O governo coreano designou o “Wolincheongangjigok“, como o primeiro livro coreano impresso em tipos moveis de metal em 1449, como um tesouro nacional.

Wolincheongangjigok foi designado como um tesouro nacional. Fonte: Cortesia da Administração do Patrimônio Cultural Coreano.
Wolincheongangjigok foi designado como um tesouro nacional.
Fonte: Cortesia da Administração do Patrimônio Cultural Coreano.

A Administração do Patrimônio Cultural (CHA) anunciou que o “Wolincheongangjigok Gwonsang” (o primeiro dos três volumes de “Wolincheongangjigok”) foi designado como Tesouro Nacional No. 320 e uma estátua de pedra assentada em Buda no Templo Woljeongsa em Pyeongchang, província de Gangwon, como Tesouro Nacional No. 48-2.

Além disso, a CHA designou outros seis tesouros, incluindo o selo do estado do período do Reino Joseon (1392-1910), que retornou dos Estados Unidos em 2014.

Wolincheongangjigok” é um poema épico sobre a vida de Buda escrito pelo rei Sejong de Joseon, que inventou o alfabeto coreano, o Hangul. Consiste em três volumes e é considerada uma das canções mais antigas da Coreia do Sul. O livro foi descoberto em 1914 em uma estátua budista e doado à Academia de Estudos Coreanos pelo editor de livros didáticos MiraeN. Foi designado Tesouro No. 398 em 1963 e foi declarado um tesouro nacional.

Fonte: http://phatgiao.org.vn/
Fonte: http://phatgiao.org.vn/

A estátua do Buda sentado do templo de Woljeongsa faz par com o Pagode de pedra octogonal de nove andares do mesmo templo, que é o tesouro nacional. No. 48. O CHA disse que a estátua combinada com o pagode de pedra é original da Coreia.

Fonte: Google Imagens
Fonte: Google Imagens

Três grandes selos foram nomeados como tesouros – “Hwangjejibo” é o selo do Estado produzido pelo rei Gojong em 1897; “Yuseojibo” é o selo usado para nomear funcionários do governo em 1876; E “Junmyeongjibo” usado para professores do príncipe herdeiro em 1889.

Junmyeongjibo; Hwangjejibo ; Sugangtaehwangjebo ; Yuseojibo e cinco outros. Fonte: ice.gov
Junmyeongjibo; Hwangjejibo ; Sugangtaehwangjebo ; Yuseojibo e cinco outros.
Fonte: ice.gov

Um Relicário de Sarira comissionado por Yi Seong-gye, fundador de Joseon; “Hyeopjumyeonghyeonsipchosi“, uma coleção de 300 poemas de escritores coreanos e chineses e um retrato de Park Dong-hyeong, que contribuiu para suprimir a Revolta Musin em 1728 também foram designados como tesouros.


Disclaimer: As opiniões expressas em matérias traduzidas ou em colunas específicas pertencem aos autores orignais e não refletem necessariamente a opinião do KOREAPOST.



DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome.