A crescente popularidade do conteúdo coreano em todo o mundo provou que seu poder de contar histórias atrai um público mais amplo e global para além da Coreia.

Para que ele continue seu impulso, as pessoas da indústria de conteúdo disseram que a narrativa precisa continuar a se desenvolver em vários gêneros, bem como criar maneiras de fazer uso de sua propriedade intelectual em várias plataformas.

Jang Min-ji, professor associado de mídia da Kyungnam University, disse que a crescente concorrência nos serviços over-the-top (OTT) levou a mudanças drásticas no mercado de conteúdo e que os criadores precisam responder a isso.

Serviços Over-the-top (OTT) são aqueles em que pessoas usuárias produzem, acessam e trocam informações, por exemplo, Youtube, Netflix, Telegram, etc.

Estamos em um momento em que precisamos reavaliar o poder da ‘K-história’ e discutir como podemos utilizar a propriedade intelectual (do conteúdo) estudando casos anteriores de expansão dela através de vários pontos de venda“, disse ela durante o evento estatal. Conferência online da Korea Creative Content Agency, “2021 KOCCA Forum.

No passado, (o conteúdo) precisava atender a certos critérios para se tornar globalmente aceito. Mas com a ascensão dos serviços OTT, não é mais o caso“, acrescentou Jang.

Ela disse que essa competição cada vez mais acirrada faz com que as plataformas exijam mais oferta de conteúdo para manter seus usuários.

À medida que o número de plataformas de mídia se expandiu, elas precisam de conteúdo para aumentar sua vantagem competitiva no mercado. Portanto, é inevitável pegar histórias que já foram desenvolvidas e expandi-las… para continuar alimentando as pessoas com novos conteúdos, franquias de mídia são esperado no futuro“, disse ela, acrescentando que criadores e produtores também devem considerar a franquia de suas histórias

Lee Hee-youn, chefe da equipe de desenvolvimento de negócios de conteúdo da Naver Webtoon, observou que a expansão dos webtoons coreanos no mercado global quebrou as barreiras sobre que tipo de conteúdo atrai o público além da Coreia e o que não.

No passado, os webtoons eram apenas em coreano, mas agora eles são traduzidos e oferecidos no exterior quase simultaneamente. E como criadores de diferentes origens e idiomas participam trazendo diferentes trabalhos criativos, (os webtoons) também passaram a ser feitos em diferentes formatos como webséries, jogos e dramas“, disse ele. “É importante entender quais são os interesses das pessoas e como podemos colocá-los em nosso conteúdo.”

Lee enfatizou que o conceito da história têm menos efeito sobre se ela vai ressoar no mercado global do que se poderia supor, citando o último sucesso da Apple TV+, “Pachinko”, como exemplo.

Eu costumava duvidar se deveríamos criar uma história sobre a história da Coreia como conteúdo ‘global’. Mas testemunhei como as pessoas ao redor do mundo responderam positivamente a ‘Pachinko’“, disse ele. “Afinal, é tudo sobre como entregamos a história e as mensagens significativas que colocamos nela.”

Disclaimer

As opiniões expressas em matérias traduzidas ou em colunas específicas pertencem aos autores orignais e não refletem necessariamente a opinião do KOREAPOST.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.