Chegamos ao final da saga que analisa os vídeos do The Clan, e hoje vamos fechar dissecando Beautiful e tentando unir tudo que aprendemos até agora. Esse vídeo pretendia dar respostas às perguntas levantadas até então mas, como sempre, só deixou todo mundo com ainda mais dúvidas. Então, recapitulando.

Temos uma possível situação de resgate, parecida com a situação em Stranger Things, temos uma referência à Matrix e temos diversas insinuações à universos alternativos, realidades paralelas ou fictícias.

Em Beautiful, o vídeo apresenta diversas “salas”, apresentando o conceito de espaços impossíveis, não pela primeira vez, mas dessa vez eles são o foco.

O Clan se encontra separado, cada um em seu espaço individual que também pode ser descrito como um “mind space“, que nada mais é do que a representação visual do emocional dos integrantes.

Considerando todos os indícios, e o fato de que as figuras representadas nos vídeos até então todas representam um papel muito simbólico, é possível interpretar esse vídeo como a parte final de um resgate, que é a colaboração de quem está sendo resgatado. Todo o esforço se tornaria em vão se o próprio sujeito não entrasse em acordo com a realidade e desejasse voltar, portanto essa etapa final projeta a luta interna de cada um de uma forma visual, e os faz superar seus demônios em um momento de solidão.

Aqui, nós não vamos analisar todos, e eu convido todos que tiverem interesse a deixar suas interpretações aqui nos comentários. Eu vou apenas falar sobre o líder, Jooheon, Hyungwon, que teve um papel importante nos outros vídeos e Shownu, que é representado pelo símbolo da saga, o Delfínio, que está presente novamente em Beautiful.

Shownu se vê em um ambiente como um jardim botânico, coberto das flores que simbolizam a vitalidade e o rejuvenescimento, o recomeço. Até então parece que Shownu estava perdido, e tudo indica que a confusão e o vazio originam da perda. O Delfínio  poderia realmente ter algum tipo de função medicinal, mas existem fortes indícios de que ele realmente serviu como um placebo. No caso de Shownu, a morte de um ente, o espírito de luta vindo da dor de da angústia e aqui, finalmente, ele pode se desapegar do elixir e continuar com as suas próprias forças para seguir em frente.

Screen Shot 2017-05-03 at 5.36.06 PM

A segunda sala que será analisada é a sala dos espelhos de Hyungwon. Logo de cara, o significado é óbvio, a reflexão necessária que deve ser feita para que o rapaz entre em contato consigo novamente. Hyungwon precisou passar por um período de forte inércia e agora precisa entender quem ele é e se observar meticulosamente, sem conseguir escapar sendo que em todos os lugares, ele se vê. A jornada pelo autoconhecimento é necessária para que ele se reerga e consiga entender o seu papel no plano em que vive.

Em seguida, ele se associa ao simbolismo do tempo, visto pela areia que cai como em uma ampulheta. A areia escorrendo de suas mãos pode representar a forma como ele não consegue controlar seu tempo, não há maneira do homem controlar o tempo, ele corre independente do quanto queiramos que ele pare. Mesmo em sua inércia, o tempo não para por ninguém. E a lembrança disso aparece por vezes nas mãos de Minhyuk – uma figura muito importante na história de Hyungwon – e Jooheon, que é a figura guia e que lentamente se torna a figura libertadora da trilogia.

Screen Shot 2017-05-03 at 5.42.14 PM Screen Shot 2017-05-03 at 5.44.11 PM Screen Shot 2017-05-03 at 5.45.06 PM

Jooheon é o personagem mais misterioso da trilogia. Já havíamos levantado a possibilidade de todas as histórias serem camadas de uma mente que deseja esquecer e se enterrar em mentiras, em uma realidade escondida, em um mundo de ponta cabeça. Mesmo que todas as mentes estejam perdidas, o papel de Jooheon sempre foi e continua sendo a de guiá-los para a verdade.

E aqui, ele aparece novamente coordenando, observando de fora o desenrolar de tudo. Mesmo que sem interferir, nesse ponto, essa jornada deve ser individual, então só o que ele pode fazer é observar. Com isso, ele pode controlar o tempo necessário para que eles se libertem, e quando se libertarem, poderão se reencontrar novamente em uma realidade que desconhecemos.

Screen Shot 2017-05-03 at 5.42.45 PM Screen Shot 2017-05-03 at 5.43.52 PM

Dessa vez, o coração não aparece. Não há mais realidades a serem exploradas, talvez, além da verdade. Dessa vez, o final é diferente. Não há um paraíso falso, não há uma outra tentativa. Eles escapam, por fim, as portas se abrem e eles se reúnem. E finalmente andam em direção ao final, que não é revelado no vídeo. 

É provável que essa história não tenha realmente terminado nesse capítulo, mas seja o começo do fim.

Screen Shot 2017-05-03 at 6.21.37 PM

Comentem suas próprias teorias e interpretações sobre a trilogia! A minha opinião é que 2.5 não é exatamente um 3, ou seja, há uma verdade a ser revelada ainda e talvez ainda possamos assistir o desfecho real da história. Caso queiram ler a teoria completa, podem seguir para a Parte Um e Parte Dois do #Teorizando do Monsta X The Clan. Até lá, eu vejo vocês na próxima. Fiquem com o vídeo para que possam relembrar a incrível produção visual que foi Beautiful, e até mais!


Disclaimer: As opiniões expressas em matérias traduzidas ou em colunas específicas pertencem aos autores orignais e não refletem necessariamente a opinião do KOREAPOST.



DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome.