Park I-Seul  já quis ser uma modelo com um belo “corpo ideal”.

Ela recorreu à dietas excessivas buscando alcançar esse sonho, no entanto, isso só a levou a desenvolver distúrbios alimentares, por volta dos 20 anos.

I-Seul Park. Foto: The Korea Times

Enquanto enfrentava esses distúrbios, ela começou a refletir sobre o que arruinou sua saúde e percebeu que a beleza é mais do que medidas corporais.

Na época, aos 25 anos, ela conheceu o “body positivity” (aceitação da imagem corporal, em tradução livre), um movimento social que vem ganhando grandes proporções ao redor do mundo, chamando a atenção das pessoas para amarem e apreciarem seus corpos, não importa seu tamanho.

Eu conheci o “body positivity” e modelos plus-size através do Instagram e ganhei coragem através da mensagem para se amar do que jeito que você é,” I-Seul explica.

Essa mudança na forma de pensar fez com que ela decidisse ser uma modelo, independente da sua imagem.

Eu vi diversas postagens de perfis estrangeiros do Instagram e descobri uma variedade de pessoas que, independente da sua altura, peso ou deficiência física, trabalham como modelos. Então, eu decidi me tornar a primeira modelo de “tamanho natural” da Coreia e comecei a modelar no começo do ano passado.”

Mas, enquanto trilhava um caminho que ninguém ainda tinha percorrido em seu país, ela teve que enfrentar algumas dificuldades.

Uma delas foi ser rejeitada diversas vezes em trabalhos que envolviam desfile de passarela. Ela também foi recusada por responsáveis de lojas online que diziam não precisar de uma modelo do tamanho dela.

Eu precisei provar a importância de uma modelo de “tamanho natural” e decidi usar o Instagram e o YouTube para isso“, explica, ressaltando que ela administra seu próprio canal no YouTube chamado “Cheedo“, onde ela compartilha dicas de estilo, assim como uma conta no Instagram com vídeos relacionados à moda.

Foto: South China Morning Post

Para alcançar o sonho de desfilar em uma passarela, ela criou e lançou seu próprio desfile de moda chamado “Outfits for Tomorrow”, em novembro do ano passado, através do seu projeto apoiado pelo concurso BAT MAN. Foi o primeiro desfile de moda da Coreia que permitiu que modelos de qualquer tamanho participassem.

O concurso BAT MAN, realizado pela fabricante de tabaco BAT Korea desde maio de 2017, foi desenvolvido para oferecer suporte a jovens adultos que anseiam por realizar grandes projetos.

I-Seul ganhou o grande prêmio no concurso em reconhecimento ao seu esforço em criar um ambiente livre de discriminações para que modelos de todos os tamanhos possam seguir com seus sonhos.

Eu me senti recompensada por ser capaz de mostrar para a indústria da moda que a demanda por modelos de todos os tamanhos é crescente“.

I-Seul planeja realizar seu segundo desfile de moda “body positive” no próximo ano, assim como propagar cada vez mais o movimento, discutindo abertamente sobre problemas com a imagem corporal e distúrbios alimentares.


Disclaimer: As opiniões expressas em matérias traduzidas ou em colunas específicas pertencem aos autores orignais e não refletem necessariamente a opinião do KOREAPOST.



DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome.