Você provavelmente já ouviu as palavras Oppa (오빠), Hyung (형), Noona (누나) e Unnie (언니) em várias ocasiões. Talvez você more na Coreia ou assista a um monte de dramas coreanos e outros programas de TV. Mas você sabe o que elas realmente significam, por que elas são usadas e quando usá-las? À primeira vista, elas podem parecer palavras bobas que são usadas demais. No entanto, é realmente de grande importância estar bem informado sobre elas.

Na Coreia, é importante saber a idade da pessoa com quem você está conversando, e tratá-las com formalidade, se necessário. Você pode ter chegado à Coreia de um país ocidental, onde “a idade é apenas um número”, mas isso é completamente o oposto na Coreia do Sul. Não só isso, mas os coreanos têm o seu próprio sistema de cálculo da idade com base no seu ano de nascimento. Quando 01 de janeiro chega, todo mundo torna-se um ano mais velho, por assim dizer. O mês que você nasceu não é muito importante nesse caso.

No entanto, uma peça muito importante à essa informação com respeito à idade é o ano em que a pessoa nasceu. Dependendo do coreano, eles podem realmente calcular a sua idade com base no calendário lunar, em vez de o Ano Novo Ocidental. Neste caso, a sua idade ainda é calculada pelo ano em que você nasceu. Exemplo – a pessoa nascida em janeiro de 1993, ainda são considerados da mesma idade que os nascidos em 1992, simplesmente porque Ano Novo Lunar ainda não mudou em relação ao ano em que nasceram.

Alguém que nasceu em 1989 pode ter 26 anos em Janeiro de 2016, mas para os coreanos já tem 28 anos.

Louco não é?!

Agora, vamos chegar ao ponto. Se você é uma mulher e o homem é mais velho do que você (relacionado a você ou não), você deve chamá-lo de Oppa (오빠). No caso de você ser uma mulher e outra mulher ser mais velha do que você, então a palavra para chamá-la é Unnie (언니). Por outro lado, se você é um homem na companhia de um homem mais velho ou simplesmente engata uma conversa com ele, você deve referir-se a ele como Hyung (형), e, no caso do seu parceiro de conversa ser uma mulher mais velha, você deve chamá-la de Noona (누나).

Em resumo:

Oppa (오빠) = Mulheres falam para homens mais velhos

Hyung (형) = Homens falam para homens mais velhos

Noona (누나) = Homens falam para mulheres mais velhas

Unnie (언니) = Mulheres falam para mulheres mais velhas

Oppa (오빠) e Hyung (형) significam algo como “irmão mais velho”, e Noona (누나) e Unnie (언니) significam “irmã mais velha”.

No entanto, o significado desses termos vai muito além dos irmãos de sangue dos coreanos.

Antes de usar esses termos porém, leve em consideração estas três coisas:

Se houver décadas de diferença de idade entre vocês dois, é menos provável  que você se utilize destes termos.

Mesmo que você não esteja falando diretamente com as pessoas que você chama de Oppa, Hyung, Noona e Unnie, sempre que você se referir a elas em uma conversa com outra pessoa, você deve anexar um desses termos, após o nome da pessoa de quem você está falando.

Você pode abster-se de utilizar estes termos quando encontrar alguém pela primeira vez. Por outro lado, se você estiver em um restaurante coreano, mesmo que as (geralmente mulheres mais velhas) garçonetes sejam estranhas para você, não será estranho para os homens  chamá-las de Noona (누나) e as mulheres de Unnie (언니), independentemente da diferença de idade.

Em que casos a idade não importa?

Há casos e em que coreanos são menos exigentes sobre o uso de tais termos, especialmente ao lidar com estrangeiros. Alguns homens podem achar estranho que você os chame de Oppa (오빠), algumas mulheres vão rir sempre que você se referir a elas como Unnie (언니). Enquanto que para alguns homens um ou dois anos mais jovem do que uma mulher pode achar inapropriado chamá-las de Noona (누나), então, sempre que possível, vão se referir à mulher pelo seu nome. Em geral se há uma pequena diferença de idade, o que irá determinar é o quão próximos vocês dois são. Hoje em dia, até muitos idosos já não se preocupam muito com tudo isso.

OPPA NOONA MEIO

Na escola ou ambiente de trabalho, mais do que a idade, outras coisas são importes. No trabalho, o seu título e status têm precedência sobre todo o resto. Na escola, o que importa é quando você começou e isso determinará como você deve se referir aos demais. Isso também se aplica entre colegas do mesmo nível de status no trabalho.

Na universidade, não importa se a pessoa é realmente mais velha do que você ou não, se eles começaram mais cedo, então sempre se deve chamá-los de Seonbae  (선배) ou ‘ex-aluno mais velho’. Aqueles que começaram mais tarde podem se referir a você como Hubae (후배), ou seja, “júnior”.

Fora os termos apresentados aqui, há outros termos ainda, que os coreanos usam quando se referem um ao outro, com base em seu status, sexo, quem são eles para você, e assim por diante. Para explicar todos estes termos, são necessários vários posts.

Esperamos que estas informações possam ajudá-lo com os seus conhecidos e amigos. Quanto mais você se integrar na cultura coreana, mais desses termos você vai aprender, e melhor irá desfrutar do seu tempo com os coreanos!


Disclaimer: As opiniões expressas em matérias traduzidas ou em colunas específicas pertencem aos autores orignais e não refletem necessariamente a opinião do KOREAPOST.

23 COMENTÁRIOS

  1. Chamo minha amigas Kpopeiras de “Unnie “(com qualquer idade)Sei que ta errado.
    Mas se tornou comum…
    Espero ver outros post relacionados.
    Adorei👏😄

  2. Parabéns pelo tópico. Escrito por um fã que demonstrou muito respeito pela cultura e clareza no texto. Quero apenas deixar a minha opinião sobre a idade. Não consigo entender porquê os asiáticos dão muita importância para idade. Ela pode ser importante na medida, sem muita exaltações. Uma vez minha tia-avó (materna) disse-me que pessoas que têm idades muito próximas, como de 1 a 2 anos, normalmente não diferenciam uma da outra. Ela diz que o que conta, para nós ocidentais, o que vale o peso e a importância de uma idade para outra, independente da distância, se 1, se 3, se 5, se 10 (…), o que vale é a experiência que essa pessoa acumulou. Uma pessoa que tem de 1 a 2 anos, normalmente não possui essa diferença. O tempo é curto demais entre elas, pois ambas possuem praticamente a mesma idade. Uma pessoa que nasceu em 1990, por exemplo, e outra que nasceu em 1991, ambas são bebês. Um de 1 ano e outro de meses. O entendimento sobre o mundo para estas 2 pessoas é o mesmo. O bebê mais velho, obviamente começa a entender algumas coisas sobre o mundo, mas nenhuma experiência a ser compartilhada. Quando olhamos para pessoas mais velhas a partir de 3 anos a mais, 5 anos a mais…se pode perceber a partir daqui algum diferencial. Essas pessoas mais velhas agregam conhecimento e informações que foram adquiridos por um longo período de tempo que uma pessoa nova ainda esta buscando. Mas claro, existem fatores que vão mostrar várias aberturas (exceções). E quando você encontrar alguém que tem, por exemplo, 5 anos a mais que você, em idade, e se essa pessoa tem uma cabeça mental e o conhecimento que você tem, significa que essa pessoa tem a mesma idade mental que você, embora biologicamente é mais velha(o). Portanto, não é a idade em si que causa mais valor para nós ocidentais, e sim a experiência e conhecimento que essa pessoa acumulou e pode compartilhar. E os mais jovens podem fazer o mesmo para com os mais velhos, porém, nesse caso você encontra resistência de pessoas mais velhas ignorando a sabedoria e o conhecimento por meio de experiências dos mais jovens. Não deveria ser assim, mas isso existe e é fato. Idade é uma coisa cronológica para este tempo em que vivemos. Dependendo no que você acredita em uma vida após a morte, onde o tempo é atemporal, ele não existirá mais. Nascer, crescer, produzir, falecer só acontece 1 única vez.

  3. obrigada pelo novo conhecimento.
    sou fã nova de Foram as. mas fiz História e Arte , sou fascinada pela cultura oriental.

  4. Sei que ta errado, mas eu me acostumei a chamar os homens de “Hyung”, sei q o termo certo seria “Oppa” mas eu gosto de chamá-los de Hyung kkk
    Eu estava procurando por isso, queria saber quando e como usar esses termos, obrigado por explicar direitinho e com clareza!!!!

  5. Oi. Achei super legal essas informações. Tive a oportunidade de conversar com um coreano mas tive receio em perguntar: diante dessa importância em relação à idade é aceitável ou possível um homem namorar uma mulher mais velha que ele na Coreia? Com uma diferença de 15 anos entre eles? O que me dizem. Acho que eles são bem rígidos quanto a isso. Não se envolveriam, não é? Parabéns pelo texto.

    • Olá, obrigada pelo seu comentário. Olha, a gente sabe que existe isso sim, viu? Tem até alguns doramas que contam histórias assim. Nós acreditamos que para o amor não há barreiras, independente do país! Um abraço e obrigada por curtir o Koreapost!

  6. Eu tô com uma dúvida, pode ser meio idiota, mas tá me incomodando.
    Por que alguns coreanos possuem Huyng no nome próprio? Tipo o Kim Tae-Hyung do BTS? Existe algum regra que dite o sufixo Hyung em nome próprio ou algo assim?

  7. Material esclarecedor. Obrigado. Comecei a me interessar pela cultura coreana este ano, meio que sem querer, tava procurando o que assistir na Netflix e esbarrei em Doramas e nao parei mais de assistir – é viciante – emendo um no outro à medida que vou acabando de assistir.

    Mas fiquei com uma dúvida: a expressão; OPPA também não teria uma conotação sentimental para relacionamentos íntimos de casais? Ou estou enganado?
    Se sim, o mesmo se aplica a Noona, qnd um homem se dirige à sua parceira?

    • Oi Rodolfo! Obrigada pelo seu comentário. Sim, estas expressões também tem conotação romântica, mas nem sempre. Nos dramas, as vezes as meninas chamam os meninos de Oppa até pra “forçar uma barra”, sabe? Ou realmente quando já estão namorando, é muito normal. Outras vezes porém, é apenas para demonstrar carinho mesmo. É que na Coreia (e isso a Netflix traduz muito errado) quando vc já tem uma certa intimidade com a pessoa, você não chama esta pessoa pelo nome e sim pelo “honorífico”. Por exemplo, a minha professora de coreano é mais nova que eu uns 4 anos. Mas como ela é minha professora eu a chamo de Sonsenim (professora). Como já nos conhecemos a bastante tempo (ela também é colunista aqui do Koreapost), e eu sou mais velha, ela me chama de Unnie. De repente se ela fosse um professor, me chamaria de Noona. Como na Coreia há menos preconceito que no Brasil para os relacionamentos em que a mulher é mais velha (até porque tem muito mais homens que mulheres lá), também é comum ver um namorado chamando a namorada de Noona, porém, depois que se casam, aí vira “querida/querido” ou “marido/esposa”. Outro exemplo, eu tenho um tio do coração que é mais velho do que eu mas de quem eu gosto muito. Como ele não é meu tio de verdade, eu poderia chamá-lo de Oppa. O que eu disse aí em cima sobre a Netflix, é que vc pode ver claramente o personagem chamando o irmão de Hyung e na legenda vem o nome do personagem. Espero ter dirimido suas dúvidas, mas caso contrário, pode mandar mais comentários, ok? Obrigada por curtir o Koreapost!

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome.