Com a unificação dos três reinos na Península Coreana no ano de 668, Silla desfrutou de uma expansão acentuada de seu território e população. A Silla Unificada entrou em um período de deslumbrante desenvolvimento econômico. O que causou uma aproximação com a China Tang.

Período dos Estados do Norte e do Sul: Silla e Balhae Unificados [Especial Aula de História]
Mapa do antigo reino de Silla e Balhae (século VIII).

Os dois países tiveram trocas vigorosas entre comerciantes, monges e estudiosos confucionistas. Silla exportou trabalhos manuais em ouro e prata além de ginseng para Tang e importou livros, louças, tecidos de seda acetinados, roupas e produtos artesanais. Mercadorias da Ásia Central foram introduzidas em Silla, e comerciantes daquela região fizeram visitas a Silla através da Rota da Seda e das rotas marítimas.

Período dos Estados do Norte e do Sul: Silla e Balhae Unificados [Especial Aula de História]

Os principais portos de Silla incluíam Ulsan e Danghangseong (atual Hwaseong, província de Gyeonggi-do), através dos quais foram importadas numerosas mercadorias da Ásia Central e do Sul. No início do século IX, o general Jang Bo-go de Silla estabeleceu uma base avançada em Cheonghaejin (atualmente Wando, província de Jeollanam-do) para lidar com a ameaça dos piratas e incentivar o comércio com países vizinhos, como China e Japão. Enquanto isso, os sobreviventes do reino caído de Goguryeo resistiram ao governo da China Tang. Em 698, um grupo liderado por Dae Jo-yeong, em conjunto com os Mohe, fundou Balhae perto de Dongmiaoshan na atual província de Jilin, na China. O novo reino acabaria por enfrentar Silla no sul.

Período dos Estados do Norte e do Sul: Silla e Balhae Unificados [Especial Aula de História]
Sino Sagrado do Grande Rei Seongdeok (Silla Unificada; Século VIII). Pesando 18,9 toneladas, este é o maior sino do país. É também chamado de “Bell Emille”. As Apsaras Voadoras na figura à direita exibem as habilidades decorativas requintadas de Silla.

Balhae começou a expandir seu território e recuperou o controle sobre a maior parte do antigo território de Goguryeo. Durante o reinado do rei Mu, Balhae controlou o norte da Manchúria. O rei Mun reformou o sistema de governança e mudou a capital para Sanggyeong (atual Ningan-xian, província de Heilongjiang), aproximadamente no ano 755.

O povo de Balhae se orgulhava de sua herança Goguryeo. As cartas mantidas no Japão mostram que os reis de Balhae se referiam a si mesmos como os reis de Goguryeo. Balhae acabou ficando tão grande e forte que o povo de Tang China o chamou de Haedong seongguk (“país próspero do leste”), mas caiu em 926 como resultado da devastação causada por uma erupção da Montanha Baekdusan e uma invasão do Khitan.

 


Disclaimer: As opiniões expressas em matérias traduzidas ou em colunas específicas pertencem aos autores orignais e não refletem necessariamente a opinião do KOREAPOST.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome.

dezesseis + 18 =

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.