At Eighteen/Moment at Eighteen/Moments Of Eighteen | Hangul: 열여덟의 순간
Ano: 2019 | Episódios: 16 | Emissora: JTBC

A cada 2 anos, nós, amantes de doramas colegiais já entramos o ano se perguntando “Como vai ser o School desse ano?”, porém, em 2019 não tivemos mais um ano da série School, que vinha desde 2013 seguindo a regra do calendário, mas em compensação, ganhamos Moment At Eighteen, que preencheu o espaço pra esse tipo de drama.

O drama conta a história de Choi Jun Woo (Ong Seongwu), um jovem solitário e misterioso, que é transferido para uma escola prestigiada de Seul depois de ser expulso de sua escola anterior por violência escolar, mais especificamente por agressão e roubo. Na nova escola, ele conhece Yoo Soo Bin (Kim Hyang Gi) e Ma Hwi Young (Shin Seung Ho), dois amigos de infância que são completamente diferentes um do outro. Enquanto Soo Bin sonha em se livrar das amarras da mãe controladora, ser independente e fazer o que quiser da vida, Hwi Young vive na sombra de seus pais controladores, que exige que ele seja o filho perfeito em tudo. Com a chegada de Jun Woo, além dos conflitos na vida escolar deles, cada um começa a experimentar grandes mudanças em suas vidas e fazer memórias que marcarão seus 18 anos.

O elenco principal do drama são os colegas de classe dos 3 protagonistas, eu queria apresentar todos eles, mas acho melhor você conhecerem eles dentro da história, vale a pena sentir a importância que os meios sociais e familiares tem para mostrar um pouco da vida de cada um deles, ver a construção de caráter de cada um, dentro e fora do ambiente escolar.

Choi Jun Woo (Ong Seong Wu)

Choi Jun Woo é um jovem que aprendeu a viver solitário que não sabe muito bem demonstrar seus sentimentos, e nisso teve que amadurecer muito cedo. Por sua mãe trabalhar no interior, em um restaurante da família, e ele tendo que mudar para Seul para terminar seus estudos, mora sozinho e também precisa trabalhar meio período para custear sua vida na cidade grande. Ele foi forçado a se transferir de escola, e em seu novo colégio a princípio não consegue se abrir muito, por ter uma espécie de medo de confiar novamente nas pessoas.

Não que ele esteja errado, porque a escola é um antro da maldade de jovens psicologicamente afetados. Enquanto ele sobrevive a acusações falsas, colegas de classe mimados e o fato de todos saberem de sua “transferência forçada”, algumas pessoas pegam simpatia por ele para que ele não surte e desista de tudo, como algumas boas novas amizades, um bom professor e uma mãe que mesmo de longe, ainda mima e faz de tudo pelo filho. Choi Jun Woo mostra que você ser uma boa pessoa, por mais difícil que seja, vai sempre lhe trazer coisas boas na vida.

Esse foi o debut de Ong Seongwu como ator nas telinhas. O ex Wanna One trouxe muita expectativa aos fãs que acompanharam um crescimento incrível dele como artista. A atuação dele foi elogiada desde o primeiro episódio, e fez com que ele garantisse o seu primeiro prêmio, como melhor ator Rookie masculino de 2019. Através de momentos tão importantes da juventude representados na história, foi um personagem que passou muita emoção durante toda a história, realmente!

~Eu sou suspeita pra falar, mas eu morri de orgulho do meu príncipe, foi uma atuação incrível mesmo~

Yoo Soo Bin (Kim Hyang Gi)

Yoo Soo Bin é daquelas estudantes medianas sabe? Ela é muito organizada, ótima em fazer trabalhos em grupo ou ajudar os alunos a se organizarem com os estudos, mas a mãe controladora quer mais, quer que ela suba as notas e esteja sempre entre os primeiros no ranking escolar, para que assim ela possa entrar na Universidade de Seul e ser bem sucedida como ela.

Porém Soo Bin tem outros planos, quer curtir mais seus 18 anos com suas amigas de classe, ser uma jovem comum, nada de especial, sem todas as pressões que colocam nela de fazer cursinho, atividades complementares e ter um currículo escolar impecável. Ela tem bom coração e é isso que faz ela se aproximar de Jun Woo. Através de um trabalho escolar, ela busca entender melhor o aluno novo, e tenta desvendar um pouco do seu mistério.

Kim Hyang Gi não é uma atriz novata, ela já tem alguns filmes no seu currículo, e isso fez com que também ela desenvolvesse esse papel tão bem. O protagonismo dela tanto na relação com Ong Seong Wu em sua estreia foi essencial, ela transmite todos os sentimentos com muito realismo. Eu não a conhecia e achei ótimo a personagem dela.

Ma HwiYoung (Shin Seung Ho)

Não dá pra chamar o Hwi Young de vilão da história na minha opinião. Ele é aquele jovem filho de pais ricos que sofre a grande famosa pressão de ter as melhores notas, ser o melhor da escola e ser o aluno exemplar. Ele é também o presidente da sala, o que a gente chama aqui de representante de classe. O personagem deixa essa claro essa confusão que ele mesmo passa durante toda a história, se realmente ele é o vilão ou tão vítima do sistema quanto todos os outros jovens da história.

Quando o drama começou, eu tive até mesmo uma proximidade com ele, por ele ter uma característica de alergia por stress, igual a minha, e isso foi o que me prendeu a ele e a tentar entender as atitudes dele. A maior parte do tempo dá raiva mesmo das peripécias e das escolhas erradas que ele faz na vida, mas atrás do jovem delinquente reprimido, a gente sempre fica esperando que ele amadureça.

O ator Shin Seung Ho é considerado novato também, porém teve muito sucesso no web-drama Ateen, de 2018, e acabou participando também de Love Alarm, produção da Netflix que teve sua primeira parte agora no segundo semestre de 2019. Ele é muito expressivo e tem um papel muito importante na história em diversos núcleos.

Oh HanGyul (Kang Ki Young)

Hangyul para mim é o melhor personagem dessa história! Ele é o professor substituto da turma, que assume o cargo de professor responsável após um incidente com o antigo professor. Ele é um homem íntegro, porém também com todos os seus problemas psicológicos para vencer. E como vocês já devem ter entendido, ele não tem uma tarefa fácil com essa classe, não é mesmo? Ele é o exemplo do jovem que lutou muito para se tornar um bom adulto e quer fazer o máximo para que todos os seus alunos cresçam bem em seus caminhos. Ele também tem a história dele explicada no drama, e também ganha um plot amoroso, que se constrói de uma maneira muito fofa.

Ki Young é aquele ator experiente que despensa comentários. Só de você olhar para ele consegue lembrar de pelo menos uns 5 dramas que você tenha visto nos últimos anos. Ele consegue ser marcante e nesse personagem não foi diferente. A prova disso é o prêmio que ele também recebeu pelo seu papel em Moment At Eighteen, o qual ele até mesmo agradeceu a SeongWu pela parceria nessa história. Um fofo! Se não conhecem, já vão atrás porque ele realmente é maravilhoso.

Jung Oh Je (Moon Bin – Astro)

Oh Je é aquele menino bonito popular da sala, o atleta federado, que todas as meninas babam, uma em específico então, Kwon DaHin, o venera. Ele é muito bonzinho, e se torna amigo de Jun Woo logo que eles tem que sentar juntos na sala. Eles se aproximam e ficam realmente muito amigos.

Uma amizade muito importante para ambos construírem memórias juntos nessa idade tão importante. Oh Je trabalha também meio período no restaurante dos pais, é o filho exemplar queridinho da mamãe, mas não de um jeito mimado. Ele é muito esforçado, um bom filho, bom amigo, vira um bom namorado, e com tudo isso, luta contra o mundo e contra si mesmo, com um segredinho que obviamente um garoto perfeito desses tinha que ter não é? Em 2019 vivemos para ver a Coreia abordando um assunto muito delicado em pleno dorama colegial, fiquei emocionada sim!

Também foi a estreia de Moonbin em um drama para a TV, mas se for contar, antes mesmo de debutar pelo Astro, eles tiveram um web-drama para promover o grupo, To Be continued, onde ele teve sua primeira experiência em atuar. A Fantagio e o Astro mesmo sempre teve esse foco em fazer os meninos atuarem, e tanto o Moonbin quanto outros, estão arrasando nesse quesito.

Como eu disse, dá vontade de apresentar nesse texto todos os colegas da escola e falar um pouco de cada um deles, mas acredito que vocês precisem assistir para conhecer melhor a Romi, PilSang, Chanyeol, Lee Ki Tae e todas as pessoas que cada um deles se envolve em suas vidas. Afinal, são só jovens de 18 anos lutando para marcar essa fase da vida e crescerem bem passando pela escola.

Mas além do elenco escolar, é importante sim apresentar as mães dos principais, que são personagens extremamente presentes e responsáveis por refletir um pouco de si nos filhos que tem.

Park Geum Ja (Jung Young Joo)

Geum Ja é a mãe do Hwiyoung, vive como uma dona de casa, madame de família rica, o qual a função designada pelo marido é “cuidar da casa e dos filhos”. Porém, você vai descobrindo que por baixo de toda a pose manipuladora, ela na verdade faz de tudo para que os filhos não passem por momentos ruins como ela já passou, pelo marido grosso que a humilha… Foi como eu disse, várias pessoas e vários problemas psicológicos nessa história fazendo de tudo para enfrentar o mundo, alguns fazendo escolhas erradas e outras com um pouquinho mais de sanidade mental.

Yoon Song Hee (Kim Sun Young)

Song Hee é a mãe da Soo Bin. Uma mulher bem-sucedida, que trabalha muito para poder manter o padrão de vida para sua filha e poder dar o exemplo de mulher forte que Soo Bin precisa ser. Porém, no fundo, é muito sensível, que teve que criar essa armadura para aguentar os problemas que teve que enfrentar com o até então, marido, pai de Soo Bin.

Ela aprende muito com a própria filha e com as experiências de vida, conhecendo a mãe do Jun Woo então, nem se fala, se tem uma amizade que todos precisariam ter, é com uma pessoa como Yun Woo para te fazer ver como a realidade é outra e o mundo não gira em torno de seus próprios problemas.

Lee Yun Woo (Shim Yi Young)

Yun Woo é então a melhor mãe desse dorama, assim que ela aparece na história você percebe de onde Choi Jun Woo tira toda a sua bondade e bom caráter. Ela é uma mulher simples, que administra um restaurante no interior, mas que não está na melhor das fases. Isso faz com que ela busque outras formas de sobreviver, em uma delas, sendo onde ela conhece Song Hee, mãe de Soo Bin.

Mesmo estando longe, ela busca estar sempre presente na vida do filho e o encorajando a seguir em frente, enfrentando as dificuldades e nunca deixando que o filho desista de sonhar. Ela é o porto seguro do filho, e mesmo entre os segredos de cada um, só tem um ao outro, e isso faz com que eles sejam extremamente guerreiros por ambos.

Toda essa construção social que o drama faz e a linha do tempo da história, torna ele diferente do tão amado, que citei acima, School, ou qualquer outra série escolar que possamos comparar. Essa história fará você pensar o que você faria nas situações colocadas, de diferentes visões, com diferentes realidades. As amizades, o amor, a dificuldade de se ter um primeiro amor, os estudos, o futuro, o que a sociedade vai pensar de você e da sua família, e tudo que gira em torno de crescermos e amadurecermos.

De todo drama é válido pensar no que você pode ter aprendido com a história, e acho que para a galerinha mais jovem, seja da Coreia ou de fora, é importante ver que você precisa sim tomar decisões importantes aos 18, mas que não se pode esquecer de viver intensamente um tempo que não volta mais, a juventude.

Eu assisti pelo Kingdom Fansubs, mas sei que também foi disponibilizado pelo Viki e outras fanbases do Astro e de doramas. Para quem já viu, espero que vocês tenham gostado do pouquinho que contei aqui, e que tenha feito você relembrar da história e para quem não viu ainda, veja e depois vem comentar o que você mais gostou da história.

Fiquem com uma das OST’s principais do drama, cantada pelo próprio Ong SeongWu para aquecer o coração de vocês e verem o quão príncipe esse lindo pode ser:


Disclaimer: As opiniões expressas em matérias traduzidas ou em colunas específicas pertencem aos autores orignais e não refletem necessariamente a opinião do KOREAPOST.



DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome.