HyunA e E'Dawn nas promoções de REtro Futurism.

Cube Entertainment está enfrentando uma fase de grande perda monetária, após a revelação, no começo de agosto, de que HyunA – apesar de negado pela agência num primeiro momento – está realmente em um relacionamento com E’Dawn, integrante do grupo Pentagon e da unit Triple H.

Aos que estão pouco acostumados com a dinâmica da indústria musical coreana, tudo pode soar exagerado, mas relacionamentos costumam afetar muito a imagem de um artista, graças ao que pode ser chamado de marketing de culto, que leva o fã a criar uma enorme conexão emocional com o artista.

Esse tipo de marketing é utilizado por grandes empresas, que visam fidelizar o cliente para que ele gaste mais dinheiro com seus produtos. No caso da música, as agências buscam “criar” um laço emocional que, da mesma forma, levará o fã a gastar mais dinheiro com seu ídolo. Porém, com isso, vem uma grande cobrança e até mesmo o sentimento de posse.

 

Tentando lidar com a situação, a Cube encerrou todas as atividades da unit, afastou E’Dawn das atividades do Pentagon e decidiu, de forma unilateral, encerrar o contrato de ambos artistas. O comunicado à imprensa veio no dia 13/09 (fuso coreano):

“Olá, Aqui é a Cube Enterntainment.  

A Cube Entertaintaint decidiu expulsar os artistas HyunA e E’Dawn. Nós sempre colocamos a fé a confiança mútua como principal quesito quando lidamos com nossos artistas. Após muito trabalho e discussões, percebemos que a confiança entre nós e os dois artistas não pode ser recuperada.

Nós gostaríamos de expressar nossa sincera gratidão aos dois artistas e aos fãs que estiveram ao nosso lado até agora.

Obrigado.”

A decisão precipitada não fez bem às ações da agência, que pareciam começar a se recuperar. Dessa vez, o valor das ações caiu 5,05% e o site oficial da empresa ficou fora do ar. Especula-se que isso tenha acontecido, principalmente, por conta da posição de HyunA como uma das maiores e mais consolidadas estrelas da Cube.

Oscilação do valor das ações da CUBE Entertainment nos últimos 30 dias. Foto: Google
Oscilação do valor das ações da CUBE Entertainment. Foto: Google

Procurando reverter a situação, no mesmo dia, Shin Dae-nam, CEO da agência, foi à mídia informar que, ao contrário do que informado antes, a decisão não estava tomada:

“A expulsão de HyunA e E’Dawn é uma questão não finalizada, que ainda está sendo discutida. Nós acreditamos que a opinião dos artistas também é importante nesse caso, e nós gostaríamos de conversar com eles antes de tomar uma decisão final.”

Mas, o que tudo isso significa? Significa que os investidores venderam suas ações. Dizendo de forma simplificada – eles perderam a confiança graças ao escândalo e viram uma grande probabilidade de perder dinheiro. Isso, de modo geral, significa que a Cube Entertainment perdeu investimento, perdeu dinheiro.

Com a intervenção do CEO, as ações voltaram a ganhar um pouco de força, mas essa situação só estará resolvida quando os ânimos se acalmarem e o escândalo for, finalmente, esquecido.


Disclaimer: As opiniões expressas em matérias traduzidas ou em colunas específicas pertencem aos autores orignais e não refletem necessariamente a opinião do KOREAPOST.



DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome.