Como vão?

Estive ausente do Koreapost por motivos pessoais, mas o coração falou mais alto. Senti muita saudade dessa galera animada do Koreapost que se empenha muito para divulgar tudo que é relacionado com a Coreia, desde cultura, música, novelas, curiosidades e até situação geopolítica.

A minha coluna será mensal e prometo que farei tudo que estiver ao meu alcance para passar o máximo de informação que puder sobre como aprender o hangul.

HANJA

 

Resultado de imagem para hanja

Antigamente, na Coreia, o plebeu não tinha acesso ao estudo do hanja. Hanja é o coreano escrito com a letra chinesa. Quando eu explico assim, meus alunos acham que hanja é igual ao chinês. Não é…

Vou comparar com o romanizado. Romanizado é escrever o coreano usando o alfabeto ocidental. E hanja é a mesma coisa. É escrever o coreano usando o alfabeto chinês. Por isso não deve confundir hanja com o chinês.

Hanja era estudado apenas pelos nobres e o plebeu não tinha permissão nem acesso ao conhecimento transmitido pela letra. Consequentemente nem sabiam escrever o nome deles…

REI SEJONG, O GRANDE

 

Resultado de imagem para REI SEJONG, O GRANDE

É comum a gente ver na História da Coreia o que a ambição pelo trono real pode fazer. Eram irmãos se matando, pai matando filho, tio matando sobrinho, madrasta matando enteado, e assim por diante. A História dentro do palácio estava manchada de sangue. E o que estava por trás disso era a ambição.

Mas os irmãos do Sejong foram diferentes…

Os dois irmãos mais velhos perceberam que o irmãozinho tinha mais qualificações para se tornar um rei digno e decidiram colocá-lo no trono. O príncipe mais velho, que era o príncipe herdeiro, se rebelou de propósito e foi exilado do palácio, passando o resto da sua vida como um viajante errando e morreu na montanha. O segundo príncipe virou monge e entrou para um templo budista.

Assim o rei Sejong ocupou o trono real após a renúncia do seu pai.

Quarto rei da Dinastia Joseon, o rei Sejong impactou todos ao seu redor com a criação do hangul. Os estudiosos de hanja foram contra essa “loucura do rei” que estava fazendo isso apenas para satisfazer os caprichos reais. Obviamente o rei não se intimidou.

Mas ele não foi o criador apenar do hangul.

INFLUÊNCIA DO REI SEJONG

Imagem relacionada

  1. Militar: tecnologia usada a favor do poderio militar. Argamassa e flechas foram testadas usando a pólvora.
  2. Ciência: criou o manual do fazendeiro para ajudar os agricultores.
  3. Tecnologia: mandou reformular o calendário e os astrônomos passaram a prever as eclipses lunares com exatidão. Além disso mandou criar o globo celeste.
  4. Literatura: encorajou os funcionários a estudar na corte.
  5. Supervisionou e participou da criação da linguagem escrita hangul.
  6. Impostos: permitiu que o agricultor pagasse o imposto conforme sua colheita.
  7. Ele compôs o famoso Yongbi Eocheon Ga (“Songs of Flying Dragons”, 1445), Seokbo Sangjeol (“episódios da vida de Buda”, Julho de 1447), Worin Cheon gangues Jigok (“Songs of the Moon Shining on a thousands rivers “, Julho de 1447), e a referência Dongguk Jeong-un (” Dicionário de correta pronúncia sino-coreano “, Setembro de 1447).

 


Disclaimer: As opiniões expressas em matérias traduzidas ou em colunas específicas pertencem aos autores orignais e não refletem necessariamente a opinião do KOREAPOST.



DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome.