Aconteceu na última sexta-feira, dia 8 de junho, um encontro com a escritora sul-coreana Kim Ae-Ran no Centro Cultural Coreano, em São Paulo. O encontro foi organizado pelo Grupo de Estudos Coreanos da USP e mediado pelo crítico literário Manuel Costa Pinto.

Livro, My Palpitating Life. Foto: KLN/Korean Literature Now
Livro, My Palpitating Life. Foto: KLN/Korean Literature Now

Kim Ae-Ran é a autora de 4 livros de contos e 1 romance. Este, intitulado My Palpitating Life (2011), vendeu 140.000 cópias em três meses e em 2014 foi adaptado para o cinema com o filme My Brilliant Life, estrelado por Jo Sung-Mok, Kang Dong-Won (Temptation of Wolves) e Song Hye-Kyo (Descendants of the Sun). O livro conta a história de um adolescente que sofre de progeria, uma doença degenerativa que causa o envelhecimento acelerado de crianças. No total, Kim Ae-Ran recebeu (até o momento) 11 prêmios literários, incluindo o Prêmio Literário Lee Hyo-Seok, Prêmio Literário Kim Yujung e o Prêmio Literário Yi Sang.

Veja o trailer oficial do filme:

No encontro foram lidos trechos de contos da escritora, primeiramente em português (tradução realizada em workshop que aconteceu durante o primeiro semestre deste ano na Universidade de São Paulo) e depois em coreano – o último, pela própria autora. Depois, houve um pequeno bate-papo em que foram levantadas algumas questões referentes à obra de Ae-Ran pelo mediador e pelos participantes.

Kim Ae-ran. Foto: KLN - Korean Literature Now
Kim Ae-ran. Foto: KLN – Korean Literature Now

Foi, sem dúvidas, uma oportunidade única para os amantes da literatura coreana. Kim Ae-Ran é um dos mais importantes nomes da literatura sul-coreana atual, tratando de temas como perda, luto e sua superação, além de conseguir retratar a sociedade moderna do país de forma muito realista. Espero que encontros assim ajudem com que o interesse pela publicação de livros coreanos no Brasil (em português, claro) cresça.


Disclaimer: As opiniões expressas em matérias traduzidas ou em colunas específicas pertencem aos autores orignais e não refletem necessariamente a opinião do KOREAPOST.



DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome.