How to buy a friend | Hangul: 계약우정 | Ano: 2020 | Episódios: 04 divididos em 08 | Emissora: KBS – distribuído pelo Viki/Kocowa

Olá dorameiros e dorameiras iguais à mim, como vocês estão?

Nesta publicação, venho abordar um drama que cativou a minha atenção, enquanto buscava uma produção coreana com o contexto colegial (o meu gênero de drama favorito) e que abordassem temáticas atuais com os quais pudéssemos fazer uma reflexão.

How to buy a friend, possui uma trama bem elaborada (apesar de algumas lacunas que não ficaram claras) que aborda temas delicados mas com bastante cuidado (suicídio, bullying e coerção aos estudantes por parte dos adultos). Ele tem o frescor da juventude e se utiliza de poemas livres e metáforas que ligam os personagens à sua jornada nessa produção.

Baseado no webtoon “Gyeyakwoojung” ou “Friendship Contract” de Kwon Laad (publicado pela primeira vez em 17 de abril de 2018 pela Daum Webtoon Company), além de ser um drama colegial, é caracterizado como melodrama e comédia romântica. É um drama curto com apenas 08 episódios de 35 minutos de duração (em média). Aquele drama que dá para ver na hora do almoço. Então vamos começar?

Foto: VODA

“Tudo começou com aquele maldito poema”.

Park Chan-hong (Lee Sin-Young) é um estudante do ensino médio do Colégio Jaeil. Ele é considerado comum, pois ele não se importa muito com notas altas ou uma dedicação extrema aos estudos. Porém, seus pais o pressionam para que ele seja um aluno acima da média, Contudo, independente da pressão, Park Chan Hong tem um bom relacionamento e convivência com os pais Park Choong-Jae (Kim Won-Hae) e Oh Jung-Hee (Baek Ji-Won).

O amigo de Park Chan-Hong no colégio é Oh Kyung-Pyo (Oh Hee-Joon), que na sua fase “Ninja” como ele era chamado por ser “invisível”, sempre o acompanhava em todos os momentos, mas isso se torna evidente principalmente quando o garoto passa a ser notado. Ninja gostava de ser assim, porque não se tornava uma “presa fácil”.

Foto: Wedding 21 news

Além disso, Park Chan-Hong tem um crush em Eom Se-Yoon (Kim So-Hye da I.O.I), a aluna considerada acima da média e a garota mais bonita do colégio, segundo ele. Eom Se-Yoon é talentosa para as artes, especialmente para a pintura, mas seus pais não valorizam o talento dela e a obrigam a estudar (para ingressar em uma boa universidade, que não seja relacionada ao que ela gosta).

Gif: Theqoo.net

A situação de “Ninja” começa a mudar, quando ele copia a letra da música do E Sens, no lugar de escrever um poema, em uma atividade. Daí o professor de literatura percebe o seu talento para a escrita e o convida para participar de uma competição de artes e poesia, mas ele hesita até que é convencido pelo professor e por poder estar ao lado da popular Eom Se-Yoon (que possui um talento incomparável para pintura e almeja ser uma artista no futuro), ele vai para essa competição.

“Areia molhada grava pegadas”

Depois dessa competição, Park Chan-Hong, além de perceber seu gosto e talento pela leitura e escrita, também deixa de ser invisível, tornando-se alvo de bullying, cometido por Kim Dae-Yong (Lee Jung-Hyun), um estudante metido a valentão que pratica bullying com outros estudantes.

Foto: Dramabeans

Enquanto isso, Heo Don-Hyeok (Shin Seung-Ho), está de volta ao Colégio Jaeil, depois de passar um período na detenção, por buscar justiça, logo após a morte de sua namorada Shin Seo-Jung (Cho Yi-Hyun) – falarei sobre esse caso mais a frente. Ele não está interessado em estudar e trabalha para sua subsistência (motivos que não são explícitos no drama, mas creio que seja por problemas familiares).

Certo dia, Heo Don-Hyeok faz uma proposta para salvar Park Chan-Hong das agressões de Kim Dae-Yong, mas, pede algo em troca. Ele quer explicações sobre a frase que o jovem estudante escreveu em seu poema: “Areia molhada grava pegadas”, pois, ele acredita que Park Chan-Hong possa saber de alguma pista sobre a morte de sua namorada. Porém, a verdade é que ele teve uma perda de memória, devido a um acidente ocorrido no mesmo dia da morte da jovem.

Foto: M.slist.kr

Mas, não convencido ainda, Heo Don-Hyeok insiste e leva Park Chan-Hong até sua humilde casa. Coincidentemente, a mulher responsável pela casa aparece e cobra o aluguel atrasado. Assim, Park Chan-Hong empresta 300.000 won (aproximadamente R$ 1.500 reais) ao Heo Don-Hyeok e pede para que não o envolva nesse caso.

Dessa forma, ele revela o motivo dessa frase ser tão importante para ele, pois foi à última frase enviada por Shin Seo-Jung e pede a ajuda de Park Chan-Hong para descobrir o verdadeiro culpado. Park Chan-Hong aceita, também preocupado com a garota que ele tanto gosta Eom Se-Yoon, que pode estar em perigo, já que era a melhor amiga de Shin Seo-Jung (sem spoilers).

Foto: Dramabeans

A partir daí, iniciam-se as buscas para encontrar a pessoa responsável pela triste decisão tomada por Shin Seo-Jung, porém não será tão fácil assim, pois quem tem dinheiro, tem poder e influência. Os jovens arriscam suas vidas e se metem até em enrascadas (vale a pena ver) para alcançar o objetivo de punir os culpados, mas em consequência, tornam-se bons amigos.

“As flores da primavera não tem medo de murcharem. Elas não se preocupam em virarem frutos no outono. Elas apenas florescem, cada uma do seu jeito. Aceitando serem efêmeras, elas florescem […]”

Gif: Puru

Apesar de haver algumas informações não esclarecidas sobre alguns personagens do drama, a essência e a beleza dele permanece intacta. How to buy a friend demonstra que a fase da juventude não é tão fácil quanto parece e levanta uma reflexão à temática do bullying. Há um contraste entre as realidades dos personagens, principalmente em relação ao núcleo familiar.

O drama demonstra também a beleza da juventude e a importância, de criar fortes laços de amizades, do perdão e do amor, demonstrado por Park Chan-Hong, Heo Don-Hyeok, Eom Se-Yoon, Oh Kyung-Pyo, Choi Mi-Ra (Min Do-Hee) e Shin Seo-Jung (que acaba unindo todos eles), para superar os infortúnios dessa fase, o que traz leveza.

Foto: Soompi

Aqui você pode experimentar um pouco de How to buy a friend. Vocês também podem comentar qual sua opinião sobre essa produção, deixando um comentário!


Disclaimer: As opiniões expressas em matérias traduzidas ou em colunas específicas pertencem aos autores orignais e não refletem necessariamente a opinião do KOREAPOST.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome.