Fonte: Netflix

Me Tira Daqui | Hangul: 내일 지구가 망해버렸으면 좋겠어 | Ano: 2021 | Gênero: Comédia | Episódios: 12 | Produção: Netflix

Para começar o julho bem, nós trouxemos uma indicação divertida nesse início de mês! Vamos conversar sobre Me Tira Daqui, a primeira sitcom coreana da Netflix. A sinopse oficial promete “Uma história sobre o amor e a amizade de estudantes que residem em um dormitório de uma universidade internacional.” Dá uma olhada no trailer:

Se você é ligado ao mundinho das produções coreanas, com certeza ouviu falar dessa, já que conta com um elenco cheio de gente famosa, inclusive idols e modelos. Quem mora no dormitório da história em questão é ninguém mais, ninguém menos, que Minnie (Minnie, do grupo de K-pop G-Idle); Sam (Youngjae, do GOT7); Hyunmin (o modelo coreano Hyunmin); Sewan (Park Sewan), Carson (Carson Allen), Jamie (Shin Hyunseung); Terris (Terris Brown) e Hans (Joakim).

Me Tira Daqui [Drama]
Fonte: Netflix
Me Tira Daqui [Drama]
Ai quanta gente bonita num lugar só. Fonte: Netflix

Sewan é coreana e é uma bolsista da universidade que cuida do dormitório, uma personagem meio avarenta (porque é pobre); Jamie, é coreano-americano, tendo sido adotado quando criança e recém chegado dos Estados Unidos. Ele é um docinho de côco misterioso que faz todo mundo ficar caidinho por ele (eu fiquei também, não vou mentir); Sam é coreano-australiano, filho de um dono de uma franquia de tteokbokki, viciado em mentir e bobalhão; Hyunmin é um estudante que mora muito longe da universidade mas que, por ser coreano (igual na vida real, pois ele é filho de mãe coreana e pai nigeriano), não consegue vaga no dormitório internacional (coitado); Minnie, é uma tailandesa extremamente fofa e, bem “gente como a gente”, que é dorameira e sonha em encontrar “idols” enquanto mora na Coreia; Carson é uma norte-americana, irritadiça, meio sujinha e morta de fome; Hans, é um sueco certinho (até demais) apaixonado pela cultura coreana; e Terris, um cara namorador e inteligente do Caribe.

Preciso nem falar que é uma bela mistura caótica, né?

Me Tira Daqui [Drama]
Muita ousadia e alegria nessa universidade. Fonte: Netflix

Eu preciso confessar que achava que a sitcom ia ser boba e sem graça; por ser fã do Youngjae, estava preparada para fingir que gostei. Felizmente, Me Tira Daqui superou totalmente minhas expectativas, então posso ser sincera: é uma sitcom perfeita. Ela é leve, engraçada, todos personagens são cômicos com suas próprias características e sem exageros. A convivência de diferentes nacionalidades e personalidades faz uma mistura interessante e torna as relações ainda mais peculiares, divertidas e realistas.

Me Tira Daqui [Drama]
“Me Tira Daqui” vale a pena só pela cena de 5s do Sam levando um tapa de kimchi na cara. Fonte: Netflix

A sitcom traz cenas que fazem referência a k-dramas famosos (como Goblin e Descendentes do Sol) e à indústria do K-pop. É recheada de eastereggs e “piadas internas”, o que a torna ainda mais divertida para quem é inteirado na cultura pop coreana (alô, presente). Apesar do tom leve e bobo, típico de uma sitcom, as histórias dentro dos episódios trazem questionamentos sobre amor, amizade, dinheiro (e a falta dele) com os quais podemos nos identificar, o que nos faz nos conectar (e adorar) os personagens. Em muitos dos acontecimentos, pude me imaginar na situação com meus amigos.

Me Tira Daqui [Drama]
Fonte: netflix

A série, obviamente, traz muita representatividade. Inclusive LGBT! Não falo mais nada sobre isso para não dar spoiler, mas ela é cheia de surpresas boas que aqueceram meu coraçãozinho. Fiquei a série inteira desejando ser uma estudante num dormitório internacional coreano, socorro.

Me Tira Daqui [Drama]
Tá passada? Fonte: Netflix

Eu fiz propaganda de Me Tire Daqui para todos meus amigos – fiquei no pé de todo mundo para assistirem. Como aqui no Koreapost a gente está basicamente entre amigos também, não vai ser diferente: se você gosta de comédia, precisa assistir essa, sério. Você vai adorar e, no final, vai até ficar decepcionado por ter apenas 12 episódios. Netflix, é pura maldade nos dar o gostinho de uma sitcom impecável, com um elenco perfeito, e ter poucos episódios assim. Isso é tipo tirar doce de criança!

O último episódio deixa umas questões em aberto, então pode haver uma segunda temporada vindo aí – mas, até agora, não temos informações a respeito. Peloamordedeus Netflix, renova Me Tira Daqui!!!!!!! Socorro!!!! Se eu precisar, vou protestar na porta da empresa!!!


Disclaimer: As opiniões expressas em matérias traduzidas ou em colunas específicas pertencem aos autores orignais e não refletem necessariamente a opinião do KOREAPOST.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome.

treze − onze =

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.