Resultados de uma pesquisa revelaram que a população sul-coreana tem uma visão descrente e pessimista sobre o governo e a imprensa do país.

A pesquisa realizada pelo instituto de pesquisa Uri Ressearch and Consulting revelou que das 1000 pessoas entrevistadas, apenas 36,2% concordam com a afirmação “O trabalho duro compensa“.

Segundo pesquisa, apenas 36,2% dos entrevistados concordaram que o trabalho duro compensa. Foto: Yonhap
Segundo pesquisa, apenas 36,2% dos entrevistados concordaram que o trabalho duro compensa. Foto: Yonhap

A visão pessimista dos entrevistados aumenta quando o assunto é a gestão pública, com 55,9% discordando da afirmação “O governo está ao lado dos mais pobres“, e 74,1% também discordaram da afirmação “A imprensa representa os mais pobres“.

A Solidariedade Popular Para a Democracia Participativa, uma das duas organizações civis que encomendaram a pesquisa afirmarou: “Parece que a imprensa e o governo terão que trabalhar duro para reconquistar a confiança do público.”

O estudo também reuniu opiniões dos cidadãos sobre o clima político atual. 67,5% afirmaram que a administração do presidente Moon Jae-in e sua iniciativa contra a corrupção e delitos no governo, apelidada de ‘Limpar a Casa’ resultou em ‘punições justas, baseadas nas práticas ilegais‘, enquanto 25,7% acham que a motivação para as medidas contra a corrupção são motivadas por “vingança política contra a administração passada.”

As respostas foram quase idênticas sobre a questão das futuras alterações na constituição, com 43,9% afirmando que a votação sobre as mudanças deveriam ocorrer nas eleições regionais do ano que vem, enquanto 35,1% afirmaram que a votação deveria ocorrer em outro período.

75,1% dos entrevistados aprovaram os protestos e vigílias a luz de velas. Foto: Yonhap
75,1% dos entrevistados aprovaram os protestos e vigílias a luz de velas. Foto:Yonhap

Os resultados também revelaram que 43,7% dos entrevistados afirmaram ter participado dos protestos a luz de velas (28,4%), e três quartos dos entrevistados aprovaram a realização destes (75,1%). Apenas 17,3% concordaram que “as vigílias dos protestos a luz de velas alcançaram seu objetivo, já que a presidente Park sofreu impeachment“. 71,1% concordaram que “reformas estruturais profundas precisam ser implementadas daqui para frente“.


Disclaimer: As opiniões expressas em matérias traduzidas ou em colunas específicas pertencem aos autores orignais e não refletem necessariamente a opinião do KOREAPOST.



DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome.