De acordo com a Korea Press Foundation que publicou a versão coreana da pesquisa intitulada ‘Relatório Digital de Notícias 2016’ feita pelo Instituto Reuters de Estudos do Jornalismo, 48% da população coreana que respondeu à pesquisa afirma que usa o smartphone para ter acesso às notícias veiculadas nos meios digitais, seguidos pela Suécia (46%) e Suíça (42%).

A pesquisa checou os dados fornecidos por 53,330 pessoas residentes em 26 países, e Seul aparece na pesquisa ela primeira vez este ano, disse a fundação.

Separadamente, 86% de todos os sul-coreanos afirmaram que costumam ler as notícias online desde a semana anterior. A Grécia obteve o maior percentual, 96% seguida por República Tcheca e Brasil, ambos com 91% e Turquia com 90%. Nesse ranking os Coreanos ocupam o nono lugar.

A última pesquisa realizada mostrava que apenas 28% dos coreanos afirmaram que liam as notícias de forma tradicional, nos jornais impressos e revistas, número muito menor em relação aos Australianos (67%), os Suíços (63%) e Espanhóis (56%)
60% preferem ler notícias em portais na internet, em vez de acessar sites de determinado jornal ou através dos aplicativos móveis.

Apenas a Turquia e Polônia apresentaram porcentagem maior em relação ao acesso de portais de notícias em relação aos números sul-coreanos, com números que chegam aos 67 e 62%, respectivamente. O reconhecimento das marcas de empresas de comunicação foram baixos.

Apenas 24% dos que responderam a pesquisa afirmaram que “sempre” ou “quase sempre” reconhecem a marca das empresas de comunicação quando estão consumindo as notícias veiculadas no meio digital.

O senso de confiabilidade em relação as notícias publicadas mostrou-se baixo entre os sul-coreanos, na pesquisa, os coreanos deram uma média de pontuação de 2.89 da nota máxima que era de cinco pontos na pergunta onde se lê: “Muitas Notícias podem ser quase sempre confiáveis”. Este baixo percentual em relação a confiabilidade, é ainda menor no caso dos franceses (2.86) e dos americanos (2.85.).


Disclaimer: As opiniões expressas em matérias traduzidas ou em colunas específicas pertencem aos autores orignais e não refletem necessariamente a opinião do KOREAPOST.



DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome.