Uma adolescente lançou um álbum musical no Youtube, para homenagear as vítimas da tragédia de Sewol, que ocorreu em abril de 2014.

Yun Jisu, de 18 anos, escreveu e produziu o chamado “16 de abril(0416)” – data do acidente – com ajuda de seis compositores de outros países, incluindo Filipinas e Estados Unidos.

Jisu Yun. Foto: Koreatimes
Jisu Yun. Foto: Koreatimes

O fato de que vários alunos do ensino médio terem sido vítimas, me chocou”, conta a jovem. “Essa tragédia me assombrou por um tempo, então eu tive a ideia de fazer um musical online para informar as pessoas sobre o que aconteceu”.

Os compositores contribuíram com 12 instrumentais, e Jisu compôs dois. Eles retratam a história do acidente, em ordem cronológica: os passageiros animados, e os pais preocupados antes da viagem, o terror de quando a balsa afundou, a ira sobre os responsáveis pelo acidente, e a dor dos sobreviventes e das famílias das vítimas.

Para uma melhor compreensão dos espectadores, o álbum de 14 faixas contém dois vídeos de notícias em inglês, relembrando o acidente – “Prologue” (prólogo), na primeira, e “Introduction to Part Two” (introdução à parte dois), na oitava faixa. A adolescente também deu nomes aleatórios em inglês para as personagens, visando o público internacional.

Como sou estudante, não foi fácil arrumar tempo para produzir e editar as músicas”, diz a jovem. “Mas quando ouvi que o governo iria fazer a operação de resgate, eu tive que terminar o álbum o quanto antes.

Em março deste ano, a balsa Sewol foi finalmente retirada da água, após quase três anos do acidente, e estão ocorrendo novas buscas aos nove corpos ainda desaparecidos.

Esta tragédia nunca deve se repetir.

Abaixo, o álbum completo:

Para mais informações sobre o acidente da balsa Sewol leiam o texto publicado no Koreapost no ano passado.


Disclaimer: As opiniões expressas em matérias traduzidas ou em colunas específicas pertencem aos autores orignais e não refletem necessariamente a opinião do KOREAPOST.



DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome.