1 – Aprende gramática antes de falar coreano!

Aprendendo Hangul #21 – Você Comete Esses Erros?

De todos cometidos contra quem está aprendendo a falar coreano esse é o maior.

Você já observou que quem melhor aprende uma nova língua são as crianças e você já viu em algum lugar no mundo uma criança aprender gramática antes de falar?
Se você aprender gramática enquanto estiver falando coreano, na hora de falar você vai ficar pensando sobre a gramática e não sobre falar coreano!

Tente pensar na gramática que você usa diariamente antes de falar português. Uso predicativo do sujeito? Uso advérbio? Objeto direto ou indireto? Será que esse verbo é passado ou pretérito mais que perfeito? Eu duvido que você não vai gaguejar! A gramática antes de você falar coreano vai acabar com as suas chances de ser pensar em coreano!

2- Usa livros de coreano e não coreano da vida real!

Aprendendo Hangul #21 – Você Comete Esses Erros?

Os livros de coreano não são feitos para a vida real, são feitos para ensinar você a ler, sendo que 80% do seu aprendizado deve ser de falar e ouvir!

Seja honesto, se você pudesse escolher: um livro de coreano ou um filme do Fansub; um livro de coreano ou uma peça de teatro; um livro de coreano ou um áudio no seu IPHONE ou iPOD; um livro de coreano ou toda a internet; um livro de coreno ou KBS, MBC, SBS; o que você escolheria?

3- Aprende primeiro a ler antes de aprender a ouvir

Aprendendo Hangul #21 – Você Comete Esses Erros?

Você ensinaria um bebê ou mesmo uma criança a ler antes de aprender a ouvir? Não se você estiver em seu juízo perfeito! Quer saber a ordem de como uma criança aprende? 1º Ouve, 2º Fala, 3º Lê e 4º Escreve.

Você não precisa voltar a ser criança para aprender uma segunda língua, no caso o coreano, você só precisa usar as mesmas estratégias que as crianças usam e isso somado à sua experiência multiplica a velocidade do seu aprendizado

4- Cada um tem um jeito único de aprender

Aprendendo Hangul #21 – Você Comete Esses Erros?

Você não fica com raiva quando numa sala de aula todos assistem à mesma aula e os outros aprendem e você não?

A resposta é: porque em uma sala de aula cada aluno tem um estilo e quando o seu estilo é o mesmo do professor você aprende com mais facilidade. Acontece que, muitas vezes, quando o professor tem um estilo diferente do seu, o aprendizado fica quase impossível para algumas pessoas.

5- Não tira proveito da nova tecnologia 
Pense em um centro cirúrgico há 100 anos…

Aprendendo Hangul #21 – Você Comete Esses Erros?

Pense em um centro cirúrgico hoje (lembre-se, há 100 anos não existia centro cirúrgico!).

Pense em uma sala de aula há 100 anos… Pense em uma sala de aula hoje (lembre-se, há 100 anos já existiam salas de aula). O progresso da medicina é incomparável com o progresso da educação.

Há 100 anos era aluno sentado na cadeira e professor com o sistema GLS: Giz, Lousa e Saliva!

 


Disclaimer: As opiniões expressas em matérias traduzidas ou em colunas específicas pertencem aos autores orignais e não refletem necessariamente a opinião do KOREAPOST.

4 COMENTÁRIOS

  1. Bom dia, nem sei o que falar! Você tem toda razão mas não conseguimos fazer diferente. O coreano nos é apresentado desta forma. A maioria de estudantes procuram tudo sozinhos e antes de conseguir falar, precisamos saber o que falar. Quem dera tivesse pelo menos um restaurante aqui no Rio, para poder pedir uma comidinha e agradecer a gentileza. Agora nas olimpíadas eu vou ficar de olho em cima. Procurando com meus olhos ainda despreparados, para reconhecer a nacionalidade, sem dar mancada no meu cumprimento. Poderia ser um tema para Bruno Kim. Como reconhecer logo de cara um coreano!

    • Pois é, Ana…

      Se mais professores ensinassem nessa ordem seria tão bom.
      Mas a maioria ensina o que aprendeu na escola.
      Eu vim com 6 anos para o Brasil e passei 2 anos muda.
      Eu passei por situações embaraçosas apesar de ser uma criança.
      Colegas da escola apontando o dedo para mim, cochichando entre eles…
      Acho que me chamaram de surda-muda.
      Mas aconteceu algo que abriu meus ouvidos e depois minha boca para falar o português.
      E eu estou dando essas dicas com base no que eu passei e aprendi na minha infância.

  2. Incrível, e é verdade dificilmente deixamos de ver a escrita antes de ouvir as palavras e tentar reproduzi-las, o que deveria acontecer. Mas nos últimos meses tenho assistido e ouvido bem mais do que lido e escrito, mas não diminuído o quanto escrevo e leio. As vezes eu tento fazer os quatro juntos – encontrei um canal no YouTube chamado “Korean Culture Series & Quick Korean”, e há um quadro chamado ‘바른 한국어’ há vídeos em coreano e em inglês, eu costumo assistir em coreano, com as legendas em coreano, e tento compreender ao máximo, através das palavras que eu já sei, e consequentemente vou aprendemos novas palavras e frases, tanto vendo sua escrita e associando ao que ouço e vice-versa, quanto ao que já ouvia muito mas não tinha ideia do que era, e consigo entender com as ilustrações também, o que ajuda a ampliar o vocabulário.

    Essas dicas da sua coluna sempre ajudam 오선생님! Muito obrigada! São os puxões de orelha que precisamos pra ir minimizando os nossos erros e melhorando a qualidade do nosso aprendizado! 🙂

    * Pra quem está acostumado a fazer isso (procurar aprender a escrita antes de ouvir), pra ir acostumando a fazer o correto, é pode ir mesclando o ouvir, falar, ler e escrever?!

    • Eita, Andressa.

      A intenção não é dar um puxão de orelha.
      Apenas quero mostrar o que deu certo para mim e me fez aprender o Português.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.