Foto: Vimeo

Kim Seung-hwa costuma ter que ir ao banco todos os anos na mesma época para enviar seus presentes de Ano Novo (que geralmente são em dinheiro) a seus parentes.

Porém este ano, a funcionária de 37 anos de Seul depositou 300.000 won (US$ 267) em sua conta virtual do Kakao Pay, e pode transferir dinheiro para sua mãe e primos adolescentes que moram na ilha de Jeju, no sul do país.

Enviei 200.000 won para minha mãe e tirei 50.000 won para cada um dos meus primos através do Kakao Talk, no envelope digital junto com uma mensagem desejando um “feliz ano novo“, disse Seung-hwa, antes de embarcar em um avião para Taiwan. “Ouvi dizer que confetes surgiram quando clicaram na mensagem. Eles disseram que foi uma experiência nova e divertida também“.

 

A mulher é um dos inúmeros coreanos que estão experimentando a versão digitalizada do tradicional envelope de Ano Novo usando plataformas móveis. Esse novo sistema, resolve a questão de precisar retirar dinheiro físico dos bancos, enquanto permite que as pessoas mantenham o espírito e as tradições associadas a feriados importantes.

O serviço de envelope de ano novo, deste ano foi de 28 de janeiro a 10 de fevereiro.

Na Coreia do Sul, durante o ano novo, crianças e adultos respeitam os mais velhos e recebem presentes em dinheiro enquanto compartilham palavras de sabedoria. Familiares não casados e parentes idosos às vezes recebem envelopes de dinheiro também (leia aqui, um pouco mais sobre o Seollal, o ano novo coreano).

Lançado em 2014, o Kakao Pay é um serviço de pagamento móvel integrado ao KakaoTalk, o aplicativo de mensagens número 1 da Coreia do Sul, com 43 milhões de assinantes. Ele permite que os usuários solicitem e enviem dinheiro para as pessoas em seus contatos sem ter o número da conta bancária.

À medida que um número crescente de pessoas da cidade, prefere ficar em casa ou viajar para o exterior durante as férias tradicionais, as empresas de TI sul-coreanas têm tentado mostrar às pessoas que as trocas de dinheiro online podem ser divertidas mesmo quando realizadas por meio de um smartphone.

De acordo com uma pesquisa recente com 940 funcionários de escritório da Hunet, 55% dos entrevistados disseram que não planejavam visitar suas cidades natais ou famílias durante o feriado de Ano Novo deste ano, e planejam não fazer nada em particular e relaxar em casa ou desfrute de atividades de lazer e viagens.

Pesquisadores afirmaram que, como a Coréia do Sul já possui a maior taxa posse de smartphones do mundo, pode ser natural que as pessoas se sintam à vontade com a ideia de envelopes de dinheiro digitalizados.

O fato é que o envio de dinheiro digital ou cupons de presentes, para casamentos, comemorações e aniversário de parentes e amigos, já não é realmente uma surpresa“, disse um estudioso. Ele disse que tal desenvolvimento também está ocorrendo em outros países.

Uma forma de honrar a tradição, mesmo nos dias atuais, também está acontecendo na China, onde mais usuários estão realizando transações onlines. Enquanto isso, os gigantes da tecnologia lutam entre si pelo mercado crescente de ofertas online de envelopes vermelhos contendo o dinheiro dado nos feriados.

A empresa não forneceu o número específico de transações on-line na Coreia do Sul durante os feriados anteriores, mas destacou que tem promovido esse serviço conveniente para mais usuários.

Em consenso com o crescente número de usuários de serviços de pagamento móvel, mais pessoas enviam dinheiro on-line para dias especiais, como feriados e casamentos“, disse Jung Jun-hee, funcionário de relações públicas da Kakao Pay. “O número de transações de dinheiro durante os feriados de Ano Novo e Chuseok aumentou no ano passado em comparação com os dias normais

Por trás do enorme marketing e das promoções, o valor total das transações móveis no Kakao Pay superou 20 trilhões de won no ano passado, saltando de 3,8 trilhões de won em 2017, segundo a empresa.

Este crescimento é digno de nota, já que a Kakao Pay apresentou sua versão de um envelope digital para o feriado em junho de 2017, na esperança de alavancar o evento para promover seu serviço de pagamento móvel.

Apesar da conveniência de trocar presentes online, os idosos e tradicionalistas dizem que ainda preferem ver suas famílias para que possam oferecer-lhes boa sorte e prosperidade pessoalmente durante uma refeição, que por anos tem sido o modo como as pessoas passam os feriados importantes.

Para mim, os feriados não são apenas para dar e receber presentes. Eu quero ver meus netos e segurá-los em meus braços, o que me deixa muito feliz ”, disse Lee Yong-suk, uma avó de 64 anos.

Fazer refeições preparadas em conjunto, compartilhar as histórias uns dos outros, acho que é isso do que se tratam os feriados, algo que foi transmitido por séculos seguidos“, disse ela.


Disclaimer: As opiniões expressas em matérias traduzidas ou em colunas específicas pertencem aos autores orignais e não refletem necessariamente a opinião do KOREAPOST.



DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome.