Compartilhe

Cha Jun-hwan, que conquistou a única vaga para solo masculino de patinação artística das Olimpíadas de Inverno de 2018, disse está se preparando para os primeiros Jogos de Inverno no país.

Jun-hwan-Cha

Em uma competição acirrada, o patinador artístico de 16 anos venceu seu rival de 21 anos, Lee June-hyoung, nas últimas eliminatórias das Olimpíadas, por apenas 2.13 pontos. A vitórias de Cha não era esperada por muitas pessoas, principalmente porque ele vinha sofrendo de dores nos tornozelos e quadris.

O jovem patinador optou por tentar, na modalidade livre, apenas um pulo quádruplo, em vez de dois, a fim de evitar riscos. A estratégia foi um sucesso.

Considerando sua idade, Cha era considerado um candidato mais propenso a participar dos Jogos Olímpicos de Pequim, em 2022. Os Jogos de PyeongChang podem ser a chance dele ganhar experiência antes de realmente se destacar na China daqui a quatro anos.

“Embora eu devesse ter uma grande meta para PyeongChang, eu planejo me concentrar em dar meu melhor esforço com o melhor programa”, disse o jovem fenômeno durante uma conferência de imprensa no centro de Seul. “Não estabeleci um objetivo específico em termos de pontuação ou classificação para PyeongChang”.

Cha disse que espera ganhar muita experiência através dos Jogos de Inverno, e preparar-se para outros eventos futuros também.

“Depois que foi confirmado que eu participaria das Olimpíadas, fiz uma pausa e tive tratamento em uma clínica”, disse Cha. “Um dia depois, retomei meu treinamento regular”.

Ele estava pronto para partir para o Canadá naquela semana para continuar seu treinamento olímpico.

Brian Orser, que treinou a lendária patinadora coreana Kim Yuna para a medalha de ouro nas Olimpídas de Vancouver em 2010, também estará ao lado de Cha nos Jogos de PyeongChang. Orser trabalha com o jovem patinador desde março de 2015.

Cha Jun-hwan e seu treinador, Brian Orser
Cha Jun-hwan e seu técnico, Brian Orser

Como ocorreu nos testes olímpicos, Cha disse que planeja abster-se de movimentos que exigem muito fisicamente.

“Pode ser que eu mantenha o nível atual de dificuldade do programa”, ele disse. “Se minha lesão melhorar, pode ser também que eu crie programas mais complexos, após consultas com Orser”.

As Olimpíadas de Inverno de PyeongChang, que duram do dia 9 ao dia 25 de fevereiro, serão sediadas em PyeongChang e Gangneung, como uma cidade sub-sede, que será o local principal dos esportes de gelo.


Disclaimer: As opiniões expressas em matérias traduzidas ou em colunas específicas pertencem aos autores orignais e não refletem necessariamente a opinião do KOREAPOST.




DEIXE UM COMENTÁRIO