursos úteis, incluindo entrevistas simuladas em inglês.

A Inha University ficou em oitavo, destacando-se na pesquisa do corpo docente. Desde 2014, a Inha aumentou o alcance de seus subsídios de pesquisa e começou a financiar professores que apresentaram propostas acima da média. Ela também designa um professor como orientador vocacional para cada departamento, tornando-o responsável por coletar as informações de emprego mais recentes e orientar os alunos para as oportunidades que melhor os atendam.

A Kyung Hee University, classificou-se em décimo no geral, tem uma reputação de ser a mais habilitada para o recebimento de estudantes estrangeiros. Este ano, foi lar de 3.368 estudantes estrangeiros e os ajudou a entrar no mercado de trabalho coreano oferecendo serviços para polir seus currículos e melhorar suas habilidades de entrevista em coreano.

Kyung Hee University
Kyung Hee University

A Konkuk University, que ficou em 15º, tem um sistema de apoio  forte para estudantes e uma taxa de desistência muito baixa, de 2,2%. A partir de 2015, a escola começou a motivar estudantes com GPAs baixos com a promessa de bolsas de estudo de até 1 milhão de ganhos se melhorassem.

A Pusan National University, a principal universidade pública fora de Seul, foi bem em reputação e influência na comunidade local. Começou o “Programa de Caridade e Educação” em 2011, permitindo que os alunos que se destacam em música, arte ou educação física se encontrem com crianças desfavorecidas para compartilhar seus conhecimentos.

A Ulsan University, que ocupou o primeiro lugar entre as universidades privadas fora de Seul, se concentra na cooperação com a indústria local e mantém uma estreita relação com a Hyundai Heavy Industries e o Asan Medical Center, trabalhando em colaboração com outras 20 “empresas familiares” dentro de Ulsan.

A Hallym University, que ficou em terceiro lugar na mesma categoria, oferece inúmeras oportunidades de colocação em campo para seus alunos, em parceria com 308 instituições da região, enquanto a Sun Moon University foi a melhor do país em termos de oferecer serviços para estudantes residentes. Este ano, teve um índice de acomodação de estudantes de 40,3%, o que atraiu muitos estudantes estrangeiros, que constituem 8,1 por cento do corpo estudantil.

No que diz respeito à reputação, no entanto, a SNU ainda é considerada o principal centro educacional da Coreia.

Na pesquisa da JoongAng Ilbo que incluiu 550 recrutadores e 550 professores do ensino médio, a SNU foi selecionada por ter os novos alunos mais desejáveis, o maior potencial para crescer e sendo a que mais recomenda os estudantes. Mas a Sungkyunkwan ficou em primeiro lugar como a universidade da qual os recrutadores têm preferencia por novos graduados em humanas.


Disclaimer: As opiniões expressas em matérias traduzidas ou em colunas específicas pertencem aos autores orignais e não refletem necessariamente a opinião do KOREAPOST.




DEIXE UM COMENTÁRIO