A popularidade da cultura coreana cresceu consideravelmente na América do Sul ao longo dos últimos anos e para ajudar a aumentar sua influência na região, um clube estudantil universitário coreano promoveu conteúdos culturais da Coreia durante os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro.

O clube, Saengjon-Gyeongjaeng (A luta pela existência), é composta por cerca de 20 estudantes universitários, e começou seu esforço no início deste ano através da formação de uma página no Facebook voltado para a juventude brasileira.

O clube Saengjon-Gyeongjaeng e as suas páginas na Internet. Imagem: Yonhap

A página é intitulada Amar Korea (Amar Coreia), em Português e compartilha  informações sobre a Coreia como culinária, vestuário, linguagem, música e cultura em vários idiomas (principalmente Português e Inglês), a página está atualmente sendo seguida por mais de 5.000 usuários do Facebook no Brasil.

A Hallyu (onda coreana) está rapidamente se espalhando na América do Sul, no momento” disse a professora Seo Gyeong-Deok da Universidade Feminina de Sungshin. “Nós pensamos que a Rio 2016 seria a oportunidade perfeita para introduzir a cultura coreana, quando todos os olhos do mundo se concentrariam no Brasil“. A Professora Gyeong-Deok está atualmente servindo como conselheira da equipe de estudantes.

O período foi o pico para o projeto da equipe, que mandou mensagens para cerca de 20 páginas oficiais das principais universidades do Brasil para ajudar os alunos brasileiros a compreender, aprender e desfrutar da Hallyu através das redes sociais.

A melhor coisa sobre este essa publicidade particular é que os estudantes universitários coreanos estão interagindo com estudantes universitários do Brasil e compartilhando o conteúdo que os alunos fizeram entre si. Então não é só sobre a introdução de cultura coreana – estamos também servindo como um meio que ajuda os nossos colegas brasileiros a introduzir a sua cultura para nós”.


Disclaimer: As opiniões expressas em matérias traduzidas ou em colunas específicas pertencem aos autores orignais e não refletem necessariamente a opinião do KOREAPOST.



DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome.