Uma empresa social local está ganhando atenção depois de fabricar e distribuir máscaras de proteção especialmente projetadas para professores de escolas para alunos com deficiência auditiva, para garantir seu direito à educação em meio ao surto de coronavírus.

Pessoas com deficiência auditiva precisam olhar para a boca para entender claramente o que a outra pessoa está tentando dizer, mesmo que tenham recebido um implante coclear ou usem um aparelho auditivo.

Uma máscara protetora feita pelo Centro de Ajuda Vitalícia para Pessoas com Deficiência Auditiva em Daejeon foi projetada para mostrar a boca da pessoa que a está usando.

A maioria dos 6.200 alunos com deficiência auditiva na Coreia do Sul frequenta escolas normais e aulas com alunos que não têm deficiência.

Para eles, é difícil entender uma palestra se o professor falar com uma máscara.

Um centro de reabilitação especializado em deficiência auditiva desenvolveu uma máscara transparente para os professores, mas estava lutando com a produção em massa, até que o Centro de Ajuda Vitalícia e os voluntários ofereceram assistência em 15 de maio.

Via: The Korea Bizwire

Como utiliza velcro, a folha de revestimento pode ser destacada a qualquer momento para limpeza e reutilização.

No entanto, leva muito tempo para fazer as máscaras, pois tudo é feito manualmente. Um dia de trabalho de voluntários só pode produzir cerca de 700 máscaras.

“Um fabricante local de máscara de proteção oferece máscaras KF94 gratuitamente. Também estamos recebendo ajuda de várias empresas e grupos de voluntários”, disse Cho SeongYeon, chefe do Centro de Ajuda Vitalícia.

O centro está entregando as máscaras transparentes para professores de todo o país gratuitamente, distribuindo 1.800 máscaras para todas as escolas até quarta-feira, quando os alunos do ensino médio retornarem às aulas.

O centro está recebendo ligações de outras escolas para enviar mais máscaras.


Disclaimer: As opiniões expressas em matérias traduzidas ou em colunas específicas pertencem aos autores orignais e não refletem necessariamente a opinião do KOREAPOST.



DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome.