Para enfrentar a pressão militar de Goguryeo e Silla, Baekje estabeleceu relações estreitas com o Japão. De acordo com a crônica coreana Samguk Sagi, Baekje e Silla enviou alguns príncipes à corte japonesa como reféns.

Devido a confusão sobre a natureza exata da relação (a questão de saber se os coreanos de Baekje eram da família ou, pelo menos, perto da linha imperial japonesa ou se eram reféns) e o fato de que o Nihon Shoki, é uma compilação de mito, isso faz com que seja difícil de avaliar.

O Samguk Sagi, que também registra o assunto,podendo ser interpretado de várias maneiras, reescrito no século 13, provavelmente 7 ou 8 séculos após o fato ocorrido. Para aumentar a confusão é descoberta da espada Inariyama, no Japão, utilizava o sistema de linguagem coreana, ‘Idu’. As técnicas para fazer essas espadas eram aparentemente semelhantes aos estilos coreanos, especificamente do Baekje.

Samguk

Outros historiadores que colaboraram e ajudaram na tradução da história de ‘Baekje e a origem do Japão’, observaram que os príncipes criados no Japão, assumiram o controle das forças navais japonesas durante a guerra contra Goguryeo, tendo isso como evidência não há provas concretas de que eles eram reféns. Como são histórias muito antigas e registros de várias versões, muito pouco pode ser definitivamente concluído.

Outras pesquisas têm sido difícil, devido à restrição de 1976, em relação ao estudo de túmulos reais no Japão. Recentemente, em 2008, o Japão tem controlado o acesso dos arqueólogos estrangeiros, e a comunidade internacional ainda tem muitas perguntas sem resposta. National Geographic tem escrito que o Japão manteve o acesso restrito dos túmulos, alertando rumores de que as autoridades temem escavação, porque iria revelar ligações de linhagem entre a família imperial “pura” e da Coreia.”

Guze Kannon é uma estátua budista feito com a imagem do rei Seong, no estilo coreano. A estátua, originalmente vem de Baekje, é mantido no templo japonês Horyu-ji. De qualquer forma, os coreanos, diplomatas e parentes reais ou não, trouxeram para o Japão, o conhecimento da escrita chinesa, o budismo, o processamento de ferro para armas, e várias outras tecnologias. Em troca, o Japão forneceu apoio militar.


Disclaimer: As opiniões expressas em matérias traduzidas ou em colunas específicas pertencem aos autores orignais e não refletem necessariamente a opinião do KOREAPOST.

4 COMENTÁRIOS

  1. Muito bom o seu post, parabéns^^
    no entanto Baekje(백제) como a confederação independente de Gaya(가야) obtiveram significativas relações diplomaticas e culturais com o Japão,sendo que depois da reunificação da peninsula coreana pela dinastia Silla(신라),as familias reais das dinastias derrotadas(Baekje e Gaya) fugiram para o território chamado na época de UENO(Japão) sendo assim os descendentes da familia real de Baekje e Gaya foram fundamentais para o estabelecimento do periodo YAYOI que é considerado por historiadores o primeiro reino civilizado do Japão,levando para o território japonês a desenvolvida cultura de ambas as dinastias sendo eles acompanhados por artesões,engenheiros e intelectuais coreanos que levaram a escrita chinesa(kanji),conhecimentos para o cultivo do arroz,técnicas para a construção de templos,o budismo e etc^^
    O atual imperador japonês Akihito já admitiu ser descendente de coreanos e pesquisa feita em laboratório de ambos os países(Coreia e Japão) deu que os japoneses tem o tipo genétíco igual dos coreanos.

  2. Eu ainda não li todo o conteúdo publicado sobre a história da Coréia e talvez eu volte a reler pra relembrar os fatos, mas essa é a parte que mais me interessa. É muito difícil achar conteúdo que não seja em inglês e algumas coisas são um pouco confusas. Fico feliz que o blog tenha esse viés de postagens diversas e informativas, obrigada por compartilhar!

  3. Vdde, tb li sobre a ascendência coreana de Nahurito,o q gerou um descontentamento de alguns japoneses,mas o objetivo dele foi d minimizar esse sentimento de intolerância entre japoneses e coreanos por questões culturais e desentendimentos do passado,mostrando q o Japão não é msm d passado e a Coréia tb mudou,ambos p melhor!!!

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.