Hwang Jini – também conhecida como Hwang Jin-yi, Hwang Chini – foi uma Kisaeng famosa que viveu durante o período da Dinastia Joseon. Kisaeng eram artistas que trabalhavam entretendo outras pessoas como nobres e reis, mas também podiam ser cortesãs e prover serviços sexuais.

Então, Jini foi uma poetisa, escritosa, calígrafa, musicista e dançarina coreana, e seu nome de kisaeng era Myeongwol, nome que faz referência a lua. Durante a minha pesquisa, alguns dados sobre seu nascimento e sua morte pareciam confusos: enquanto os pesquisadores – pelo menos a grande maioria – colocam que ela nasceu em 1506, a data da sua morte varia entre 1560, 1565 e 1566.

Fonte: Google - Desenho tirado de livros coreanos.
Fonte: Google – Desenho tirado de livros coreanos.

Isso já nos mostra uma característica da sua história: devido à pouca quantidade de fontes em inglês – imaginem em português – não se sabe ao certo muito sobre sua vida. Sabemos que a sua mãe se chamava Chin Hyungeum, que ela era de uma classe mais pobre e era extraordinariamente bonita. Sabemos também que a beleza da sua mãe chamou a atenção de um jovem nobre chamado Hwang Chinsa, que a levou como amante por um tempo. Os dois tiveram uma filha, Jini, que desde jovem foi reconhecida devido a sua beleza e a sua habilidade musical.

Jini nasceu em Kaesong, que atualmente é território norte coreano, e viveu durante o reinado do rei Jungjong (que reinou de 1506 até 1544). Ela é conhecida, entre outras coisas, pela sua beleza, pela sua inteligência e por ser uma pessoa assertiva e independente. Ela se tornou uma figura mística na Coreia contemporânea, tanto que já foi a inspiração para romances, óperas, filmes e sérias de tv.

Fonte: viableopposition
Fonte: viableopposition

Em sua época, o confucionismo estava solidificando seu domínio sobre a classe nobre e diferentes escolas de pensamento estavam lutando entre si. Embora kisaeng fosse, tecnicamente, um status de escravo, Jini desfrutou de uma liberdade que outras gerações de kisaeng não desfrutaram.

Enquanto estava no seu “personagem” Myeongwol, Jini obtinha suas necessidades através de casuais encontros com homens e isso nos mostra alguns pontos importantes: a) sua habilidade – apesar da pouca idade, pois a mesma tinha cerca de 15 anos – em lidar com homens, da mesma forma que grandes as cortesãs faziam; b) sua vontade de usar sua sexualidade para obter o que queria e; c) sua falta de artificialidade. Este último refere-se ao fato de Jini falar sem toda a formalidade que o idioma coreano pede, assim como se refere ao fato da mesma não ter utilizado maquiagem em uma época onde a maioria das kisaeng utilizavam, além dela se vestir de forma atrativa, mas usando poucas joias.

Devido a sua beleza, personalidade, inteligência, talento musical e a sua habilidade poética, Jini não precisava de muito esforço para seduzir os homens, mas quando ela se esforçava, se tornava uma força irresistível. Uma de suas conquistas foi um oficial – colocado como misógino nas minhas pesquisas – do governo chamado So Seyang, que se gabava de que ele a manteria por um mês e depois a despediria sem arrependimento. No final ele implorou para que ela ficasse por mais tempo, porém ela o rejeitou e compôs um poema para dizer-lhe adeus. Outro homem da sua vida que merece ser citado – e que ultrapassou o status de um bom amigo ou amante –  é o filósofo Seo Kyungduk, com quem Jini estudou durante um tempo.

Dada a vida profissional extremamente curta da kisaeng, em torno de trinta anos, Jini fez uma fortuna que, embora não pudesse se comparar com a riqueza de um yangban ou mesmo de uma cortesã europeia bem-sucedida de seu tempo, era mais do que suficiente para dá-lhe conforto até sua morte em torno de 1560 – 1566. Uma das razões para esse sucesso foi a sua capacidade de lidar com os homens de uma maneira completamente “insensata”, o que lhe permitiu sempre buscar algo mais lucrativo, sem hesitação ou arrependimento

Caso você tenha se interessado em saber mais, você pode assistir ao filme de 2007 sobre ela, chamado Hwang Jin Yi, que conta com Song Hyekyo no papel de Jini.

Fonte: google
Fonte: AsianWiki

Assim como você pode assistir ao drama de 2006 – com o mesmo nome do filme, mas também pode ser chamado de Hwang Jini – que tem a Ha Jiwon no papel principal.

fonte korean drama
Fonte: Korean Drama

Para finalizar, os seus sijos – forma de poesia coreana que emergiu na Dinastia Goryeo, floresceu durante a Dinastia Joseon, e ainda é utilizado hoje em dia – muitas vezes descrevem a beleza e os locais de Kaesong, a tragédia pessoal de seus amores perdidos e respostas aos famosos poemas e literatura chineses clássicos (a maioria refletindo sobre o amor perdido).

Bem, deixarei para vocês um pequeno exemplo aqui de um poema em que ela compara longas noites de inverno a espera pelo amante, com noites de primavera curtas passadas com ele:

“Quero envolver esta noite de inverno escuro
Com a brisa da primavera
E desenrolá-lo na noite em que meu amante retornar para mim”.

Caso tenham se interessado, a Amazon vende um livro com poesias de Jini e de outras cortesãs poetisas da sua época. Qualquer coisa é só clicar aqui.

A extraordinária presença e força de Jini, é um dos principais motivos pela qual as mulheres da Coreia contemporânea a acham tão fascinante.

Por hoje é isso e espero que tenham gostado!


Disclaimer: As opiniões expressas em matérias traduzidas ou em colunas específicas pertencem aos autores orignais e não refletem necessariamente a opinião do KOREAPOST.



1 COMENTÁRIO

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome.