Youth of May| Hangul: 오월의 청춘| Ano: 2021 | Gênero: Drama | Episódios: 12 | Duração: 70 minutos | Distribuição: KBS2, VIKI e Kocowa | Classificação: 16 anos

“Youth of May” (ou “A Juventude de Maio”) é um drama de romance e também um drama político. E talvez o seu maior mérito tenha sido conseguir apresentar muito bem as histórias que se propôs contar.

O começo da série se passa em nossos dias e vemos a notícia de que uma ossada foi encontrada nas escavações de uma obra. Tudo indicando se tratar de uma vítima do Massacre de Gwangju, conforme destaca a repórter.

Youth of May [Drama]
Imagem de protesto em Gwangju, Maio de 1980. Foto: ToughtCo

Cabe aqui falarmos um pouco sobre o que foi esse acontecimento, um dos mais tristes da história da Coreia do Sul. O Massacre de Gwangju aconteceu em maio de 1980. Período em que o país estava sob um governo ditatorial que ascendeu ao poder mediante um golpe militar. Através de protestos, os movimentos estudantis e de trabalhadores reivindicavam democracia e o fim da Lei Marcial, lei essa que suspende as leis de um país, passando a vigorar leis militares. Durante um desses protestos, na cidade de Gwangju, o exército sul coreano abriu fogo contra a sua própria população. O clima de guerra continuou por mais alguns dias, com prisões arbitrárias, crimes de tortura, execuções sumárias e desaparecimentos. De acordo com associações de familiares das vítimas, estima-se que aproximadamente 2.000 pessoas morreram durante aqueles dias.

E é justamente em Gwangju, em maio de 1980, que se passa a maior parte da história entre Hwang Hee-tae, interpretado por Lee Do-hyun (que entregou tudo como protagonista) e Kim Myung-he, interpretada por Go Min-si. Ambos já haviam trabalhado juntos em “Sweet Home“.

Youth of May [Drama]
O casal protagonista de “Youth of May”. Foto: Kocowa

Hwang Hee-tae é estudante de medicina em Seul e está prestes a fazer residência. Após vender seu carro, acompanhamos sua ida a um hospital para pagar as despesas médicas de uma moça gravemente ferida. Conforme a série avança, vamos entendendo o vínculo entre eles. Ao visitá-la, ele ouve que ela quer ir embora para casa. Por entender que talvez esse possa ser o último desejo da moça, ele parte para Gwangju, cidade natal de ambos, para tentar transferi-la para lá. É então no hospital de Gwangju, onde ele está resolvendo os trâmites da transferência, que ele encontra pela primeira vez a enfermeira Kim Myung-hee. Ele fica bem impressionado ao vê-la enfrentando com coragem o diretor do hospital.

Coragem também não faltou a Hwang Hee-tae para voltar para a casa de seu pai, o Sr. Hwang Gi-nam (Oh Man-seok, de “Pousando no Amor“), que não ficou nada feliz ao rever o filho mais velho. Afinal, Hwang Hae-tae não pediu sua permissão para sair de Seul. O estudante então explica que precisa de dinheiro para resolver algumas coisas na cidade, sem mencionar nada sobre a transferência hospitalar. Ele promete ao pai ser obediente em tudo dali em diante.

Youth of May [Drama]
O ator Oh Man-seok intérprete de Hwang Gi-nam. Foto: Soompi

Essa promessa vem a calhar, porque o Sr. Hwang Gi-nam já tem planos bem definidos para o filho. Como ele possui um cargo importante dentro do Comando de Defesa da Coreia do Sul, sendo sua principal função combater e investigar atos que sejam contra o governo, ele tem boas relações com políticos e empresários. Com o objetivo de fortalecer alianças, de comum acordo com um empresário que tem uma filha, ele planeja arranjar um casamento para o seu primogênito. É assim que fica marcado o encontro às cegas entre Lee Soo-ryeon e Hwang Hee-tae.

Lee Soo-ryeon (Keum Sae-rok, de “The Fiery Priest”) é universitária e está envolvida diretamente com as manifestações estudantis, que nesse momento da história ainda não são represadas de maneira tão violenta. Para ela, uma militante ferrenha contra o governo, a ideia de sair com o filho do homem que manda prender manifestantes soa como um absurdo. Só mesmo sendo obrigada pelo pai ela vai aceitar ir.

Youth of May [Drama]
Os personagens de “Youth of May”. Da esquerda para a direita: Kim Myung-he, Hwang Hee-tae e Lee Soo-ryeon. Foto: Kdramadiary

Mas, quem tem amigo tem tudo, certo? Pois é. E a melhor amiga de Lee Soo-ryeon é Kim Myung-hee. Elas têm vidas completamente diferentes, já que Kim Myung-hee precisa trabalhar muito no hospital para juntar dinheiro e poder estudar fora do país. Ela foi admitida em uma universidade alemã e parece estar bem perto de realizar seu sonho. Então Lee Soo-ryeon faz a seguinte proposta para a amiga: se ela for ao encontro às cegas em seu lugar, fingindo ser Lee Soo-ryeon, ela pagará a passagem da enfermeira para a Alemanha.

Youth of May [Drama]
Cena de “Youth of May”. Foto: My Drama List

Kim Myung-hee vai ao encontro, e Hwang Hae-tae se lembra de tê-la visto trabalhando no hospital. Lee Soo-ryeon orientou muito bem a amiga para que ela fosse rejeitada pelo rapaz. O encontro deles é uma sequência de cenas bem divertidas, pois Kim Myung-hee faz de tudo para assustar o pretendente, desde insinuar possuir problemas com alcoolismo até obrigá-lo a pagar por umas comprinhas em uma boutique de luxo. Porém, nada disso espanta o espirituoso Hwang Hae-tae que garante querer vê-la novamente.

Youth of May [Drama]
Park Se-Hyun no papel da adolescente Lee Jin-Ah. Foto: TUMGIR

Os dois ainda se encontram mais uma vez, mas logo Hwang Hae-tae acaba com a farsa das amigas. Kim Myiung-hee se desculpa com ele, que diz não ter se importado com a mentira e revela o desejo de continuar se encontrando com ela, ao que a jovem resiste. Ele não se dá por vencido e logo arruma uma maneira de continuar vendo a enfermeira: começa a dar aulas de reforço de matemática para a filha do dono da pensão onde Kim Myung-hee mora, Lee Jin-Ah, interpretada por Park Se-hyun (que está hilária no papel da adolescente que tem um crush no protagonista).

Mesmo sabendo que Kim Myung-hee vai embora para a Alemanha dentro de um mês, Hwang Hae-tae quer estar ao lado dela. Então eles decidem passar aquele mês de maio juntos.

Youth of May [Drama]
Cena de “Youth of May”. Foto: Dramabeans

Era só isso o que eles queriam, mas não seria nada fácil. Primeiro, porque para os pais de Lee Soo-ryeon e Hwang Hae-tae, o casamento dos dois já é dado como certo. Os jovens não conseguiram se desvencilhar das mentiras que eles próprios criaram. E os laços entre as famílias foram se estreitando de tal maneira que agora já envolvem negócios. A ebulição política crescente em Gwangju também será um fator determinante para os rumos da história. Porém, o maior problema que o casal terá de enfrentar será o pai de Hwang Hae-tae. Imaginem o tamanho do estrago que um homem perverso com muito poder em suas mãos pode causar.

Youth of May [Drama]
Cena de “Youth of May”. Foto: Korea Dramaland

Mas não fiquem aí só imaginando, assistam “Youth of May”, vocês não vão se arrepender. Apenas estejam preparados para as cenas sobre o contexto político da época. Elas possuem uma forte carga emocional. Sabemos que estão retratando ali fatos que fazem parte da história recente do povo coreano. Impossível não se emocionar. O massacre de Gwangju também é conhecido como Movimento Democrático de Gwangju, o que me parece o nome mais apropriado, pois esse acontecimento foi fundamental para a consolidação da democracia na Coreia do Sul. É tocante vermos, através da série, a luta da juventude de maio por liberdade. Liberdade de ir e vir, liberdade para votar e liberdade para amar.

Até a próxima!

Disclaimer

As opiniões expressas em matérias traduzidas ou em colunas específicas pertencem aos autores orignais e não refletem necessariamente a opinião do KOREAPOST.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.