Cão da Raça Sapsaree. Foto: Korean Guard Dogs Youtube

Os cães, um dos primeiros animais domesticados, se mudavam com as pessoas enquanto elas migravam em busca de alimento e lugares seguros para morar. O melhor amigo do homem tem ajudado humanos a caçar, fornecer segurança e nos fazer companhia. Como os cães sempre estiveram conosco, os cães domésticos são um livro de história ambulante quando olhamos para seu DNA.

Uma das primeiras evidências de cães na Coreia é uma escultura pré-histórica numa rocha que mostra um cachorro, junto com animais selvagens, nos petróglifos Bangudae, em Ulju, perto de Ulsan.

A escultura da era Neolítica da Idade da Pedra, em um penhasco vertical, mostra um cão de peito oval, com dorso arqueado e cauda apontanda para cima – uma imagem típica de uma raça de cães nativa da Coreia.

Restos de cães são encontrados em antigas escavações arqueológicas e a ciência moderna foram capazes de decifrar o genoma para definir como as raças modernas estão relacionadas aos cães antigos.

A pesquisa preliminar do DNA de cães coreanos nos dá informações enciclopédicas sobre sua história e, conseqüentemente, sua árvore genealógica.

Jindo (Monumento Natural nº 53), Sapsaree (Monumento Natural nº 368) e Donggyeongyi (Monumento Natural nº 540) são as raças de cães tipicamente coreanas, protegidas pela lei e os respectivos governos locais, que garanetem a sua preservação.

Uma equipe de pesquisadores em Seul está aguardando a revisão de um artigo de pesquisa que mostra preliminarmente a composição genética heterogênea da raça Sapsaree. “Isso significa que os dados do genoma de outros cães asiáticos existem na raça Sapsaree, mas não o contrário”, disse um dos pesquisadores.

Jindo, Sapsaree e Donggyeongyi. Os Cães Originais da Coreia
Um Sapsaree chamado Gang corre em Gyeongsan, Província de Gyeongsang do NortePhoto © 2020 Hyungwon Kang

Os cães Sapsaree estão no topo da hierarquia genética dos cães no Leste Asiático, que inclui as raças Jindo, Donggyeongyi, Pekingese, Pug, Shih Tzu, Mastiff Tibetano e Terrier Tibetano.

Os cães Sapsaree na cultura coreana são definidos como todos os cães com pelo longo. O conjunto genético heterogêneo do Sapsaree levou à redescoberta do Sapsaree Manchado, mais conhecido na história coreana como Baduki, que nasceu junto com Sapsaree de pelo longo, que aparece nas pinturas do período Joseon.

Isso é provavelmente o resultado de uma longa história de cães não sendo amarrados ou cercados em vilas rurais até que as leis modernas de trela determinassem que todos os cães estivessem na coleira quando estivessem do lado de fora de casa.

Durante uma visita de pesquisa na década de 1990 a ilha de Jindo, os cães nativos da ilha estavam guardando as casas de seus donos sentados no meio da estrada em frente às casas, levantando-se apenas para ceder aos carros que se aproximavam. Eles voltavam para o meio da estrada assim que os carros passavam. Os cães Jindo soltos da aldeia se davam bem, sem conflitos territoriais, mas definitivamente havia ordem e hierarquia entre eles.

Uma das famílias locais não sabia qual cachorro era o pai de seus filhotes. Houve uma seleção natural ocorrida à noite, com o macho dominante circulando pela ilha competindo por oportunidades de acasalamento. “Eu nunca saberei quem gerou meus filhotes”, disse o dono de uma fêmea Jindo com uma ninhada. “Os machos Jindo só aparecem à noite”.

Jindo, Sapsaree e Donggyeongyi. Os Cães Originais da Coreia
Raça Coreana Jindo. Foto: Schnauzi.com

A seleção natural na ilha fez com que houvesse uma diversidade genética saudável nos cães Jindo.

Esta raça ancestral de cães é conhecida por sua inteligência, habilidades de caça excepcionais, lealdade intensa, habilidade incrível de encontrar o caminho de volta para casa, às vezes a centenas de quilômetros de distância, e ausência geral de defeitos genéticos. A seleção natural foi responsável pela força e saúde da raça, que viveu na ilha, isolada do continente, durante séculos, até que uma ponte de 484 metros de comprimento ligou a ilha ao continente em 1984. Outra ponte foi adicionada em 2005 para dobrar a capacidade de carga de tráfego.

Na década de 1930, durante o período colonial japonês, com exceção da raça de cães Jindo, todas as outras raças de cães foram extintas quando foram abatidas para a fabricação de casacos de inverno para os militares japoneses. A Coreia perdeu a maioria de suas raças nativas.

Mas há lugares tão remotos na Coreia, principalmente nas montanhas, que alguns Sapsaree sobreviveram ao massacre.

Ha Seong-Jin, professor de Medicina Veterinária da Universidade Nacional de Kyungpook, reuniu duas dúzias de cães Sapsaree – o último conjunto conhecido de cães Sapsaree – na década de 1960.

Quando o filho de Ha, Ha Ji-hong, que havia acabado de retornar com seu Ph.D. em genética microbiana pela Universidade de Illinois em Urbana-Champaign, viu os cães Sapsaree de seu pai, a raça estava em perigo de extinção.

O jovem pesquisador acabou mudando sua área de pesquisa para genética animal e passou a restaurar a raça Sapsaree. Isso foi há mais de 35 anos.

O fato de que o futuro da raça Sapsaree não foi determinado por criadores comerciais de cães, mas sim por uma organização sem fins lucrativos, permitiu o melhor resultado possível para a raça.

A população de Sapsaree não tem defeitos conhecidos ou problemas genéticos que prevalecem entre os cães de raça pura.

Jindo, Sapsaree e Donggyeongyi. Os Cães Originais da Coreia
Um Donggyeongyi chamado Seok-dol em Gyeongju, Província de Gyeongsang do Norte. Foto © 2020 Hyungwon Kang

O Donggyeongyi, o cão de Gyeongju Donggyeong, Monumento Natural nº 540, foi o último a se juntar à raça nativa protegida.

Por fora, Donggyeongyi parece idêntico aos cães Jindo, exceto pela cauda naturalmente cortada. Como outras raças de cães nativas coreanas, o Donggyeongyi é gentil com crianças e pessoas, mas ferozmente dominante entre os cães.

Disclaimer

As opiniões expressas em matérias traduzidas ou em colunas específicas pertencem aos autores orignais e não refletem necessariamente a opinião do KOREAPOST.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.