As ultimas interações entre as duas Coreias, vêm trazendo esperanças de cooperação em projetos para o capital social (SOC), desde  que os líderes da Coreia do Sul e do Norte concordaram na sexta-feira, em religar rodovias e ferrovias.

No comunicado conjunto divulgado pelo presidente sul-coreano Moon Jae-in e pelo líder norte-coreano Kim Jong-un após a reunião, as duas Coreias concordaram em impulsionar os projetos SOC, antes iniciados pelos falecidos presidente sul-coreano Roh Moo-hyun e o líder Kim Jong-il líder norte Coreano, em 2007, com o foco no crescimento equilibrado e prosperidade na península coreana.

O primeiro passo concorda em conectar Seul e Pyongyang por estradas e ferrovias entre as fronteiras e melhorar a infraestrutura existente.

Além disto, o plano inclui medidas para utilizar a ferrovia Gyeongui, que liga Shinuiju, uma cidade na fronteira da Península Coreana com a China, e Seul.

Durante as negociações, Moon disse que se a ferrovia estiver conectada com o norte, tanto a Coreia do Norte quanto a do Sul poderão usar trens no futuro. Kim elogiou a qualidade da ferrovia que conecta Seul e PyeongChang, o local que foi sede dos Jogos Olímpicos de Inverno de 2018, em fevereiro e comentou que se Moon, quiser visitar a Pyongyang, será melhor usar um avião, já que a infraestrutura de transporte do Norte ainda é ruim e necessita de melhorias.

As negociações não apenas podem proporcionar um sistema ferroviário intercoreano melhor, mas também elevar as possibilidades da construção de aeroportos e outras instalações e desenvolvimento de zonas econômicas especiais no Norte que podem e beneficiar de investimentos externos.

Nas últimas duas cúpulas anteriores, em 2000 e 2007, Seul e Pyongyang concordaram em cooperar para construir uma ferrovia ligando as duas Coreias, mas a ação foi suspensa por vários motivos.

Autoridades do governo declararam que a cooperação intercoreana em projetos globais de SOC pode ser discutida, já que as duas Coreias devem manter conversas de nível operacional para executar os projetos de construção de ferrovias.

Kim Hyun-mee, o ministro da infraestrutura e transporte e Park Yong-man, presidente da Câmara de Comércio e Indústria da Coreia, foram convidados a participar do jantar oficial oferecido por Moon para Kim na Panmunjom.

O Instituto de Pesquisa de Economia da Construção da Coreia (CERIK) disse que as Coreias do Norte e do Sul podem selecionar projetos SOC que sejam mutuamente benéficos para os dois lados e realizá-los.

Entre outros projetos, a CERIK sugeriu que as duas Coreias retomassem a operação do Complexo Industrial de Kaesong, que foi fechado em fevereiro de 2016 devido aos lançamentos de mísseis e testes nucleares do Norte.

 

AEN20180427013351320_01_i


Disclaimer: As opiniões expressas em matérias traduzidas ou em colunas específicas pertencem aos autores orignais e não refletem necessariamente a opinião do KOREAPOST.



DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome.