Ao abrir um kit refeição “faça você mesmo” de costelas de frango picantes, percebeu-se imediatamente que cozinhá-lo não seria muito difícil. As costelas de frango, o molho especial, legumes, batata doce e bolos de arroz estavam em embalagens separadas, e todas foram pré-preparadas para cozimento.

A instrução de cozimento na parte de trás do pacote envolvia colocar os ingredientes um a um em uma panela. A reação da família ao prato foi unânime: “Isso tem um gosto igual ao que é vendido em restaurantes.”

Muitos aspectos da vida cotidiana mudaram à medida que em tempos pandêmicos, as pessoas passam muito mais tempo em casa. Com os restaurantes ordenados a fechar às 21h, como parte do regime de distanciamento social mais rigoroso (e recente) do governo sul-coreano, os gigantes do varejo têm se voltado para o crescente mercado de reposições de refeições domésticas e kits-refeição.

Substituições de refeições caseiras (HMR) referem-se a alimentos pré-cozidos que podem ser aquecidos para comer. Por outro lado, os kits refeição requerem cerca de 15 minutos de cozimento simples e geralmente separam o molho e os ingredientes para garantir o melhor sabor possível.

Embora o mercado de kits-refeição tenha começado a decolar há cerca de 4 anos, ele atingiu novos patamares durante a pandemia COVID-19, com o Instituto Econômico Rural da Coreia prevendo que o valor de mercado atingirá 700 bilhões de won (646 milhões de dólares) em 2024.

No início, os kits foram desenvolvidos e feitos por empresas de kit refeição e empresas de entrega. Em pouco tempo, serviços de entrega online como SSG.com e Market Kurly começaram a anunciar kits refeição desenvolvidos em colaboração com restaurantes famosos, trazendo pratos exclusivos dos restaurantes para a mesa de jantar.

As substituições das refeições em restaurantes por kits refeição foram introduzidos como o próximo estágio da substituição da comida caseira. O uso de marcas confiáveis foi uma estratégia de marketing bem-sucedida.

O &Quot;Faça Você Mesmo&Quot; Na Culinária Coreana
Kit refeição do prato odeng sikdang budae-jjigae. Foto: koreaherald/ssg. Com

O kit refeição mais popular vendido este ano pela marca Peacock do E-mart foi Odeng Sikdang Budae-jjigae, vendendo mais de 180 mil kits desde seu lançamento em abril. Budaejjigae é um ensopado de linguiça, presunto e kimchi, entre outros ingredientes, que dizem ter se originado do uso de restos de comida das bases do Exército norte-americano na Coreia. A propaganda do produto afirmava que ele reproduzia o sabor do Odeng Sikdang, de 60 anos, um restaurante em Uijeongbu, província de Gyeonggi, de onde se diz que o budaejjigae se originou.

Outros kits refeição populares incluem um que afirma ter reproduzido o sabor de 50 anos de um restaurante em Busan famoso por polvo, intestino de vaca e panela quente de camarão. Os pratos populares dos restaurantes de hotel também estão disponíveis em forma de kit refeição.

Há ainda mais opções para os consumidores este ano, já que as empresas competiram para encontrar pratos famosos de restaurantes e reproduzi-los como kit refeição.

“Consideramos o Guia Michelin de Seul para a seleção preliminar e depois vamos aos restaurantes provar os pratos escolhidos para um kit refeição”, disse um funcionário do E-mart.

“Tentamos estabelecer como meta o tempo de 10 a 15 minutos para preparar um kit refeição.”

Os restaurantes que entraram no movimento variam dos restaurantes conhecidos regionalmente à restaurantes de hotéis. Por exemplo, o restaurante chinês Hogyeongjeon Jjajangmyeon (macarrão com molho de feijão preto) e Jjamppong (macarrão em caldo picante) vendeu mais de 100 mil kits nos primeiros 100 dias de seu lançamento em SSG.com.

O &Quot;Faça Você Mesmo&Quot; Na Culinária Coreana
Dois pratos famosos do restaurante chinês hogyeongjeon do hotel shinsegae chosun. Fotos: koreaherald/shinsegae chosun hotel

“Para levar o sabor do restaurante para as famílias, passamos por inúmeros testes”, disse o chef Yang Bo-an, de Hogyeongjeon.

“Com muitas pessoas ficando em casa, não só o número de pessoas experimentando o kit refeição pela primeira vez aumentou, mas também os clientes queriam o gosto dos restaurantes em casa.”

Para os restaurantes famosos, as colaborações de kits com grandes empresas oferecem uma fonte adicional de receita, bem como a oportunidade de aumentar o reconhecimento da marca.

“Lançamos nosso kit refeição com a Shinsegae, principalmente para anunciar nossa marca. Além disso, como a Shinsegae é uma grande empresa, foi vista como uma oportunidade de aumentar a receita. Contanto que tivéssemos lucro, não víamos razão para não aceitar sua oferta”, disse um funcionário da Gunsan Squid, uma rede de restaurantes famosa por sua lula marinada e carne.

Mesmo antes da pandemia, restaurantes famosos como Gunsan Squid e Hanchon Seolleongtang, com um tamanho considerável e várias redes de restaurantes, preparavam produtos HMR – Home Meal Replacements (Substituições de Refeições Caseiras) para tirar vantagem do mercado nascente.

Com a crescente popularidade dos kits refeição, esses restaurantes modificaram seus produtos pré-fabricados para criar os kits. Os restaurantes recebem uma comissão por cada kit vendido, bem como a taxa do contrato inicial de uso da marca, embora os contratos variem conforme o tipo de restaurante.

A popularidade dos kits refeição, entretanto, não parece ter muito impacto sobre o número de clientes em restaurantes individuais. “Ainda não vi um cliente dizer que veio ao restaurante porque experimentou o kit refeição”, disse o proprietário de um restaurante.

“No entanto, o benefício é que, como os kits de alimentação podem ser comprados nos restaurantes, muitos clientes compram em grande quantidade quando os avistam.”

Para restaurantes menores, os termos do negócio podem ser menos ideais. Com o Coronavírus fazendo com que os clientes evitem comer fora, os restaurantes sentiram a necessidade de aproveitar todas as oportunidades possíveis.

Um restaurante com um popular kit de refeição online, que preferiu não se identificar, relatou que o kit trazia apenas o nome deles e eles davam apenas sugestões sobre o produto final.

“Os ingredientes do kit refeição são muito piores do que os que usamos na loja. É inevitável, pois o preço do kit refeição é muito mais baixo. Apenas emprestamos nosso nome depois que criam um produto”, disse um funcionário do restaurante.

“Apesar de ser popular online, não lucramos muito com isso. É mais para tornar nossa loja conhecida. Tivemos poucas mudanças no número de clientes. ”

Com o mercado de comida em casa mudando rapidamente, muitos restaurantes já estão se preparando para a próxima novidade.

“O primeiro passo foram os produtos para substituir a comida caseira (HMR) e agora são os kits refeição. Espero que o próximo passo da comida em casa seja o HMR, que pode replicar os pratos de restaurantes famosos sem a necessidade de cozinhar ”, disse um oficial de marketing da Gunsan Squid.


Disclaimer: As opiniões expressas em matérias traduzidas ou em colunas específicas pertencem aos autores orignais e não refletem necessariamente a opinião do KOREAPOST.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.