Existem pelo menos três feriados na Coreia dedicados a amizade e ao romance. O primeiro vem do ocidente: o Dia dos Namorados, no dia 14 de fevereiro, quando as garotas dão chocolate para os meninos. O segundo é uma resposta ao primeiro: o “White Day” (dia branco), no dia 14 de março, uma criação da indústria de doces, quando os homens oferecem marshmallows, chocolate branco ou outros confeitos com cor de neve às mulheres, em resposta ao que receberam no dia dos namorados ou para se declarar à pessoa amada. O terceiro é um deleite para a cultura pop. O “Black Day” (dia negro), no dia 14 de abril, é uma celebração da solidão e da mágoa: “inferno dos casais, paraíso dos solteiros”, foi como a banda de K-pop Pascol o chamou em seu hit de 2014, “Merry Black Day” (Feliz Dia Negro).

A tradição diz que aqueles livres que no momento não estejam envolvidos em romance, devem se encontrar, usando seus figurinos mais escuros e estilosos e comer um dos grandes pratos coreanos “de conforto”: Jajangmyeon, um molho grosso de cor de carvão, feito com caldo de feijões pretos, carne de porco e cebola despejados em cima de um macarrão, servido com daikon doce em conserva.

Mas só alguns na verdade fazem isso. O Black Day talvez seja melhor na teoria do que na prática. “Eu não conheço ninguém que realmente diga ‘vou me jogar no jajangmyeon porque minha vida amorosa é horrível’ ”, conta Phil Chang, um estrategista de marca e diretor criativo em Nova Yorque que cresceu em Seoul. “Por que, quem é que precisa em algum momento de uma desculpa para comer Jajangmyeon?” Quem, realmente? Este é um prato de primeira linha, tão agradável quanto a pizza para viagem, o frango kung pao ou meio litro de sorvete comido direto do pote.

O prato é uma versão “Coreanizada” do macarrão com molho frito servido na província de Shandong, na China. Foi trazido para a Coreia por imigrantes que se dirigiam a Incheon, na costa oeste da Península da Coreia e agora ocupa um lugar de destaque na culinária nacional. O Jajangmyeon é um prato nascido no país e traduzido para acomodar os gostos de uma nação que hoje em dia, está “cansada demais para cozinhar e que pede comida para entrega”. É mais suave do que o original chinês, com um pouco mais de porco, completamente irresistível.

Você pode encontrar o Jajangmyeon nos restaurantes coreanos espalhados pelo mundo, principalmente naqueles que são de donos coreanos com descendência chinesa. Mas cozinhá-lo em casa não é difícil, pelo menos não se você tiver acesso a um mercado coreano ou à internet para conseguir alguns ingredientes, e o resultado é um prazer magnífico depois de mais ou menos uma hora na primeira vez que for feito e um pouco menos nas próximas vezes. O que é mais do que levaria para um cara em uma moto  entregá-lo em sua casa em Seoul, com certeza. Mas você provavelmente não está em Seoul, então, e se você cozinhar em casa, o Jajangmyeon vai transcender a realidade da “comida de entrega” e se tornará aquele prato que alguém pedirá para você fazer uma ou duas vezes por mês!!

Para os coreanos, o melhor Jajangmyeon é geralmente aquele que eles cresceram comendo, seja ele preparado no restaurante preferido do bairro ou, menos frequentemente, por suas mães. Há várias receitas de Jajangmyeon. Deuki Hong e Matt Rodboard colocaram uma boa em seu livro de receitas mais recente, “Koreatown”. Robin tem uma versão ilustrada livro “Cook Korean: A Comic book with recipes” (Cozinha Coreana: uma história em quadrinhos com receitas). Maangchi, a famosa chef coreana do Youtube, publicou uma no seu “Maangchi’s Real Korean Cooking” (A verdadeira cozinha coreana da Maangchi).

Mas, como estamos no Brasil, vamos colocar para vocês a receita do Jajangmyeon em português, do canal Culinária Coreana com a Lan. Esperamos que façam e aprovem!!

 

 

 


Disclaimer: As opiniões expressas em matérias traduzidas ou em colunas específicas pertencem aos autores orignais e não refletem necessariamente a opinião do KOREAPOST.



2 COMENTÁRIOS

  1. Oi, será que alguem pode me dizer onde eu acho um macarrão coreano que é meio borrachudo, nao sei explicar a textura… chewy…
    eu procurei na internet Jjolmyeon. existe no brasil?

    • Oi, para ser bem sincera, acho que aqui no Brasil ainda não tem o Jjolmyeon, mas sei que tem na aliexpress e no ebay, talvez TALVEZ tenha nas lojinhas de são paulo, mas nao achei nada de venda por site (já que nao sou de SP).

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome.