Nos últimos anos, o termo “complexo cultural” tem sido muito utilizado nas mídias sociais. Posts com pessoas aproveitando seu tempo nesses espaços são cada vez mais compartilhados, junto de hashtags como “vida cultural”, “tempo de lazer” e “relaxamento”.

Os complexos culturais vem se tornando opções populares da cidade para os jovens moradores de Seul. Este locais são edifícios com salões de exposições, cafés, restaurantes e lojas de design.

De acordo com livro “Where to Live” de Yoo Hyun-Joon, arquiteto e professor, publicado no ano passado, a geração mais jovem, expõem seus interesses nas mídias sociais, compartilhando o tipo de roupa que eles usam e o tipo de alimento que comem. E agora isso chega aos locais onde passam seu tempo.

 

Para satisfazer tais necessidades, os complexos culturais competem para atrair os frequentadores mais modernos. O que também é influenciado por sua localização.

O edifício da Fundação Wooran em Seongsu-Dong, localizado na parte oriental de Seul, é um desses casos. A vizinhança se refere ao local como o Brooklyn de Seul, pois jovens artistas e hipsters reuniam-se nas fábricas abandonadas e velhas da área.

‘Fundação Wooran. Foto: Korea Herald

Agora um novo edifício de 12 andares destaca-se no bairro, por seu tamanho. Seu projeto arquitetônico inspirado nas características do Brooklyn com sua estrutura em camadas de concreto cinza e design industrial.

O Cafe Dorrell, vindo da Ilha de Jeju, fica no primeiro andar deste edifício e é uma das franquias mais badaladas de 2018. Seu interior é decorado com skates, combinando com a atmosfera jovem e hip da área.

O complexo cultural tem cinco salões para exposições e performances, prontos para sediar todos os tipos e gêneros de atividades artísticas.

Fundada em 2014, a Fundação Wooran, é uma fundação cultural que visa criar um ecossistema sustentável de artes e cultura. O Presidente Chey Ki-Won é o irmão mais novo do Presidente do grupo SK, Chey Tae-won.

Alguns complexos culturais servem como salão de apresentação para empresas. Por exemplo, o Simmons Terrace e seus colchões, ou Monami Concept Store com produtos de papelaria da marca.

O Flask Namsan no centro de Seul é administrada pela Market m, uma loja de design e estilo de vida. Localizado perto de Myeongdong, o espaço no primeiro piso apresenta produtos de decoração de interiores. No andar de cima, os visitantes podem relaxar com uma xícara de café Moonshine da Austrália.

Flask Namsan. Foto: Korea Herald

O salão no terceiro andar é um espaço de cultura para palestras, seminários e sessões de mentoria. A parte superior do edifício ainda não aberta, do quarto ao telhado no sexto andar, abrigarão mais showrooms e restaurantes.

Na Coreia, costumamos conhecer pessoas em cafés e restaurantes. Ao encontrar amigos, nós podemos visitar estas lojas e compartilhar de nossos estilos de vida. E assim começar a saber mais sobre o que os outros gostam e o que nós gostamos também“, declaração de Kim Ji-Hye, trabalhador de escritório com seus 20 anos em Seul.

Por outro lado, eu às vezes me pergunto por que esses lugares se chamam complexos de cultura, quando eles são apenas espaços para as empresas“, disse Kim. “Eu sinto que eles deveriam ter algo a mais além das lojas

A princípio um edifício da empresa farmacêutica Piknic na década de 1970, tornou-se um complexo de cultura em Hoehyeon-Dong, no centro de Seul, contando com um café de dia e bar a noite, além do restaurante francês conceituado da Michelin, Zero Complex, no 3º andar.

Piknic. Foto: Korea Herald

No entanto, o que fez Piknic um nome popularmente reconhecido é o espaço de exposições. Marcas de designers como SJYP realizaram desfiles durante a última semana de moda de Seul. O espaço também sediou “Ryuichi Sakamoto: life life”, uma exposição de arte da vida do compositor e músico japonês.

O espaço de cultura está sediando atualmente a “Jasper Morrison: Thingness”, uma exibição do trabalho do desenhista industrial britânico famoso de mesmo nome. Depois de desfrutar da exposição, os visitantes podem jantar no Kafe Piknic, sentado em uma cadeira projetada por Morrison.


Disclaimer: As opiniões expressas em matérias traduzidas ou em colunas específicas pertencem aos autores orignais e não refletem necessariamente a opinião do KOREAPOST.



DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome.