Eu dividi essa matéria em 3 partes para maximizar o aprendizado.

Vamos ao passo a passo para você começar a falar coreano…

Pegue papel, caneta e anote:

Passo 1: contato diário com o Hangul

Apesar de parecer uma dica simples ela é muitíssimo poderosa. Aprender coreano requer intensidade. É difícil aprender coreano tendo contato uma ou duas vezes por semana com o novo idioma. Deve provar para seu cérebro que Hangul é prioridade para você. E isso só vai acontecer se você tiver contato diário com o Hangul. Afinal foi assim que nós aprendemos o português quando éramos crianças. Tínhamos contato com o português o tempo todo, seja pela família, pelas músicas, pela TV, pelos amiguinhos, pelos professores, etc…

Passo 2: diálogos e frases

Na verdade esse passo poderia se chamar: “não aprender Hangul palavra por palavra”. O que eu quero dizer é que deve aprender Hangul usando pequenos diálogos, blocos de texto…Palavras soltas acabam se perdendo no nosso cérebro e tornam a atividade de estudar Hangul muito mecânica, chata e ineficaz. O inverso disso é usar a associação. Você pode até tentar memorizar uma palavra específica que você está tendo dificuldade ou é novidade para você. Mas o modo certo de fazer isso é colocar essa palavra dentro de uma frase e estudar aquela frase inteira.

Passo 3: não ter vergonha e não ter medo

O que acontece com 99% das pessoas que ensinam coreano não prestam atenção ao aspecto emocional dos alunos. E cá entre nós, aprender Hangul não é algo difícil, o que torna difícil aprender Hangul é o grande bloqueio que as pessoas colocam dentro da mente delas…Seja porque já se frustou com o Hangul ou porque sempre escutou as pessoas falando que não conseguem aprender…Um dos exemplos que vejo é quando as pessoas dizem “eu até sei ler mas não consigo falar.” O que eu digo para essas pessoas é “você tem a base, só falta trabalhar com sua inteligência emocional e suas conexões neurais em relação ao Hangul”. O 1º passo para resolver o “medo” de falar Hangul é ficar “sem vergonha” no bom sentido, é claro. kkkk. Fale as frases como se tivesse certeza que está certo.

Entenda, nem todos ao seu redor sabem falar Hangul, quanto mais falar com confiança, mais as pessoas vão achar que você está certo e vão te ver como uma pessoa mais inteligente e segura. Se você estiver falando com um coreano, quanto mais tiver confiança no seu tom de voz, mais fácil será para ele te entender. Se você fica inseguro você vai falar tra-tra-tra-travando ou ga-ga-ga-gaguejando e isso vai dificultar ainda mais para ele te entender.

Estamos combinados? Sem vergonha?


Disclaimer: As opiniões expressas em matérias traduzidas ou em colunas específicas pertencem aos autores orignais e não refletem necessariamente a opinião do KOREAPOST.



12 COMENTÁRIOS

  1. Olá Juliana, boa semana, espero que esteja bem! Quero tanto, que já estou sem vergonha! Tenho consciência que estou com muitas palavras soltas e parece até preguiça mental quando me deparo com um texto. Parece que não saberia ler de jeito nenhum, só pelo tamanho. Acho que falta pra mim, exatamente isto, produção de pequenos textos utilizando o que já tenho de vocabulário e aplicação das regras gramaticais que tenho, que ainda são poucas. Tive dificuldade em reter o aprendizado para conjugação de verbos. Acho que este conjunto se resume ao que você disse nesta matéria. Confissões de estudante! O tradutor Google me mata!

    • Olá, Ana.

      Você tem razão e essa é a realidade da maioria dos estudantes de coreano…
      E o tradutor do Google lembra aquele filme “Dormindo com o Inimigo”…

      Bjs, e uma linda semana, amiga.

  2. Olá Juliana!

    Suas dicas tem sido muito valiosas para mim! Está fazendo um que eu estudo Hangul, e vejo que tenho um longo caminho pela frente!

    Porém, minha dificuldade é principalmente a vergonha! O medo de pronunciar as palavras de forma errada acaba me paralisando!

    Muitas vezes, meus professores elogiaram a mim e meus colegas de classe, mas mesmo assim sinto que falta treino!

    Como eu trabalho na recepção de um hotel, aproveito quando tem algum hóspede coreano (a maioria vem de São Paulo) e tento falar algo em Hangul, nem que seja um “안녕하세요!”, pra ir perdendo o medo!

    Prometo comentar mais os seus posts de agora em diante!

    감사합니다! ^-^

  3. Quando tentei falar Hangul com um coreano literalmente engasguei de tanta vergonha e o inglês saiu quase que naturalmente, o engraçado é que a pessoa disse que poderia falar confortavelmente e me ajudaria sem problema nenhum. O problema está na nossa cabeça achando que vão rir a cada erro, a sensação de conseguir ser entendida e causar a surpresa por isso é incrível. Excelente feriado Carnaval para você Juliana. Abraços.

    • Isso mesmo, Ana Laura.

      Uma vez eu estava assistindo um filme americano.
      Tinha esquecido que não era minha língua-mãe e estava entendendo o filme sem ler a legenda até que meu irmão comentou algo (agora não me lembro mas me fez lembrar que eu não entendia inglês)…
      Aí fui obrigada a ler a legenda porque faltou confiança. Eu me considerava incapaz de entender inglês.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome.