Olá! Esta é a segunda postagem do Especial Aula de História. Fiquem atentos pois na semana passada, começamos com o surgimento da Coreia e iremos até a Coreia dos dias de hoje.

No final do Período Gojoseon, os estados tribais surgiram um após o outro na Manchúria e na Península Coreana. A Buyeo foi estabelecida nas planícies ao longo do rio Songhuajiang, na Manchúria e Jilin, províncias atualmente chinesas. O povo de Buyeo cultivava colheitas e criava gado, inclusive de cavalos, utilizando também a pele desses animais.

No início do século I d.C., eles começaram a chamar seu principal líder de rei e se envolveram ativamente com outros países, até entrando em relações diplomáticas com a China. No final do século III, a Buyeo havia sido incorporada a Goguryeo, antigo reino principal da Coreia. O povo de Buyeo realizavam um festival anual chamado “Yeonggo” em dezembro. Durante o festival, eles realizavam um ritual de sacrifício pelo céu, cantavam e dançavam juntos e libertavam prisioneiros também.

O Reino desmoronou durante o estabelecimento da confederação regional, mas as facções que fundaram Goguryeo e Baekje se orgulhavam de seu status de herdeiros de Buyeo. A Samguk sagi (História dos Três Reinos) afirma que Gojumong, que fundou Goguryeo em 37 a.C., era originalmente de Buyeo. Goguryeo prosperou muito em áreas próximas à montanha Baekdusan e ao longo do Rio Amnokgang (Yalu).

Logo após sua fundação, o reino conquistou vários pequenos estados da região e mudou sua capital para Gungnaeseong (Tonggu), perto de Amnok. Através de muitas guerras, afastou as facções leais à dinastia Han e expandiu seu território até Liaodong, a oeste, e ao norte da Península Coreana, a leste. Tornou-se um estado poderoso, exercendo controle sobre a Manchúria e a parte norte da Coreia.

Também havia vários estados pequenos, como Okjeo e Dongye, na atual província de Hamgyeong-do e no norte da província de Gangwon-do, ao longo da costa leste da Península Coreana. Localizados em áreas periféricas, eles não se desenvolveram muito rapidamente. Okjeo oferecia tributos, como sal e peixe, a Goguryeo. O povo de Dongye realizava um ritual de sacrifício para o céu chamado “Mucheon” em outubro, a fim de construir um espírito de colaboração cantando e dançando juntos.

Suas especiarias incluíam um arco para flechas, conhecido como dangung, e o gwahama (um cavalo pequeno o suficiente para passar sem impedimentos por baixo de árvores frutíferas). Esses dois estados também foram incorporados a Goguryeo.

A área ao sul de Gojoseon foi ocupada por um grande grupo de pequenos estados, incluindo Mahan, Jinhan e Byeonhan. Mahan era uma confederação de cinquenta e quatro pequenos estados (compostos por 100 mil famílias no total) localizados nas atuais províncias de Gyeonggi-do, Chungcheong-do e Jeolla-do. Byeonhan estava localizado em uma área que incluía os atuais Gimhae e Masan.

Jinhan, por sua vez, estava localizado em uma área que incluía os atuais Daegu e Gyeongju. Cada um dos dois últimos era composto por uma média de 40 mil a 50 mil domicílios. Os três mini-estados eram conhecidos coletivamente como Sam-han (Três Estados Han). O povo de Sam-han realizou ritos de sacrifício pelo céu em maio e outubro. Nessas ocasiões, eles se reuniam para desfrutar de bebidas e comidas, como de costume, esses rituais sempre incluíam cantos e danças.

Juntamente com a disseminação da cultura do ferro e o desenvolvimento das habilidades agrícolas, estados poderosos como Goguryeo, Baekje e Silla gradualmente se estabeleceram na Manchúria e na Península Coreana.

Goguryeo foi o primeiro dos três reinos a se estabelecer firmemente como um país soberano. Começou a expandir seu território no final do século I e adotou um sistema centrado no rei no final do século II. No início do século IV, o rei Micheon de Goguryeo havia expulsado da Península Coreana facções leais à Dinastia Han.

Os Três Reinos E Outros Estados De Poder [Especial Aula De História]
Os três reinos e gaya (século v d. C. )

Em 372 (o segundo ano do reinado do rei Sosurim), Goguryeo adotou o budismo e anunciou um código de leis em um esforço para estabelecer um sistema de governo adequado. Também estabeleceu o Taehak, um instituto educacional confucionista. O rei Gwanggaeto, o Grande, filho do rei Sosurim, afastou Khitan, Sushen, Dongbuyeo e expandiu seu território para a Manchúria. Ele também capturou muitas das fortalezas de Baekje no sul e ajudou Silla a superar uma crise expulsando os invasores Wako.

Baekje foi estabelecido em 18 a.C. em conjunto com as pessoas que viviam ao longo do rio Hangang, pessoas originárias de Buyeo e Goguryeo e migrantes de outros lugares. Em meados do século III, durante o reinado do rei Goi, o Reino assumiu o controle completo das áreas ao longo do rio Hangang e estabeleceu um sólido sistema de governança política, adaptando a cultura avançada da China.

Em meados do século IV, o rei Geunchogo ocupou Mahan e expandiu o território até a costa sul da atual província de Jeollanam-do. Ao longo da fronteira norte, Baekje enfrentou Goguryeo em uma tentativa de assumir o controle da atual província de Hwanghae-do e acabou também exercendo controle sobre Gaya no sul. Naquela época, o território de Baekje incluía a atual província de Gyeonggi-do, província de Chungcheong-do, província de Jeolla-do, as regiões intermediárias do rio Nakdonggang, província de Gangwon-do e província de Hwanghae-do.

Os Três Reinos E Outros Estados De Poder [Especial Aula De História]
Monumento para o grande rei gwanggaeto (goguryeo; século v).
o rei gwanggaeto, o grande, o 19º rei de goguryeo, expandiu o território de seu reino para a manchúria e as províncias marítimas da sibéria. Em 414, seu filho, o rei jangsu, montou uma estela (6,39m de altura, 37 toneladas) na atual jian, província de jilin, china, para comemorar as grandes realizações de seu pai. A inscrição, composta por 1. 775 caracteres, explica como a goguryeo foi fundada e como expandiu seu território.

Silla teve origem em Saroguk, um dos mini estados de Jinhan. Foi estabelecido como um reino em 57 a.C. pelos nativos da atual Gyeongju e pessoas de outras regiões. Aqueles com os sobrenomes Park, Seok e Kim aderiram ao trono por sua vez. Por volta do século IV, o reino ocupou a maior parte das áreas a leste do rio Nakdonggang.

Durante o reinado do rei Naemul, Silla permitiu que as tropas de Goguryeo permanecessem no Reino para ajudar a afastar os invasores Wako. Adotando também nesta época, a cultura e a civilização chinesas através de Goguryeo.

Os Três Reinos E Outros Estados De Poder [Especial Aula De História]
Coroa de ouro de gaya.
esta coroa foi desenterrada em goryeong, gyeongsangbuk-do. Apresenta decorações verticais e pingentes de jade curvados.

Em Byeonhan, localizada ao longo das margens do rio Nakdonggang, surgiu a Confederação Gaya, com Geumgwan Gaya desempenhando um papel de liderança. A confederação desenvolveu uma cultura de ferro e exerceu considerável influência em áreas ao longo do rio Nakdonggang. Os mini estados de Gaya começaram o cultivo de arroz desde cedo e negociaram ativamente com Wa (Japão) e Lelang, aproveitando o ferro produzido localmente e as rotas marítimas convenientes.

Os Três Reinos E Outros Estados De Poder [Especial Aula De História]
Grande queimador de incenso em bronze dourado de baekje (século vi).
esse precioso objeto ajudou os pesquisadores a ampliar sua compreensão das habilidades de produção, artesanato, cultura artística, religião e idéias de baekje.

Unificação dos Três Reinos sob o poder de Silla

No século V, cada um dos três reinos (Goguryeo, Baekje e Silla) na península coreana estava comprometido com uma política de expansão territorial sob um aparato governamental firmemente estabelecido, centrado no rei. Em Goguryeo, o rei Jangsu, filho do rei Gwanggaeto, mudou a capital para Pyeongyang no ano de 427. Ocupou Hanseong (atual Seul), capital de Baekje, e áreas ao longo do rio Hangang, expandindo seu território até a atual Passagem Jungnyeong (Danyang e Yeongju) e Namyang-myeon, província de Gyeonggi-do. Graças à essa expansão territorial, Goguryeo emergiu como uma potência a ser reconhecida no nordeste da Ásia.

Os Três Reinos E Outros Estados De Poder [Especial Aula De História]
As vestimentas dos três reinos. Foto: wikipedia

Olhando Baekje, o Reino mudou sua capital para Ungjin (atual Gongju) no ano 475, depois de ceder as áreas ao longo do rio Hangang a Goguryeo. Esforçou-se para reconstruir sua força para recuperar o território perdido. O rei Dongseong confrontou Goguryeo reforçando a aliança com Silla enquanto o rei Muryeong reforçou o controle local em um esforço para estabelecer as bases para a prosperidade. O rei Seong, filho do rei Muryeong, mudou a capital de Baekje para Sabi (atual Buyeo), se esforçou para reformar o sistema de governo e recuperou o controle sobre as áreas ao longo do rio Hangang em uma aliança com Silla.

Quanto a Silla, Saroguk mudou seu nome para Silla no início do século VI, reformou seu sistema político e reorganizou suas zonas administrativas, incluindo a capital, durante o reinado do rei Jijeung. O rei Jijeung incorporou Usanguk (atualmente composto por Ulleungdo e Dokdo) no território unificado de Silla e Balhae (século VIII), em 512. O rei Beopheung estabilizou o sistema de governo proclamando leis, estabelecendo regras sobre mantos oficiais e adotando o budismo como a religião oficial do estado.

Ele também incorporou Geumgwan Gaya em um esforço para expandir o território. O rei Jinheung reorganizou Hwarang-do em uma organização nacional e expandiu o território consideravelmente. Ele conquistou terras ao longo do rio Hangang de Baekje, conquistou Dae Gaya em Goryeong, derrubou áreas ao longo do rio Nakdonggang e expandiu o território até Hamheung ao longo da costa leste.

Em 612, a Sui China, que unificou toda a China continental em um estado, atacou Goguryeo, mobilizando mais de um milhão de soldados. O general Eulji Mundeok, de Goguryeo, afogou a maioria dos invasores chineses em Salsu (atual rio Cheongcheongang). A dinastia Sui sofreu enormes danos devido ao fracasso da campanha contra o reino e caiu na dinastia Tang em 618. A Dinastia Tang também atacou Goguryeo várias vezes, mas falhou em todas as tentativas.

Enquanto isso, Baekje frequentemente atacava Silla. Silla, sem sucesso, procurou a ajuda de Goguryeo, invadindo Baekje em uma aliança com a Dinastia Tang. As tropas de Silla lideradas por Kim Yu-sin derrotaram uma força de elite das tropas de Baekje comandadas por Gyebaek em Hwangsanbeol e marcharam para Sabi, capital de Baekje. Tropas da Tang da China invadiram Baekje através do estuário (ambiente aquático de transição entre um rio e o mar) do rio Geumgang. Finalmente, Baekje se rendeu às forças de Silla e Tang em 660.

As forças da união Silla-Tang atacaram Goguryeo, uma vez o reino mais poderoso do nordeste da Ásia. No entanto, Goguryeo havia esgotado seus recursos em duas guerras em larga escala contra as duas dinastias da China e caiu em 668.

Ao conquistar Baekje e Goguryeo em aliança com Silla, a Dinastia Tang tentou exercer controle sobre toda a Península Coreana, incluindo Silla. Silla travou uma guerra contra Tang, derrotou sua marinha em Gibeolpo, perto do estuário do rio Geumgang, e expulsou todas as forças de Tang para fora da península, realizando assim o feito importante de unificar a península coreana em 676.


Disclaimer: As opiniões expressas em matérias traduzidas ou em colunas específicas pertencem aos autores orignais e não refletem necessariamente a opinião do KOREAPOST.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.