Kihyun e Shownu, integrantes do Monsta X, em participação no episódio do documentário sobre a “Rota da Era de Ouro”. Reprodução: CHA

Imagine aprender sobre a herança cultural e hitórica coreana com as estrelas do K-pop, enquanto lê um webtoon ou assiste um curta metragem, ao invéz de ler extensos e cansativos livros.

A Administração do Patrimônio Cultural (CHA – Cultural Heritage Administration) está trabalhando para acabar com a ideia de que apender sobre história e cultura é algo chato, ao mesmo tempo em que tenta atrair os mais jovens.

Em setembro, a CHA rodou um documentário de oito episódios no Youtube, estrelando os integrantes da boyband Monsta X.

Os vídeos do documentário, que também foram ao ar através da emissora JTBC no dia 22 de novembro, foca principalmente nos meninos do Monsta X visitando roteiros de viagem criados pela CHA e aprendendo sobre suas história com Seo Kyoung-duk, um professor da Universidade Feminina de Sungshin, conhecida por promover a Coreia no exterior.

”Eu pude ver muitos lugares interessantes e desenvolver mais meus conhecimentos. A Coreia do Sul é um país muito bonito e eu quero poder visitar todos esses lugares que foram apresentados pelos organizadores e pelo Monsta X um dia”, comentou um usuário do Youtube no vídeo entitulado “Vlog de Viagem pelo patrimônio cultual coreano com o Monsta X #8”.

Conheça O Patrimônio Cultural Coreano Com Estrelas Do K-Pop E Webtoons
Integrantes do grupo monsta x, jooheon e i. M exploram a “rota de paisagem mítica” em jeju. Eles participaram do documentário creado pela administração de patrimônio cultural (cha, do inglês). Reprodução: cha

As sete rotas turísticas foram apresentadas como parte da “Campanha de Visitação ao Patrimônio Histórico Coreano”. Nelas está inclusa a “Rota da Realeza”,  que conecta os sítios da herança real, assim como a “Rota da Antiguidade”, ao sul da província de Chungcheong, lar da capital do Reino Gaekje.

Em 18 de novembro, a CHA também apresentou uma série de webtoon inspirada em Baridegi, um míto chamânico coreano, passado oralmente de geração em geração. A história original é sobre uma princesa abandonda por seu pai.

No webtoon, a Princesa inicia uma jornada para descobrir quem roubou as estrelas do Big Dipper (Grupo de Sete Estrelas da Constelação da Ursa Maior). Durante a sua jornada, ela visita alguns locais do patrimônio cultural coreano e conta um pouco sobre a história por trás de cada um desses lugares por onde passa. O webtoon está disponível em diversas plataformas, incluindo Lezhin Magazine, Kakao Page, EBStoon e Inamootoon.

Conheça O Patrimônio Cultural Coreano Com Estrelas Do K-Pop E Webtoons
Webtoon desenvolvido pela cha e inspirado no mito chamãnico baridegi. Reprodução: cha

Para completar o ano, a organização divulgou um curta metragem chamado “Cerimônia de Inspeção da Guarda Palacial de Cheobjong”, com participação de diversos atores famosos.

O filme de 20 minutos foi lançado no Canal do Youtube da CHA e no Canal de “Festivais Culturais Reais”, com legendas em inglês.

O filme sobre a cerimônia de inspeção da guarda em um Palácio Real de Joseon tem participação dos atores Tae In-ho, que já participou em papéis de apoio em diversos K-Dramas, incluindo “Descendentes do Sol” e “Misaeng”, e a atriz Park So-jin, mais conhecida como So-jin, integrante do grupo Girl’s Day, que interpretou a protagonista no curta.

O filme evidencia a natural dinâmica em uma cerimônia tradicional.

Cheobjong se refere à um grande sino usado na Era Joseon para sinalizar emergências e durante as inspeções da guarda, feitas pelo Rei. Para a cerimônia de inspeção, os guardas do palácio ficavam reunidos, juntos dos oficiais civis e militares.


Disclaimer: As opiniões expressas em matérias traduzidas ou em colunas específicas pertencem aos autores orignais e não refletem necessariamente a opinião do KOREAPOST.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.