Além de vogais e consoantes, ainda temos as consoantes finais, o tão temido 받침 [Bat-chim]. Mas depois de aprendido, eles são mais simples do que parecem.

Numa visão geral, estes são os 받침 disponíveis:

ㄱㄲㄳㄴㄵㄶㄷㄹㄺㄻㄼㄽㄾㄿㅀㅁㅂㅄㅅㅆㅇㅈㅊㅋㅌㅍㅎ.

Para melhor compreensão, vamos separar o 받침 por pronúncia e uso. Primeiro, veremos 받침 simples, que são os sons que possuem apenas uma consoante no final da sílaba.

받침 SIMPLES

A característica mais marcante desses sons quando sozinhos, é que no final de palavras, eles têm apenas um som. Algumas palavras, por exemplo, podem terminar com tipos diferentes de som de K em sua escrita, mas todos eles vão ter o mesmo som de K no final. Esse som geralmente é mudo ou, no máximo, como no caso do som do M e L, um som onde a pronúncia parece mais arrastada ou funciona como se enrolássemos a língua.

O quadro abaixo mostra esses 받침, seus sons e palavras como exemplo.

Batchim

Um aspecto importante do 받침 é o ajuste. Vamos compreender o ajuste como uma forma de facilitar a pronúncia e deixar a fala mais fluida, simples.

Quando em uma palavra simples como 수박, por exemplo, o ㄱ é mudo. Isso se aplica a todas as outras consoantes finais simples.

Quando essa consoante é seguida de uma consoante diferente, o som da próxima consoante vai ser mais duro. Como exemplo, temos o verbo comer: 먹다 = [먹따]. Note aqui que o ㄷ simples, por ser posto depois de uma consoante, tem o som dobrado, ou seja, se pronuncia mais forte.

A regrinha muda quando a consoante seguinte é a mesma que a consoante do 받침. Nesses casos, é como se pronunciássemos duas vezes a mesma consoante. Como exemplo, o advérbio de modo “rápido”, que tem dois ㄹ seguidos, tem som de L: 빨리 (palli).

Porém, quando seguido de uma vogal, nossa pronúncia muda e é como se não existisse 받침. Nesse ajuste, nossa pronúncia flui como se o 받침 se tornasse uma consoante junto da vogal seguinte, e não mais existisse. Vamos usar como exemplo a conjugação no presente do verbo comer: 먹다 = 먹어요. A escrita contém 받침, porém a pronúncia se torna 머거요.

Como nem tudo é simples, temos ainda outra regra. Quando o 받침 é seguido de certas consoantes (incluindo o 이응), a pronúncia pode mudar completamente. Sempre é necessário prestar atenção, pois nem sempre a forma como se escreve é como se pronuncia. Este é um dos maiores motivos para se evitar a romanização, pois ela tende a seguir a forma como se pronuncia e não como se escreve.

A seguir, podemos ver as principais mudanças de pronúncia dos 받침 simples:

Batchim

Vamos usar a palavra 정류장 como exemplo aqui. Ao pronunciar a palavra como se escreve, jong-riu-djang, parece que a língua faz uma pausa entre o som do Ng e do R. Para que o som seja mais fácil de se pronunciar, o ㄹ passa a ter som de ㄴ. Jong-niu-djang parece muito mais fácil de pronunciar, não é mesmo? Essa forma mais “leve” de pronúncia acompanha todas as combinações acima. Um ótimo exercício é pronunciar em voz alta e lentamente, para perceber como o som flui de forma melhor na boca.

받침 COMPOSTO

Além dos 받침 simples, temos também a combinação de duas consoantes no final de uma sílaba. Esse 받침 tem sua pronúncia alterada de acordo com a próxima sílaba, ou até mesmo quando está no final da palavra. O motivo dessa mudança de pronúncia é a mesma que veremos em diversos termos gramaticais do coreano: para facilidade na pronúncia.
No começo dos estudos de coreano, sempre nos assustamos com a quantidade de coisas que adicionamos às palavras. Saiba que grande parte delas é para ajudar na pronúncia! Encarar dessa forma torna tudo menos pavoroso e mais fácil de compreender.

Confira o quadro a seguir e suas regras básicas de pronúncia:

Batchim

Nas palavras acima, vemos palavras que possuem duas consoantes no 받침, mas quando são seguidas de uma consoante (como são verbos, elas são seguidas do sufixo 다), apenas a última consoante é pronunciada. Então lembre-se, sempre que houver uma consoante diante desse 다 em qualquer dessas combinações, apenas a última consoante é pronunciada.

Em contrapartida, quando seguida de uma vogal, a última consoante se encontra com a vogal e funciona como na regra do 받침 simples.

Batchim

Nessas combinações, a primeira consoante é pronunciada quando seguida de 다 ou outra consoante. A segunda consoante vai ter som apenas quando seguida de vogal, também se unindo a essa vogal e produzindo apenas um 받침 simples.

Não devemos esquecer que consoantes tendem a deixar o som do 받침 curto e da próxima consoante mais tenso, enquanto que vogais pegam a segunda consoante emprestada na formação do som. Aqui temos exemplos com substantivos seguidos de vogal e verbos conjugados:

닭이에요 = [달기에요] (dalguiêiô, “é frango”). 삶이에요 = [살미에요] (salmiêiô, “é vida”)
앉아요 = [안자요] (andjaiô, “sentar”), 읽어요 = [일거요] (ilgoiô, “ler”), 없어요 = [업써요] (opssoiô “não ter, não estar”).


Disclaimer: As opiniões expressas em matérias traduzidas ou em colunas específicas pertencem aos autores orignais e não refletem necessariamente a opinião do KOREAPOST.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.