A cerimônica de casamento é considerada como um dos maiores eventos familiares para os coreanos. Na verdade, casamentos são tão importantes que um estudo recente, realizado pela empresa de consultoria de casamentos, Duo Wed, mostrou que uma média de aproximadamente 237 mil reais são gastos para uma única cerimônia de casamento na Coreia.

Mas tem havido uma mudança na cultura dos casamentos nos últimos anos entre aqueles que preferem cerimônias menores, os chamados “casamentos reservados“, sinalizando uma tendência do “faça você mesmo” (ou DIY – Do It Yourself em inglês) crescente no mercado de casamentos coreanos.

De acordo com o Gmarket, uma plataforma de e-commerce, as vendas de Junho para vestidos de casamento e festas aumentou 169% em comparação a Junho de 2015. As vendas de decoração de casamento para carros e corsages (arranjos de flores) também aumentaram em 73% e 12%, respectivamente.

Outra plataforma de compras on-line, 11ST, também viu o aumento das vendas de produtos relacionados ao casamento, como vestidos de noiva (60%), sapatos de casamento (45%), e decoração de casamento para carros (35%).

Ambos os serviços apontam para um número crescente de noivas e noivos que optam por casamentos pequenos ou intimistas.

Um número crescente de consumidores também estão buscando cerimônias de casamento que são mais exclusivas e pessoais, e não os fornecidos pelos planejadores do casamento, que são muitas vezes comuns de mais e não têm tanta individualidade. Foto: KobizMedia / Korea Bizwire.
Um número crescente de consumidores também estão buscando cerimônias de casamento que são mais exclusivas e pessoais, e não os fornecidos pelos planejadores do casamento, que são muitas vezes comuns demais e não têm tanta individualidade. Foto: KobizMedia / Korea Bizwire.

Tais cerimônias de casamento são frequentemente realizadas em parques e restaurantes com um punhado de parentes e amigos próximos, ao contrário dos casamentos convencionais, que são muitas vezes realizados em salões de festas ou hotéis com centenas de convidados. Estes casamentos são geralmente preparados pelos noivos, sem a ajuda de agências de casamento.

As agências de casamento, ou planejadores do casamento, já foram serviços muitos populares na Coreia, e oferecem várias opções de pacotes de casamento, sendo o mais popular um pacote de SDM (fotos em estúdio, aluguel de vestido e maquiagem). No entanto, esses pacotes variam de preço de aproximadamente 3 mil reais para mais de 28 mil reais, e têm sido alvo de queixas dos consumidores em relação ao super faturamento dessas agências e planejadores.

Um número crescente de consumidores também está buscando cerimônias de casamento que são mais exclusivas e pessoais, e não os fornecidos pelos planejadores do casamento, que são muitas vezes muito comuns e não têm individualidade.

O pequeno mercado dos casamentos intimistas está crescendo centrado nos consumidores jovens que preferem estilos de vida razoáveis e realistas“, disse um funcionário do Gmarket. “A opção por um casamento feito por conta própria pode reduzir o custo total de casar-se e, ao mesmo tempo, ser mais pessoal, razão pela qual as vendas relacionadas à esse mercado estão cada vez maiores.

O setor de varejo está correndo para entrar no mercado de casamento recém-emergente.

Loja de Departamentos Hyundai foi a primeira a apresentar opções de lojas voltadas aos casamentos pequenos, feitos pelos noivos, em Abril (Samseong-dong branch) e em Junhoe (Pangyo branch). As lojas receberam respostas positivas, e a companhia está pretendendo oficializar uma seção especializada nesse tipo de casamentos. Foto: Hyundai Department Store.
A loja de departamentos Hyundai foi a primeira a apresentar opções de departamentos voltados aos casamentos pequenos, feitos pelos noivos, em Abril (na loja Samseong-dong ) e em Junho (na loja de Pangyo). As lojas receberam respostas positivas, e a companhia está pretendendo oficializar uma unidade especializada nesse tipo de casamentos. Foto: Hyundai Department Store.

A Loja de Departamentos Hyundai foi a primeira a apresentar opções de lojas voltadas aos casamentos pequenos, e as mesmas tem recebido respostas positivas, por isso, a companhia está pretendendo oficializar uma unidade especializada somente neste tipo de negócio. “Nós tivemos um feedback promissor dos consumidores sobre as nossas pequenas lojas que ofereciam vestidos de noiva relativamente baratos e sapatos que os clientes podem comprar “, disse um funcionário da Hyundai. “Os visitantes também gostaram do nosso serviço de consultoria que oferece dicas sobre preparação de pequenos casamento e fotos de casamentos feitos pelos próprios noivos. Setenta por cento dos clientes estavam na casa dos 20 a 30 anos, todos se preparando para uma cerimônia de casamento, com uma taxa de re-visita de 40%“, acrescentou.

No entanto, nem todos concordam que esta tendência é a mais acessível ou razoável, e alguns pensam que vai acabar sendo só mais um nicho de mercado.

Eu queria que meu casamento fosse especial, mais parecido como uma reunião, acompanhada por alguns amigos próximos“, disse Yoo Ji-In, uma funcionária de escritório de 30 anos de idade que se casará em Agosto. “Então, eu mesma pesquisei o vestido de noiva, um maquiador, fotógrafo, e aluguel de um restaurante, e percebi que custaria mais do que ter um casamento convencional. Eu tive a impressão de que as empresas estavam se aproveitando do fato de que um casamento é o evento único na vida e que deve ser especial“.

Um funcionário da indústria de casamentos também não concorda que a nova tendência é uma opção mais acessível.

A indústria do casamento está saturada já faz alguns anos, e é por isso que para as empresas, essa tendência mais recente é uma boa notícia, já que é rentável para eles. E, claro, os consumidores estão em busca de algo mais do que simplesmente um tipo mais barato de casamento, o que acaba por conduzi-los a um aumento de custos sem que os mesmos percebam. Então eu acho que é mais correto chamá-los de “pequenos casamentos de luxo“.


Disclaimer: As opiniões expressas em matérias traduzidas ou em colunas específicas pertencem aos autores orignais e não refletem necessariamente a opinião do KOREAPOST.



DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome.