As escolas primárias serão proibidas de realizar aulas intensivas de inglês após a escola para estudantes de primeiro e segundo grau a partir de março, para fazê-los concentrar-se em aprender coreano.

O Ministério da Educação disse que encerrará a aprovação temporária para o programa em 28 de fevereiro, apesar da oposição de pais e professores em várias escolas, muitos dos quais são contratados.

O Ministério disse que a decisão estava em consonância com a decisão do Tribunal Constitucional de fevereiro de 2016, de que a proibição do governo sobre a educação intensiva de inglês para crianças nos primeiros graus do ensino fundamental era legal. O tribunal disse que ensinar crianças pequenas, coreano e inglês ao mesmo tempo, poderia dificultar o desenvolvimento da proficiência coreana e causar outros efeitos colaterais.

Os alunos frequentam aulas extras na Seul Geumho Elementary School. Imagem: Arquivo Korea Times.

Após o julgamento, o ministério removeu o inglês do currículo regular dos alunos do primeiro e segundo grau nas escolas primárias, mas permitiu que o ensino de inglês fosse ministrado até 28 de fevereiro.

O programa (de aula de inglês depois da escola) chegará ao fim em 28 de fevereiro“, disse o ministério.

A decisão acendeu a oposição dos pais e professores. Muitos pais querem que o programa seja prolongado porque é mais barato do que os institutos privados de línguas e dá às crianças de famílias de baixa renda a oportunidade de aprender inglês.

A decisão também deixou cerca de 7 mil professores de inglês nativos de países de língua inglesa e coreanos contratados para o programa, em risco de perder seus empregos.

É uma política que só beneficiará o setor de educação privada“, disse Lee Jun-ho, administrador assistente da Federação Nacional de Aulas Pós-Escolares. “Isso causará grande agitação entre os 7.000 professores de inglês coreanos e estrangeiros


Disclaimer: As opiniões expressas em matérias traduzidas ou em colunas específicas pertencem aos autores orignais e não refletem necessariamente a opinião do KOREAPOST.



DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome.