As relações românticas dos jovens coreanos estão mudando rapidamente e o casamento – uma vez considerado o ponto de destino de um relacionamento bem-sucedido – não é mais obrigatório, e os dramas da televisão estão rapidamente percebendo essa tendência.


A emissora KBS começou a transmitir a comédia romântica “Men are Men” este mês, centrada na história de uma mulher de 30 anos, Seo Hyun-joo, que se declara “casada consigo mesma” três vezes só no primeiro episódio.

Via: The Korea Herald

O produtor Choi Yoon-suk disse durante um evento de imprensa que ele queria que o drama compartilhasse pensamentos sobre as mulheres que escolhem ficar solteiras, mas os atores do elenco principal pensaram o contrário, sugerindo que a direção em que o programa se encaminhava estava um pouco confusa.

Hwang Jung-eum, protagonista feminina, disse que percebeu com o drama que “o amor é a parte mais essencial da vida”, enquanto a atriz veterana Choi Myung-gil disse que o drama “mostra constantemente que ‘casamento é a conclusão de um relacionamento romântico.’”

“O drama não parece retratar a realidade do “não casamento” com precisão. O tópico parece ser mais uma das maneiras de mostrar outra história clichê vista em comédias românticas anteriores quando os espectadores esperam algo diferente – como Hyun-joo superaria sua decisão e encontraria uma direção para um relacionamento que poderia substituir o casamento,” disse o crítico de cultura Jung Deok-hyun  ao Korea Herald.

“O problema fundamental dos dramas românticos coreanos é que, mesmo que eles adotem algo novo – vimos não casamento e homossexualidade nos dramas – as histórias não conseguem convencer os espectadores e muitas vezes retornam a tramas familiares, que acabam decepcionando ainda mais os espectadores”, disse Jung.

Da mesma forma, “Oh My Baby”, da tvN, em que uma mulher procura uma maneira de ter um bebê sem se casar, foi considerada uma nova tentativa, mas teve uma recepção pior do que o esperado no final. Alguns críticos do drama disseram que, em última análise, era uma história clichê sobre um triângulo amoroso no qual dois homens se apaixonam pela mesma mulher.

Via: The Korea Herald

Com a falta de entendimento sobre como levar a história adiante, esses dramas geralmente empregam detalhes irreais e repetições de coincidências para facilitar tramas improváveis.

No caso de “Men are Men”, Hyun-joo decide não se casar devido aos seus infortúnios em seus lapsos anteriores de vida, quando na realidade ninguém decide morar sozinho por uma razão tão fantástica.

“Não é a nova forma de romance ou relacionamento que atrai o público, mas quanto esforço os produtores dedicam a entender esse tipo de material e entregá-lo. Detalhes irrealistas e exagero de coincidências apenas forçam os espectadores a perder o interesse”, disse o crítico de teatro Yoon Suk-jin.

Os dramas que lidam com relacionamentos comuns e realistas, incluindo os românticos, como “My Unfamiliar Family”, da tvN, são melhores em conquistar os espectadores com detalhes com os quais eles concordam, acrescentou Yoon.

As histórias de amor despertam facilmente as emoções e a empatia das pessoas, e Yoon observou que os produtores podem estar se aproximando do gênero com muita facilidade por esse motivo, com o resultado de que a TV coreana é, e sempre foi, inundada pelos dramas de gênero de romance.

“O amor é algo que as pessoas encontrarão para sempre (em dramas), mas a forma do amor muda constantemente com a sociedade, e o mais importante aqui é como percebemos essas formas mutáveis ​​de relacionamentos românticos. Mas a maioria dos dramas parece ter idéias fracas sobre o que eles realmente querem retratar nos episódios.”


Disclaimer: As opiniões expressas em matérias traduzidas ou em colunas específicas pertencem aos autores orignais e não refletem necessariamente a opinião do KOREAPOST.



DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome.