Continuando em sequência, hoje o #Teorizando sai de All In e caminha para Fighter, do Monsta X. Foi eletrizante perceber que várias pessoas deixaram comentários e estão interessadas em analisar mais profundamente essa história. Eu a princípio, pensei que as histórias não se conectavam tanto quanto eu pensei que deveriam, mas num segundo momento percebi que talvez alguns aspectos desse vídeo questionem a base da história como um todo.

E por um simples motivo, uma referência óbvia que não passou despercebida por mim, e com certeza não passou despercebida por vocês também. Essa cena é muito familiar aos amantes de ficção científica.

Screen Shot 2017-04-19 at 7.09.57 PM

636097195375582759-581206776_MatrixBluePillRedPill

A cena faz referência a um momento clássico do filme Matrix, onde o personagem Morpheus oferece uma simples escolha ao protagonista Neo. Ele é apresentado ao conceito da matriz, uma ramificação da realidade que se estende além da percepção natural do ser humano. A realidade em que ele vive não é suficiente para Neo, e nesse momento ele deve escolher entre permanecer dormente, ou despertar para uma verdade muito além de tudo que ele poderia imaginar.

Ela não é uma das primeiras cenas, e estamos dissecando do meio para o começo pelo fato do vídeo não contar uma história linear. Na realidade, ele coloca em perspectiva a linearidade do restante da história também. Essa única cena coloca em perspectiva tudo que sabíamos até então. A situação na primeira parte da saga do Clan poderia ser uma matriz da realidade. E nessa segunda parte, também temos um momento em que a realidade é questionada, onde todos estão felizes e juntos.

Isso também pode ser visto na storyline do I.M, que é visto imerso em um jogo. E, com a mesma temática de jogo, quando todos se reúnem, ele também parece ser o mais feliz enquanto guia todos para uma espécie de salão paradisíaco, o que pode ser um universo utópico onde não existam consequências reais, como em um vídeo game. Essa seria uma nova matriz.

Screen Shot 2017-04-19 at 7.18.10 PM Screen Shot 2017-04-19 at 7.17.53 PM Screen Shot 2017-04-19 at 7.18.25 PM

A pessoa que oferece as duas escolhas e faz o papel de Morpheus também é visto em diversas realidades diferentes, guiando os integrantes à um denominador comum, ao que parece.

Continuando seu papel de liderança na primeira história, Jooheon agora trabalha em função de unir os integrantes. Guia Kihyun até o Delfinium, que também é parte dessa história e ao que parece é a chave para os segredos da história como um todo.

Ele também une Kihyun à dois outros personagens. Nessa parte da história, Wonho ganha também um papel de mais destaque – ele é uma espécie de engenheiro que constrói uma máquina para o Clan. Essa máquina pode estar associada à matriz, ou à forma como eles conseguem viajar por diferentes realidades. Essa máquina é semelhante a um console, um video game. E quem ajuda o Clan a controlar essa máquina é o I.M, o que também pode indicar que ao invés de imergir em uma realidade fútil, ele utiliza os conhecimentos para realizar um resgate. O que voltará a ser o tópico mais para frente.

Screen Shot 2017-04-19 at 6.55.29 PM

Screen Shot 2017-04-19 at 7.09.18 PM

Retornamos à escolha entre matriz e realidade. Essa escolha é oferecida a ninguém menos do que os protagonistas do relacionamento complicado que vimos na parte anterior. Minhyuk e Hyungwon, são visto juntos, em camisas de força o que indicaria um estado de doença mental, presos em um hospital em extrema inércia.

Isso pode ser interpretado, também, como uma contraparte ao relacionamento que pode ser visto entre os dois. Não é algo comum, e é considerado errado. A camisa de força pode ser o sentimento de estar preso, de sentir-se louco e doente, quando a sociedade impõe que esse tipo de relacionamento deve ser visto como errado e doentio. É uma forma de interpretar mais uma vez a implicação social que essa história tem. Kudos novamente, Monsta X!

Quase apáticos, recebem uma oferta e a única que conseguimos ver sendo aceita é o gummy bear azul.

Screen Shot 2017-04-19 at 7.11.18 PM

A pílula azul era o caminho mais curto para a negação da realidade. Isso pode indicar que houve a escolha de retornar a um mundo sem conhecimento de nada, continuando a mesma vida de sempre.

… É onde entra o resgate do I.M. Ele aparece guiando todos pelo corredor, com roupas brancas e pode também simular uma fuga do sanatório onde Minhyuk e Hyungwon estão presos. Talvez a máquina seja uma forma de acessar o subconsciente de quem fez a escolha a permanecer onde estava, com quem queria estar, e resgatá-los, os trazendo para o caminho da verdade. E agora, novamente juntos, seguiram para a próxima etapa em sua jornada.

A temática obviamente associada a Stranger Things também pode ser uma confirmação de que esse vídeo mostra uma missão de resgate à pessoa que está presa em uma realidade diferente, como é chamado na série: O mundo de ponta cabeça. Isso também pode ser reforçado pela nova flor que aparece nesse vídeo. A Lótus, em cor violeta ou roxa, tem um significado espiritual muito forte que representa o conhecimento, a elucidação e também o renascimento.

Screen Shot 2017-04-19 at 7.17.19 PM

Com certeza existem outros pontos que não foram comentados aqui, outras teorias e outras formas de interpretação e eu os convido a comentar livremente! Compartilhem o que vocês deduziram com todos os outros fãs que adoram encontrar o significado dentro dos vídeos tão interessantes que existem no K-POP.

Fiquem com o vídeo e até a próxima parte da saga do X CLAN!


Disclaimer: As opiniões expressas em matérias traduzidas ou em colunas específicas pertencem aos autores orignais e não refletem necessariamente a opinião do KOREAPOST.



1 COMENTÁRIO

  1. MEU HYUNGHYUK!!!!!1!1!1!1!11

    Enfim, mais uma vez amei a interpretação desse MV e da saga do Clan. <3
    Aguardo ansiosa a interpretação de Beautiful!!!!!

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome.