Os protagonistas de Suits

As adaptações coreanas de duas séries de TV (americana e britânica) tem dominado os gráficos semanais de audiência da TV.

“Suits” e “Mistress”, que estrearam em 25 de abril na KBS 2 TV e 28 de abril na OCN, respectivamente, atingiram a  pontuações de 265,8 e 232,5 no Índice de Poder de Conteúdo (CPI) semanal de 23 a 29 de abril.

“Suits” é o remake de uma popular série norte-americana, de mesmo nome, sobre uma dupla improvável de um esperto advogado veterano e seu sócio.

“Mistress” é a adaptação coreana do popular thriller britânico, que gira em torno de quatro mulheres, envolvidas em um caso misterioso de assassinato.

AEN20180509003600315_01_i

As duas séries receberam um interesse especial dos telespectadores, devido aos retornos dos populares atores, Jang Dong-gun e Han Ga-in, cada um deles depois de seis anos de pausa.

Em “Suits”, Jang Dong-gun interpreta Choi Kang-seok, a versão coreana de Harvey Specter, o lendário advogado carismático que trabalha no principal escritório de advocacia de Nova York. Já Park faz o papel de sócio de Choi, Koh Yeon-woo, a versão coreana de Mike Ross, que é contratado por Choi como seu associado por ter uma memória fotográfica e alta inteligência, mesmo não tenha licença para o cargo.

Han Ga-in interpreta Jang Se-yeon em “Mistress”, uma viúva que dirige um café e cria sua filha sozinha após a morte de seu marido. Ela acredita que ele ainda está vivo e se sente cada vez mais intrigada quando começa a receber telefonemas anônimos.

Embora os dois dramas tenham atingido um alto desempenho no gráfico, junto com a ampla cobertura da mídia e grande popularidade em sites de mídia social, “Suits” superou “Mistress” em termos de audiência.

Em seus últimos episódios, o primeiro recebeu 9,7 %, enquanto o segundo alcançou 0,8% de acordo com a Nielsen Korea – uma grande diferença, mesmo considerando que “Suits” é exibido em uma grande rede de TV e “Mistress” em um pequeno canal a cabo.

O publico, aponta que “Mistress”, que conta as histórias de quatro diferentes personagens femininas, ainda não tem um bom fluxo para a narrativa. Alguns também dizem que há muitos exemplos de cenas que são confusas e dificultam o acompanhamento do enredo.

Fazer um remake é uma tarefa desafiadora, pois adicionar elementos novos e a cultura local à série original e complicado mas deve feito, para criar algo novo. Não se tem notícia de muitos remakes coreanos de sucesso, porém “Suits” e “Mistress” estão mudando esse quadro.

AEN20180509003600315_02_i

A CPI, criada pela CJ E & M e Nielsen Korea, mede  o nível de popularidade, tendências de mídia social e influência no comportamento do consumidor de programas de TV transmitidos em três grandes redes – MBC, SBS e KBS – e sete canais a cabo pertencentes a CJ E & M, incluindo tvN, Mnet e OCN, durante o horário nobre. A JTBC, e outras redes de TV a cabo que exibem algumas séries e dramas de entretenimento altamente populares, não foram incluídas na pesquisa.


Disclaimer: As opiniões expressas em matérias traduzidas ou em colunas específicas pertencem aos autores orignais e não refletem necessariamente a opinião do KOREAPOST.



DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome.