O Metrô de Seul aprovou 19 das 22 propagandas anti-misoginia da comunidade feminista Women’s Era (era das mulheres), que vão ficar expostas nas estações.

No dia 14 de julho, a empresa recebeu 13 designs do grupo com um pedido para colocá-las nas estações das linhas 1 a 4 do metrô. As propagandas respondiam à morte de uma jovem, esfaqueada por um homem num banheiro perto da estação de Gangnam no dia 17 de maio.

O conflito começou quando o grupo publicou anúncios que acreditavam já ter sido aprovados e o Metrô os retirou, dizendo que havia recebido reclamações de que os anúncios eram ofensivos e inapropriados, e que continham mensagens sexistas, degradando os homens, mas a Women’s Era não aceitou esse raciocínio por haverem outras propagandas ainda mais sexistas no mesmo local. A comunidade culpou a empresa pela confusão.

Anúncios Que Foram Retirados Pelo Metrô Por Serem Ofensivos E Sexistas. Foto: Twitter/Korea Times
Anúncios que foram retirados pelo metrô por serem ofensivos e sexistas. Foto: twitter/korea times

O Metrô confirmou que vai publicar 19 dos anúncios da Women’s Era. Dos três que não foram aprovados por conta de serem ofensivos para os homens, dois continham frases como “condenado em potencial” e “homens são todos lobos”. O outro mostrava a imagem de um homem segurando uma faca e perseguindo uma mulher, havia também a frase “Os homens não precisam do corpo de uma mulher, e sim de uma coleira”.

Nós planejamos modificar esses anúncios reprovados e publicá-los, após notificar as agências de publicidade e a Women’s Era sobre o resultado de nossa análise”, explicou um funcionário do Metrô.


Disclaimer: As opiniões expressas em matérias traduzidas ou em colunas específicas pertencem aos autores orignais e não refletem necessariamente a opinião do KOREAPOST.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.