Fonte: Korea Herald

Unhyeongung perto da Estação Anguk na linha 3 do metrô certamente não é um grande palácio da era Joseon que aparece com destaque nos livros de guias turísticos. O complexo relativamente pequeno que uma vez pertenceu a Heungseon Daewongun, pai do rei Gojong, vale uma visita, pois representa os últimos anos da dinastia antes de perder o poder para a intervenção japonesa no início do século 20.

As Últimas Décadas Da Era Joseon Em Exposição Em Unhyeongung
Fonte: korea herald
As Últimas Décadas Da Era Joseon Em Exposição Em Unhyeongung
Fonte: korea herald
As Últimas Décadas Da Era Joseon Em Exposição Em Unhyeongung
Fonte: korea herald

As Últimas Décadas Da Era Joseon Em Exposição Em Unhyeongung

Fonte: Korea Herald

As Últimas Décadas Da Era Joseon Em Exposição Em Unhyeongung
Fonte: korea herald
As Últimas Décadas Da Era Joseon Em Exposição Em Unhyeongung
Fonte: korea herald

A história sombria da consequente queda da linha real de Joseon, a casa também mostra a vida cotidiana da família real famosa por sua resistência à intervenção estrangeira.

As Últimas Décadas Da Era Joseon Em Exposição Em Unhyeongung
Fonte: korea herald

Dos pequenos quartos dos criados aos aposentos do grande mestre, Unhyeongung, que significa Palácio das Colinas de Nuvem, oferece um vislumbre do passado, onde a família tentou manter as tradições e valores confucionistas diante do caos político que se aproximava.

As Últimas Décadas Da Era Joseon Em Exposição Em Unhyeongung
Fonte: korea herald

Em 1912, o local de Unhyeongung foi redimensionado quando sua propriedade foi confiscada pela administração japonesa.

As Últimas Décadas Da Era Joseon Em Exposição Em Unhyeongung
Fonte: korea herald
As Últimas Décadas Da Era Joseon Em Exposição Em Unhyeongung
Fonte: korea herald

A administração japonesa construiu um edifício em estilo ocidental chamado Unhyeongung Yangguan atrás do lugar para manter o controle da família real. A propriedade foi devolvida aos descendentes de Heungseon Daewongun após a libertação de 1948 e o governo metropolitano de Seul a comprou e renovou na década de 1990.


Disclaimer: As opiniões expressas em matérias traduzidas ou em colunas específicas pertencem aos autores orignais e não refletem necessariamente a opinião do KOREAPOST.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.