Oi gente, tudo bem? O titulo assustou né? Desculpa, mas vou falar que não deixa de ser verdade viu? Com a data de entrega de documentos da bolsa e o dia do TOPIK chegando, eu estou praticamente arrancando os cabelos.

Falando nos documentos, vocês devem estar curiosos sobre o que é necessário enviar para participar da seleção, então pode pegar papel e lápis, porque a lista é grande!

Ontem à noite, eu e a minha mãe terminamos de fazer a conferência dos documentos e acondicionamos tudo em 4 envelopes idênticos. Um é aberto pela embaixada e se eu for pré-selecionada, os outros são enviados para as faculdades que eu escolhi.
Ontem à noite, eu e a minha mãe terminamos de fazer a conferência dos documentos e acondicionamos tudo em 4 envelopes idênticos. Um é aberto pela embaixada e se eu for pré-selecionada, os outros são enviados para as faculdades que eu escolhi.

Fora os formulários já disponibilizados pelo programa da bolsa, você vai precisar:

Seu histórico escolar e seu diploma – se você ainda estiver no ensino médio, e não for um bom aluno, corre pra melhorar essas notas porque a “Nota de Corte” da bolsa é de pelo menos 82% de aproveitamento.

Cartas de Recomendação – converse com professores que você goste, e que gostem de você e peça para eles fazerem uma carta descrevendo que tipo de estudante você é.

Certificados – se você tem algum tipo de certificado de Inglês, ou até de Coreano, é legal colocar ele junto com seus documentos.

Documentos de identificação, sua certidão de nascimento, os RGs dos seus pais – são importantes para comparar as informações colocadas no seu formulário de inscrição.

“Personal Statement” – é basicamente uma carta de apresentação falando um pouco sobre você e sua família, e também explicando o porque você acha que deveria ser escolhido para o programa.

Plano de Estudos – durante os 5 anos dados pela bolsa, você vai ter que estudar, óbvio, o que você deve colocar aqui são seus objetivos, e intenções em relação ao curso, tanto de coreano, quanto o da faculdade.

Atestado de Saúde – na primeira fase da seleção isso é preenchido por você, já na segunda, visite um clinico geral e peça uma avaliação geral de saúde.

Ufa! Quanta coisa né? Mas se olharmos de longe, vale muito a pena. Os meus documentos estão sendo enviados hoje, torçam por mim. Para maiores informações, visitem o Facebook da Embaixada da Coreia.

TOPIK

Agora vamos falar um pouco de TOPIK. Olha, não vou mentir, o negócio é complicado. Quando eu prestei o TOPIK I, achei simples a prova, o que eu não imaginei, é que a diferença de dificuldade entre o I e o II seria de Grand Canyon! Juro, até minha professora de coreano acha a prova difícil, e ela é coreana! E como se não bastasse, eu só estou estudando no nível intermediário a 6 meses, então não estou tão bem assim, tem perguntas que eu leio nos simulados e fico tipo “O que raios eu estou lendo?”

Mas o grande motivo de eu estar arrancando os cabelos é que, eu arranjei um emprego, então agora eu tenho que “multifocar”: Estudo da faculdade, estudo do coreano, e trabalho. É fácil? Não. Mas se minha mãe conseguiu (na minha idade, ela trabalhava, fazia francês e faculdade, e ainda tinha energia pra ir em balada… #mãetop), eu também consigo.

O dia da prova é daqui a mais ou menos um mês, estou uma mistura de nervosa, ansiosa e estressada, mas vamos lá, sem esforço não se chega a lugar nenhum!

Por essa semana é só gente, até uma próxima.

Beijos purpurinados!


Disclaimer: As opiniões expressas em matérias traduzidas ou em colunas específicas pertencem aos autores orignais e não refletem necessariamente a opinião do KOREAPOST.



2 COMENTÁRIOS

  1. Miga, como que você fez pra somar as suas notas no sistema de GPA? Você contou só os 3 anos do ensino médio ou juntou com o último ano do fundamental ? Eu tô surtando !

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome.