O local em que a Casa Azul (Cheong Wa Dae) foi construída remonta ao período de Goryeo (918-1392), quando o reino tinha palácios reais no local.

Durante a era Joseon (1392-1910), o local era considerado sagrado. Localizado fora de Sihwamun, o portão norte de Gyeongbokgung, era um lugar onde os retentores reais juravam lealdade ao rei. Segundo os registros do reinado do rei Sukjong, o local era considerado tão sagrado que nenhum rei ousava ocupar o local, apesar de sua bela paisagem.

A história da Casa Azul, a residência oficial do presidente da Coreia do Sul
Foto: Chris Travels the World

A terra foi mais tarde chamada Gyeongmudae, parcialmente usada como um lugar para treinar habilidades marciais quando o regente Heungseon Daewongun ordenou a reconstrução do Palácio Gyeongbokgung em meados do século XIX. O palácio foi destruído em um incêndio no final do século XVI. Depois que a Península Coreana foi anexada pelo Japão (1910-1945), a residência oficial do Governador-Geral japonês foi construída no local onde Cheong Wa Dae está agora localizado.

Cheong Wa Dae tem sido os escritórios administrativos do presidente, secretaria e outros funcionários, bem como a residência oficial do presidente e da primeira-dama. Foi oficialmente nomeado Cheong Wa Dae em 1960, após a posse do presidente Yun Bo-sun, que serviu como segundo presidente da Coreia do Sul. O edifício principal foi concluído em 1991 durante a administração do presidente Roh Tae-woo, o sexto presidente do país.

A história da Casa Azul, a residência oficial do presidente da Coreia do Sul
A recepção central da Cheong Wa Dae. Foto: Chjris Travels the World

Cheong Wa Dae é composto por vários edifícios e um jardim, incluindo o edifício principal de escritórios cujo estilo arquitetónico é baseado em palácios coreanos e tem um telhado icónico coberto por 150 mil azulejos azuis. Estes azulejos são o que deu origem ao nome “Casa Azul”. Também fazem parte de Cheong Wa Dae uma casa de hóspedes estatal para eventos oficiais ou grandes reuniões e uma residência oficial para a primeira família e Sangchungjae, que foi construída com madeira de pinheiros vermelhos coreanos e é usada para receber convidados estrangeiros e reuniões não oficiais.

Nokjiwon é um jardim de 3.300 metros quadrados habitado por cerca de 120 espécies diferentes de plantas, incluindo aquelas plantadas pelos ex-presidentes. O pinheiro-manso de 160 anos e 17 metros é o símbolo mais conhecido do jardim.

Disclaimer

As opiniões expressas em matérias traduzidas ou em colunas específicas pertencem aos autores orignais e não refletem necessariamente a opinião do KOREAPOST.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.