A Secretaria de educação da cidade de Seul disse que vai proibir as escolas de ensino fundamental de dar lição de casa para alunos com notas mais baixas a partir do próximo ano, em um movimento para reduzir a carga sobre as famílias e reforçar o papel da educação pública.

Os alunos se curvam ao seu professor na Shingwang Escola fundamental, em Seul Yongsan Ward em 17 de agosto de 2015, ao regressarem à escola depois das férias de verão, que terminou no dia anterior. (Imagem: Yonhap)
Os alunos se curvam ao seu professor na Shingwang Escola fundamental, em Seul Yongsan Ward em 17 de agosto de 2015, ao regressarem à escola depois das férias de verão, que terminou no dia anterior. (Imagem: Yonhap)

A medida faz parte de um plano mais amplo lançado pelo Gabinete de Educação de Seul para conter a expansão do setor de educação privada, que está colocando uma pressão financeira considerável sobre as famílias.

Muitos estudantes na Coreia do Sul, que tem um dos ambientes de ensino mais competitivos do mundo, vão para institutos privados (os chamados Hagwons) depois do horário escolar para estudar o que eles vão aprender um ou mais semestres à frente na escola.

Dar lição de casa para certos alunos, para ajudá-los a manter-se com os demais de sua classe, será permitido a critério dos professores individualmente. A secretaria de educação disse que dar lição de casa para todos de forma igual, será desencorajado.

Os professores também serão impedidos de tirar pontos à título de penalização ou outra punição semelhante aos estudantes por não completarem a lição de casa, ele disse.

Esta política é uma expressão de nossa força de vontade para se certificar de que tudo pode ser tratado dentro do sistema de ensino público, sem a necessidade da aprendizagem prévia (em institutos privados)“, disse Cho Hee-Yeon, superintendente da Secretaria de Educação.


Disclaimer: As opiniões expressas em matérias traduzidas ou em colunas específicas pertencem aos autores orignais e não refletem necessariamente a opinião do KOREAPOST.



DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome.