A Coreia do Sul ocupa a metade sul da “península coreana”. Completamente distinta e independente da vizinha Coreia do Norte, a Coreia do Sul é um destino moderno, envolvente e emocionante para os viajantes. Grandes cidades como Seul oferecem a agitação de uma metrópole urbana, juntamente com uma fantástica vida noturna e a chance de descobrir a mais recentes maravilhas tecnológicas. No entanto, a Coreia do Sul também é lar de belos parques nacionais e muitos lugares onde você pode desacelerar e desfrutar da atmosfera. De ilhas ao largo da costa até a temível fronteira no meio da península coreana, há inúmeras coisas para fazer, ver e explorar!
Aqui estão apenas alguns exemplos:

10. Suwon

A cidade de Suwon é a capital da província de Gyeonggi e fica a apenas 30 km de Seul. É facilmente acessível a partir de Seul de carro ou trem, mas muitas vezes é ignorada pelos viajantes. Se você for até lá, poderá visitar um estádio, carinhosamente chamado Big Bird, que sediou as quartas de final da Copa do Mundo da FIFA de 2002. Se você não é fã de futebol, vá ao histórico Hwaseong Fortress, do século XVIII, onde você poderá conhecer a arquitetura e até tentar praticar um pouco de arco e flecha no local.

9. Chuncheon

Cercado por belos lagos e montanhas imponentes Chuncheon, a capital da província de Gangwon foi a escolha para as locações de novela coreana muito popular, chamada Winter Sonata. Então, muitos visitantes vêm à cidade para ver alguns dos locais mais comuns da filmagem. Outros vêm pela comida, porque Chuncheon é conhecida como o paraíso das comidinhas. Depois de visitar as principais atrações, como a Barragem de Soyang, o Parque da Estátua ou o Templo Cheongpyeong-sa, siga para a Rua Dakgalbi. Esta rua apresenta o prato dakgalbi, uma refeição de frango grelhado com legumes picantes e arroz. Dezenas de restaurantes na rua oferecem o mesmo prato icônico, cada um oferecendo pequenas variações na receita.

8. Busan

A segunda maior cidade do país é Busan. É também um porto importante e é conhecido por ostentar belas praias, fontes termais e oportunidades para recreação ao ar livre. A Vila Cultural Gamcheon, conhecida como a Santorini da Coreia, é uma comunidade de colinas incrivelmente coloridas com vista para a água. Em Busan, você também terá a chance de visitar vários templos, sendo o mais popular deles o Beomeosa Temple. Enquanto a cidade possui todas as lojas e museus que você pode esperar de uma área urbana do seu tamanho, algumas das atrações mais populares incluem a Praia de Haeundae, o Parque Taejongdae e o belo Santuário de Aves Migratórias do Estuário do Rio Nakdong.
Nota do Korepost – Na praia de Gwangali, ou melhor na ponte que fica nesta praia, foram filmadas as cenas de ação e perseguição automobilística do filme Pantera Negra.

7. Jeonju

No auge da dinastia Joseon, Jeonju era sua capital espiritual. Hoje, Jeonju é repleta de templos e museus e é um dos melhores lugares para se visitar na Coreia do Sul. Se você quiser abraçar a cultura local e conhecer sua história, vá até a Jeonju Hanok Village. Lá, você pode ver casas tradicionais do início do século 20, fazer o tradicional papel Hanji ou saborear o soju feito localmente. Outra atração popular na cidade é o Museu Nacional Jeonju, lar de uma impressionante coleção de artefatos. Enquanto estiver em Jeonju, experimente o famoso prato coreano Bibimbap, que originalmente vem dessa região.

6. Parque Nacional de Seoraksan

Se você quiser fazer caminhadas, ver a cordilheira mais conhecida na Coreia do Sul ou apenas tirar fotos épicas, então não deixe de visitar o Parque Nacional de Seoraksan. Dentro do parque, você encontrará pinhais, montanhas irregulares e rochosas, riachos cristalinos e lagos impressionantes. O Parque Nacional de Seoraksan também abriga mais de 2.000 espécies de animais. Comece sua visita no National Park Visitor Center, onde você pode pegar mapas gratuitos em inglês e coreano. Depois, aproveite os kilometros de trilhas sinalizadas que cruzam o parque inteiro.

5. Andong

Em mais de 2.000 anos, Andong é por vezes referida como a Capital da Cultura Espiritual Coreana. Talvez a principal atração da cidade seja a Aldeia Folclórica de Andong Hahoe, onde a herança cultural local foi preservada e é compartilhada com os visitantes. No entanto, são os gourmets que mais irão desfrutar de uma visita a Andong. A cidade possui todos os tipos de especialidades locais, começando com um famoso prato de frango e macarrão chamado jjimdak. Andong também é lar da bebida mais tradicional da Coreia, o soju, então tome um gole antes de sair da cidade.

4. Ilha de Jeju

Na costa sul da Coreia do Sul está a Ilha de Jeju, a única Província Autônoma Especial do país. Apelidada de Ilha dos Deuses, Jeju é um destino subtropical conhecido com um dos principais destinos para lua de mel e férias na Coreia do Sul. Além de belas praias, montanhas e paisagens verdejantes, Jeju possui uma longa lista de atrações turísticas e parques de diversões. Você pode conhecer a cultura local no Seongeup Folklore Village, ou visitar o Glass Castle, um parque temático que gira em torno de esculturas de vidro. Talvez a atração mais estranha e mais controversa em Jeju seja Loveland, um parque temático com “atrações românticas” e exclusivas para adultos.

3. DMZ

A DMZ, ou zona desmilitarizada, é a área limite entre a Coreia do Norte e a Coreia do Sul. É considerada uma zona de cessar-fogo. Mesmo sendo permitida a visita à DMZ, nem todas as áreas estão liberadas. Apenas uma pequena parte da DMZ, conhecida como JSA ou Joint Security Area, é aberta ao público. Na JSA, você pode ficar fisicamente na Coreia do Norte, embora esteja dentro de um prédio que abriga também soldados sul-coreanos. Você também pode visitar uma loja de presentes norte-coreana que vende selos, vinhos e moedas da Coreia do Norte. Esteja ciente de que a única maneira de visitar a DMZ é em uma excursão autorizada e guiada.

2. Gyeongju

Gyeongju é a antiga capital do que já foi o Reino Silla. Isso faz com que a cidade tenha mais de 2.000 anos. Gyeongju é um destino incrível que possui uma série de templos e festivais culturais. Comece sua viagem no Templo de Bulguksa, uma verdadeira obra-prima de religião e arte budista que remonta ao século VIII. Em seguida, suba do templo até a Gruta Seokguram para ver ainda mais cultura e artefatos budistas. Não perca o Mercado Coberto, uma coleção de lojinhas que vendem de tudo, desde lembranças de Silla a iguarias coreanas feitas na hora.

1. Seul

Seul é de longe a maior cidade da Coreia do Sul e um dos principais destinos da Ásia Oriental. Se você está passando algum tempo no país, há uma boa chance de você visitar Seul em algum momento. Não há fim para as atrações da cidade, mas muitos visitantes começam com alguns dos muitos palácios localizados em Seul. As principais escolhas incluem o incrível Gyeongbok-gung e o Changdeok-gung do século XV. Você também encontrará antigos templos e santuários, belos parques públicos, design moderno, shoppings e algumas das melhores cozinhas de toda a Ásia.


Disclaimer: As opiniões expressas em matérias traduzidas ou em colunas específicas pertencem aos autores orignais e não refletem necessariamente a opinião do KOREAPOST.



3 COMENTÁRIOS

    • Muito Obrigada pelo seu comentário Paula!! Continue curtindo o nosso site. Logo logo a gente se vê de novo. Eu moro aí pertinho!! Grande Beijo!!

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome.