Em uma época em a música tornou-se tão fortemente dependente da tecnologia, há um grupo musical coreano que está indo na contramão, trazendo os bons e velhos dias de lojinhas familiares, jukeboxes e quartetos de barbearia, de volta. Conheça As Barberettes!

THE BABS 01

O trio musical feminino de “doo-wop” – um estilo de música vocal baseado no rhythm and blues que surgiu inicialmente na comunidade negra norte-americana, na década de 40, e tornou-se popular nos Estados Unidos durante as décadas de 50 e 60 – é um dos grupos que mais crescem fora do mainstream da indústria musical coreana de hoje. Com seus covers de sucessos do passado como “Mr. Sandman” e “Lollipop“, bem como suas músicas originais, essas jovens de 20 e poucos anos reproduzem com sucesso os sons da geração de seus avós. Elas também ostentam um estilo retrô e um olhar reminiscente de Audrey Hepburn.

O grupo é atualmente composto por Shinae An Wheeler, Park So-Hee e Sunnie Lee – que recentemente substituiu uma integrante original da banda, Grace Kim.

Nós realmente começamos apenas para nos divertir, para experimentar coisas novas, algo que nunca tivéssemos feito antes“, disse Shinae, líder fundadora, produtora e principal compositora do grupo, durante uma entrevista ao The Korea Herald, na gravação de estúdio do grupo em Seongdong-gu, Seul.

Eu baixei um aplicativo de rádio no meu smartphone que tinha músicas por categorias e foi assim que eu descobri os grupos retrôs femininos“, ela acrescentou. O trio decidiu produzir um pocket show na meca de bandas indie da cidade, o bairro de Hongdae e o resto é história. “Ficou claro depois do nosso primeiro show… Nós sabíamos que tínhamos algo aqui“, disse Shinae.

THE BABS 02

Ela começou sua carreira musical profissional com 15 anos, como backing vocal e letrista para alguns ídolos de K-pop, incluindo a estrela BoA. De acordo com a Federação de Músicos Coreanos, ela tem 110 músicas lançadas desde 2002. Mais recentemente, ela co-escreveu e co-produziu a música “Hold My Hand“, da starlet da YG Entertainment, Lee Hi, carro chefe do álbum Seoulite, lançado em março.

Shinae admitiu que ela nunca imaginou que os ensaios semanais de harmonia com seus amigos da escola de música, acabariam levando à formação das Barberettes. Desde o lançamento do álbum de estreia do grupo, “The Barberettes Volume 1” em 2012, o grupo tem realizado shows em todo o país, bem como no exterior – no Canadá, EUA e no Reino Unido, não mostrando sinais de que parará tão cedo.

Em 2014, as integrantes foram convidadas a se apresentar no MU:CON anual  de Seul, onde foram vistas pelo gerente geral do SXSW, James Minor, que as convidou para se juntar ao lineup do  SXSW Music Showcase Festival de 2015 em Austin, Texas, no ano passado. As Barberettes foram selecionadas como uma, das somente cinco, bandas locais para tocar num festival de renome internacional.

Penso que esta foi a primeira vez que eu realmente percebi que a popularidade da hallyu era real, ainda mais do que eu imaginava“, disse Park So-Hee. “Eu não podia acreditar que tantas pessoas queriam assistir ao evento K-pop Night Out”. Era surreal, as pessoas faziam fila em volta do quarteirão“, acrescentou Shinae. “O show começou por volta das 20h00 e as pessoas começaram a chegar às 08h00 da manhã, e, em seguida, duas horas antes do show, havia tantas pessoas na fila, que dava volta no prédio umas duas vezes”.

THE BABS 03

Apesar de compartilhar o palco com bandas de rock hardcore coreana e bandas de K-pop famosas por suas coreografias, as meninas foram elogiadas por seu estilo único e sua performance foi considerada uma das “melhores” aparecendo em charts que incluíam as da NPR All Songs Considered e Marie Claire.

Somos um grupo de meninas asiáticas que surgiu e começou a cantar canções que nossos avós costumavam ouvir, então eu acho que as pessoas ficaram surpresas ao ouvir-nos, mas também ficaram intrigadas com o quão diferente nós éramos de todas as outras bandas“, disse So-Hee. “E a reação da multidão foi tão grande… Foi bastante surpreendente para mim“.

Eu acho que nós somos muito diferentes e isso é uma grande vantagem para nós“, acrescentou Shinae. “Nós não pertencemos a uma banda pop de meninas bonitinhas, e também não estamos na cena super-indie, mas ainda somos algo com que o público pode realmente se relacionar. Estamos muito orgulhosas de ser diferente“.

Não há realmente qualquer outro grupo de garotas que se harmonize vocalmente como nós fazemos“, disse Sunnie Lee. “Eu sou nova nas Barberettes, mas o que posso dizer sobre a nossa música é que é muito pura e eu acho que é por isso que agrada tanto aos nossos ouvintes“.

A popularidade das moças provou que, apesar de suas músicas não-modernas, e atividades fora do mainstream com a execução de estilos musicais que foram moda seis décadas atrás, a música doo-wop ainda tem um nicho no cenário de hoje e pode ser apreciada por amantes da música, não importa a geração.

Ah e é claro, nossos pais amam a nossa música“, disseram as integrantes em uníssono. “Mas não somente nossos pais e seus amigos amam a nossa música. Nós temos pessoas de todas as idades que vem aos nossos shows para ouvir nossa música“, explica Shinae Wheeler. “Fomos informadas de que mesmo os bebês gostam de ouvir a nossa música. Eu acho que é algo sobre nossos acordes de progressões simples … faz com que nossas músicas sejam muito fáceis de se ouvir“.

As Barberettes retornaram recentemente de dois shows no Reino Unido, cantaram no “The Great Escape”, um novo festival de música, em que chamaram a atenção do músico e produtor Stuart Zender, conhecido por ser um membro original e co-produtor da banda Jamiroquai, bem como co-produtor do último álbum de Amy Winehouse e Mark Ronson.

Nós o conhecemos no festival e a próxima coisa que soubemos foi que ele reservou um voo para a Coreia para o próximo mês“, disse Shinae. As Barberettes estão em processo de gravação do segundo álbum de estúdio completo do grupo, que é esperado ser lançado ainda este ano.

A única coisa que eu posso dizer sobre o nosso próximo álbum é que ele ainda terá nossos sons retrô, mas com mais música pop“, acrescentou. “Também vamos com certeza lançar um novo single este mês.”

Para ouvir os sucessos nostálgicos, nas vozes aveludadas das Barberettes, veja os vídeos abaixo!!


Disclaimer: As opiniões expressas em matérias traduzidas ou em colunas específicas pertencem aos autores orignais e não refletem necessariamente a opinião do KOREAPOST.



DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome.