A fortaleza de Gongsanseong (공산성, 公 山城) e os túmulos reais em Songsan-ri (송산리 고분군, 宋山里 古墳群) são ambos situados na cidade de Gongju-si, província de Chungcheongnam-do. Eles são parte de uma grande área chamada Baekje Historic Areas, um dos locais que são tidos como Patrimônio Mundial da UNESCO na Coreia do Sul.

As áreas históricas de Baekje foram designadas como um local do Patrimônio Mundial da UNESCO em julho de 2015 para mostrar a relação entre os reinos antigos da Coreia, China e Japão que dispararam desenvolvimentos arquitetônicos e a propagação do budismo.

text_20170424_01

Os sítios arqueológicos e edifícios das áreas históricas de Baekje também são valiosos porque mostram uma tecnologia arquitetônica única da época e representam uma certa estética que só pode ser vista no antigo reino.

Consistindo em oito locais históricos, as áreas históricas de Baekje estão espalhadas pelo condado de Gongju e Buyeo-gun na província de Chungcheongnam-do e pela cidade de Iksan-si na província de Jeollabuk-do.

A história de Baekje pode ser dividida em três partes: o período Hanseong (18 a.C. – 474 d.C.), o período Ungjin (475-538) e o período Sabi (538-660). A fortaleza de Gongsanseong e os túmulos reais em Songsan-ri foram construídos no período de Ungjin, quando Baekje era a casa de uma sociedade rica e vibrante; uma combinação de tradições das regiões do norte e do sul.

O cantor e ator Kim Jae Joong promove o patrimônio cultural em Gongju e no Festival Cultural de Baekje, e foi nomeado embaixador honorário em 19 de abril. Foto: Korea.net

O Festival Cultural de Baekje comemora a história de Baekje, um legado tão grande como o de Goguryeo e tão luxuoso quanto o de Silla, graças ao fato de que, entre os três principais reinos coreanos, Baekje era o mais envolvido no comércio exterior com reinos chineses e japoneses antigos. Este ano será realizado o 63º festival.

O governo da cidade de Gongju-si nomeou Kim Jae Joong, integrante do grupo JYJ, como embaixador honorário de Gongju e do Festival Cultural de Baekje em 19 de abril, antes da cerimônia de abertura do festival, em 28 de setembro.

É significativo para mim contribuir para o desenvolvimento da cidade de Gongju-si, onde nasci e cresci“, disse Kim Jae Joong. “Vou fazer o meu melhor para chamar mais atenção de todo o mundo para Gongju e para o Festival Cultural de Baekje“.


Disclaimer: As opiniões expressas em matérias traduzidas ou em colunas específicas pertencem aos autores orignais e não refletem necessariamente a opinião do KOREAPOST.



DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome.