Compartilhe

A indústria de cosméticos sul-coreana é conhecida em diversas partes do mundo pela qualidade adquirida em decorrência do alto investimento em pesquisa e tecnologia, além do preço acessível. O ideal para os coreanos é que a maquiagem seja natural e não prejudique a pele”, afirma Song Wha Chae, gerente da Kotra/Rio de Janeiro, durante mais uma edição do K-Beauty Latin America, que ocorreu no Hotel Pestana, nesta terça-feira, em Copacabana, Rio de Janeiro.

A Agência Kotra, é uma organização operada e financiada pelo Governo da Coreia do Sul, que tem o objetivo de promover o comércio, realizar investimentos entre empresas sul-coreanas e estrangeiras, além de fornecer suporte à cooperação tecnológica industrial.

Rodadas de Negócios. Foto: Koreapost
Rodadas de Negócios. Foto: Koreapost

Durante o evento, que também contou com o apoio da Embaixada da Coreia do Sul, ocorreram rodadas de negócios, palestras, exibição de produtos cosméticos de marcas coreanas, sessões de maquiagem e nail art. Havia também uma área temática dedicada aos Jogos Olímpicos de Inverno de PyeongChang 2018 e uma exposição de fotos, que visavam mostrar um pouco mais do país, além de algumas obras literárias sul-coreanas que foram traduzidas para o português, como o “A Vegetariana” de Han Kang.

O estande de Peyongchang. Foto: Koreapost
O estande de PyeongChang. Foto: Koreapost

Algumas das marcas coreanas que estiveram presentes foram: Valika Cosmetics Ltd., STB International.co, O&Young Cosmetics, DongKook Pharmaceutical, CHA Health Systems e Coreconvergence Co. (veja abaixo um pouco mais sobre algumas destas empresas e seus produtos)

O Brasil é a porta de entrada para a América Latina. Se os cosméticos coreanos conseguirem espaço no mercado brasileiro, é muito provável que possam também chegar aos demais países do continente”, afirma Song Wha Chae. O objetivo central deste tipo de evento é auxiliar as empresas sul-coreana a terem um primeiro contato com o público e adquirirem um feedback inicial dos hábitos e gostos dos brasileiros, além de ajudar a promover encontros com possíveis parceiros no Brasil”, conclui a gerente da Kotra.

Os cuidados com a pele são umas das principais preocupações do público sul-coreano, sejam homens, ou mulheres. Os cidadãos do país, que possui o oitavo mercado de cosméticos no mundo, acreditam que obter uma aparência física saudável e bonita contribui, inclusive, com a possibilidade de ser contratado pelas empresas.

Obviamente os programas de TV, propagandas e a cultura tradicional que há séculos valoriza a pele radiante e saudável, incentivam os sul-coreanos a ter uma atenção redobrada com isso. É comum os coreanos usarem diversos tipos de produtos, nas diferentes estações do ano, pois possuem, a sua disposição, opções nacionais variadas de hidratantes, como creme para os poros (creme BB, bálsamo ou bálsamo de beleza) e loções para iluminar a pele (Creme CC, correção de cores ou controle de cores).

Vários produtos estavam em exposição. Foto: Koreapost
Vários produtos estavam em exposição e foram sorteados aos participantes, bem como as sessões de maquiagem. Foto: Koreapost

A maquiagem é usada por eles geralmente todos os dias, porque oferece proteção solar, uma grande preocupação do público. “A Coreia, muito antes do Brasil e alguns outros países do Ocidente, já desenvolvia bases e outros produtos de beleza com protetor solar. O grande investimento em tecnologia e ciência, auxiliado pelo governo, faz com que as empresas possam, atualmente, desenvolver cosméticos utilizando pesquisas com células tronco. Eles possuem uma extensa linha de dermocosméticos. Isso se dá pelo fato de muitas companhias, que hoje desenvolvem produtos de beleza, também atuarem na indústria da saúde em geral”, comenta uma das organizadoras do evento Patrícia Vieira.

Para alcançar um tom de pele perfeitamente uniforme, as mulheres coreanas chegam a executar uma rotina diária de cuidados de pele de 8 a 10 passos. Tradicionalmente, estas extensas rotinas incluem removedor de maquiagem, limpeza dupla (óleo e limpeza à base de água), esfoliante, tônico, essências (hidratantes leves), tratamentos (fortalecedores, sérums, ampolas), máscaras (folhas de algodão finas embebidas em uma fórmula baseada em um líquido que hidrata, ilumina e até mesmo trata algumas linhas finas de expressão), creme para os olhos, hidratante e protetor solar.

Homens coreanos, interessados em cuidados com a pele, usam creme BB ou CC. Cosméticos fabricados especificamente para homens na Coreia do Sul concentram-se também no alívio da pele após o barbear diário. “Há ainda um grande caminho a percorrer na América Latina e no Brasil. É preciso conhecer e compreender melhor o público e seus hábitos, por isso a parceria com empresas nacionais é de extrema importância para os empresários sul-coreanos”, salienta Song Wha Chae.

A Valika Cosmetics Ltd: Fundada em 1998, especializou-se na produção de esmaltes à base de gel, além de removedor de unhas. Desde 2008, apresenta um produto desenvolvido com a própria tecnologia, o gel lustrador UV. Em 2013, a Valika criou também o gel lustrador Silicone-Germanium UV, que além de ecológico, busca minimizar os danos das unhas através de radiação infravermelha. Ambos os produtos, na época de seus lançamentos, foram inéditos no mundo inteiro.

O&Young Cosmetics: Todos os produtos da O& Young são feitos pelos médicos no Hospital de Cirurgia Plástica da empresa. A O&YOUNG têm seus produtos certificados pela KFDA (Korean Food & Drug Administration). Além disso, com uma tecnologia avançada própria, foi possível fazer produtos de beleza que visam uma atenção especial com a proteção e a higiene da pele tais como cremes, protetores solares, sprays e outros itens, além de uma extensa linha de maquiagem.

DongKook Pharmaceutical: Está no Mercado desde de 1968. Produziu diversos medicamentos para tratamento de inúmeras enfermidades. A exemplo esta o Insadol que foi feito para problemas relacionados à inflamação na gengiva; o Madecassol, que é uma droga destinada à cura de feridas; e Oramedy, que serve para tratar gengivite, estomatite e glossodínia. Em 1992, a DONGKOOK Pharm. Co. Ltd. Desenvolveu um sistema de seringas e vários tipos de agentes de injeção ultramodernos. Eles possuem um instituto central de pesquisa e uma fábrica de matérias-primas que são extraídas e sintetizadas diretamente. Suas fábricas são equipadas com instalações ultramodernas. A DONGKOOK investe mais de 5% da venda anual em pesquisa e desenvolvimento, em que conta com uma equipe de titulares acadêmicos.

Com iniciativas como a K-Beauty, a Coreia do Sul busca impulsionar a sua presença e cooperação com o Brasil e a América Latina, em outras áreas de mercado, porém precisará ultrapassar as fortes diferenças culturais para conquistar um mercado ainda dominado por concorrentes brasileiros, europeus e americanos.


Disclaimer: As opiniões expressas em matérias traduzidas ou em colunas específicas pertencem aos autores orignais e não refletem necessariamente a opinião do KOREAPOST.




ImagensKOTRA
FonteTexto Autoral/Reportagem
Compartilhe
Artigo AnteriorNon-gae, Um Exemplo de Patriotismo para os Coreanos
Próximo ArtigoA conturbada vida da escritora Yū Miri no Japão [Coreanos pelo Mundo]
Alessandra Scangarelli
Alessandra Scangarelli Brites, 31 anos, gaúcha, roteirista, produtora, jornalista e pesquisadora. Hoje objetiva realizar projetos e estudos que estabelecem a conexão entre as Relações Internacionais e o Cinema. Adora a produção cinematográfica e a literatura coreana. Formada em jornalismo pela PUCRS; concluiu especialização em Política Internacional também na mesma universidade. É mestre em Estudos Estratégicos Internacionais pela UFRGS. Especializou-se na área da política externa da Rússia e da China, além das relações estabelecidas entre o grupo BRICS.

1 Comentário

  1. Sou uma grande entusiasta da cosmética coreana e, sempre que possível, procuro adquirir produtos destinados aos cuidados com a pele através do Ebay. Apesar da longa espera em razão da distância entre os países e a morosidade do nosso serviço de entregas, vale a pena comprar os produtos coreanos através da Internet. Eles sempre entregam um bom resultado e possuem um preço justo. Se tivesse que indicar apenas um item de beleza, seriam as espumas/sabonetes de limpeza. Nunca usei sabonetes tão eficiente em retirar as impurezas sem deixar a pele repuxando!

    Há pouco tempo resolvi investir mais em outros cosméticos coreanos e, desde então, venho notando diferenças significativas na minha pele. Tenho tentado seguir a rotina de coreana de cuidados com a pele e recomendo para todos. Infelizmente, ainda acho que os brasileiros se importam mais em cobrir as imperfeições da pele com maquiagem do que tratá-las.

DEIXE UM COMENTÁRIO