A atriz veterana Kim Soo-mi, conhecida por sua recente e hilária imagem de vovó, retorna à televisão com o novo programa culinário “Soo-mi’s Side Dishes” (Pratos de Acompanhamento da Soo-mi) do canal tvN.

Kim Soo-mi (68 anos), famosa por suas habilidades de alto nível em culinária coreana entre a equipe e amigos, irá ensinar suas receitas para três chefs renomados da culinária Chinesa, Italiana e Búlgara em seu novo programa.

Kim Soo-mi. Foto: Alchetron
Kim Soo-mi. Foto: Alchetron

 

 

Comer fora se tornou uma grande tendência atualmente, logo o foco do programa é reavivar a importância da cozinha caseira feita pela mãe, concentrando-se nos pratos de acompanhamento coreanos. Sua masterchef é Kim, que há muito tempo ganhou a imagem de vovó em uma das séries de TV mais conhecidas “Country Diary” por quase 20 anos entre 1980 e 2002.

(Iimagem:)
(Elenco do programa culinário da tvN “Soo-mi Side Dishes” Imagem: CJ&M)

“Alguns de meus amigos dizem que comem fora 4 vezes por semana e vejo muitas pessoas comendo ramen, indo a cafeterias para café e sobremesas caras. Acho que isso está errado. As pessoas precisam entender a importância de consumir refeições caseiras”, disse Kim durante uma conferência de imprensa para o novo programa “Soo-mi’s Side Dishes” no Amoris Hall em Yeongdeungpo-gu, Seoul.

“No mundo de entretenimento local, ela é uma cozinheira muito popular. Muitas celebridades estão ansiosas para experimentar os pratos caseiros exclusivos de Kim. Após decidir pelos pratos de acompanhamento como tema principal do meu novo programa, o primeiro nome em que pensei foi o da atriz Kim”, disse o produtor Moon Tae-ju. “Do cozinhar ao processo de preparo, Kim coloca quase tudo sob seu controle”.

Nascida de uma família pobre em Gunsan, Província de Jeolla do Norte, Kim recorda que suas memórias mais felizes de infância são seus pais e cinco irmãos se sentando juntos no deck de madeira em seu jardim para um jantar rodeado por flores.

“Embora fôssemos pobres, minha mãe era uma mágica e aproveitava o melhor dos vegetais e outros ingredientes para fazer o máximo possível de pratos de acompanhamento. Ela costumava comprar os peixinhos que as peixarias sempre guardavam por causa de seu tamanho e fazia pratos maravilhosos. Nossa mesa de jantar era rica e sempre cheia de pratos apetitosos”, disse ela.

A atriz diz que “entrar na cozinha” é uma “forma de conhecer sua mãe que faleceu 50 anos atrás”. “Perdi minha mãe quando eu tinha 18 anos. Quando engravidei e sofri de enjoos matinais, o kimchi fresco da minha mãe era tudo o eu queria. Para mim, cozinhar e procurar por sabores similares aos das receitas de minha mãe é como um desejo de vê-la novamente”.

Nos últimos anos, através de suas participações como mamãe fofoqueira e vovó em programas de TV, filmes como “Mapado”, “Granny’s Got Talent” e comerciais, ela conseguiu renovar sua imagem e rejuvenescer sua carreira.

A forte atriz junta-se aos chefs de três estrelas Yeo Kyung-rae da cozinha chinesa, Choi Hyun-seok da cozinha italiana e Mihal Spasov Ashminov da culinária Búlgara.

“Muitos chefs se especializam na culinária ocidental de hoje, estudam os sabores dos alimentos coreanos e tentam apresentá-los ao mundo. Como eu sinto necessidade de aprender mais sobre minha profissão, estou aprendendo muito com Kim”, disse Choi, afirmando ser o subchefe assistente de Kim.

Os 3 chefs acostumados a usar medidas exatas na cozinha sentem dificuldades em seguir as receitas de Kim, pois suas medidas baseadas nas mãos, como “um tanto” ou “só um pouco” são frequentes.

soo-mi-side-dishes-ep1Choi, que “pesou ingredientes com precisão de 0,5 gramas” comentou sobre o ambiente de cozinha desconhecido. “Nós três cozinhamos dentro das mesmas ordens, no entanto, os mesmos pratos resultaram em gostos diferentes”, disse ele.

“Quando tempero a comida ocidental, mantenho o foco em apenas um prato servido. Mas na cozinha coreana, os pratos complementares são servidos junto com o arroz cozido, seu tempero tende a ser mais forte do que estou acostumado”.

Kim planeja vender seus pratos complementares tão longe quanto no Oriente Médio e na África. “O produtor Moon e eu planejamos em reuniões anteriores sobre um food truck para vender os pratos complementares e kimchi por um preço acessível aos estudantes universitários que vivem sozinhos, próximos da Universidade Hongik. Se funcionar, iremos vender nas ruas de Tóquio e possivelmente em Dubai,” disse ela. “Não é apenas sonhar acordado. Quem imaginou que o BTS estaria no topo da lista de artistas da Billboard? Possivelmente podemos ver o dia em que vendemos molho apimentado de molusco fermentado na África, se tudo correr bem”.

O primeiro episódio de “Soo-mi’s Side Dishes” estreiou dia 6 de junho na tvN.


Disclaimer: As opiniões expressas em matérias traduzidas ou em colunas específicas pertencem aos autores orignais e não refletem necessariamente a opinião do KOREAPOST.



DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome.