O bairro de Gangnam é conhecido pelos cursinhos particulares chamados de “hagwon“. Ver os estudantes frequentando os hagwons depois da escola não é novidade para os coreanos.

A novidade nessa região é o crescente número de escolas que oferecem aulas de dança e canto, à medida que mais jovens querem se tornar estrelas do K-pop.

Treinamento em Escolas Particulares

Há 8 anos, Lee Jae-won administra uma escola de dança em Apgujeong, em Seul,  treinando jovens para ser tornar Idol. A escola de Lee tem o objetivo de colocá-los em agências famosas para que esses jovens possam estrear como artistas.

Há muitas escolas para adultos e adolescentes, mas é difícil encontrar escolas que ensinam técnicas básicas para crianças“, disse Lee.

As escolas oferecem cursos de danças nos níveis básico, intermediário e avançado. Iniciantes aprendem o básico, por exemplo, como mexer seus corpos e fazer movimentos simples de danças de K-pop. No intermediário eles aprendem coreografias mais elaboradas e experimentam outros gêneros de música, como o hip-hop.

Na Coreia, a idade média para um cantor debutar está ficando cada vez menor e algumas agências definem limites de idade nos testes. Por causa que as agências famosas são muito exigentes, Lee disse que fornece um treinamento completo.

Escolas particulares ensinam técnicas para se tornar um Idol
Anúncio de datas de audições das agências. Fonte: The Korea Herald

A escola de Lee tem classes separadas para meninos e meninas, pois eles precisam aprender estilos de danças diferentes. A escola também organiza aulas com base em idade.

Quando falava sobre os alunos da escola que entraram em agências famosas, Lee lembrou com carinho de um aluno que, atualmente, está na agência Big Hit.

O garoto tinha inúmeros charmes e talentos mas seus pais não queriam ver seu filho no palco. Felizmente, há dois anos ele entrou na Big Hit e tem se dado muito bem nas avaliações mensais da empresa“.

Lee completa que, independente das habilidades necessárias, os aspirantes devem ser humildes e diligentes porque se tornar um artista no cenário musical não é um passeio no parque.

Desejando ser a próxima sensação do K-pop?

Eu sou uma aspirante versátil e com rosto bonito“, disse Woo Seo-yul, de 8 anos.

Ela sonha em se tornar a próxima IU. Sua rotina diária consiste em acordar às 7h30min, das 9h às 13h ela frequenta a escola fundamental e depois ela vai para o treinamento.

Escolas particulares ensinam técnicas para se tornar um Idol
Woo Seo-yul, de 8 anos quer se tornar a próxima IU. Para isso tem uma rotina de gente grande. Fonte: The Korea Herald.

A indústria está inundando os canais de televisão e plataformas de streaming com programas de audições“, disse o crítico de cultura pop, Kim Hern-sik.

Em alguns casos, Park Jin-young da JYP e Lee Soo-man, da SM Entertainment, aparecem nos programas e participam do processo de recrutamento.

Escolas particulares ensinam técnicas para se tornar um Idol
Park Jin-young da JYP (esq) e Lee Soo-man da SM entertainment (dir). Fonte: Koreaboo

Lee Sun-kyoung, mãe de Seo-yul, disse que nunca imaginou que seria mãe de uma aspirante a Idol. Mas agora, duas vezes por semana, ela dirige mais de uma hora para deixar sua filha na escola de dança, em Gangnam.

É de partir o coração ver minha filha querendo ser uma Idol porque todo mundo quer se tornar um. Além de ir na escola, minha filha só canta e dança“, disse Lee. Ela completou dizendo que faz esse sacrifício, mesmo com a mensalidade cara.

Lee acha que os esforços de sua filha serão recompensados.

Eu estou consciente que a estrada para debutar não é fácil, e é por isso que eu apoio minha filha. Mesmo que ela não se torne uma Idol, eu espero que ela possa mostrar seu talento como dançarina ou professora de dança“.

Decepção e Endividamento

Levados pela febre dos meninos do BTS nos últimos anos, mais a mais artistas de K-pop têm ganhado popularidade ao redor do mundo entre pessoas de todas as idades.

Mas esse tipo de fama é difícil de alcançar. Frequentemente, artistas musicais menos conhecidos têm dificuldades no cenário musical.

Uma mulher de 27 anos, de sobrenome Park, sempre teve o sonho de se tornar uma artista de K-pop. Ela cresceu nos Estados Unidos e sempre foi fascinada pelo K-pop, embora ela nunca tenha pensado que seguiria nessa profissão. Mas no final do ensino médio, depois de passar no teste para a segunda temporada do programa de TV, “K-pop Star”, ela pegou o avião e foi para a Coreia.

Depois de 10 audições, ela foi aceita por uma agência pequena e finalmente fez seu debut. Mas a experiência acabou em decepção.

Fazer parte de uma agência pequena tem muitas desvantagens. Os membros de equipe de programas te tratam mal e você não recebe tratamento preferencial, diferentemente de outros grupos que fazem parte de agências famosas“, disse Park.

Quanto maior a empresa, melhor o tratamento“.

Favoritismo em torno das grandes agências influencia em quais programas você vai se apresentar, tempo de tela e a sala de espera, por exemplo.

As agências investem nos trainees, e a recuperação do investimento leva em torno de um a três anos do momento que os grupos começam a ganhar dinheiro“, ela disse. Mas Park acabou com mais dívidas do que dinheiro porque ela não teve oportunidade de se promover, o que foi um dos motivos pela qual ela decidiu não continuar mais no K-pop.

Fazer o que gosta e ganhar dinheiro parece bom demais para ser verdade“, disse Park.

Quando você percebe que não consegue atingir seu objetivo em 4 anos, você começa a se perder. Às vezes, você precisa ser um pouco mais realista, mesmo que isso signifique não atingir seus sonhos“.


Disclaimer: As opiniões expressas em matérias traduzidas ou em colunas específicas pertencem aos autores orignais e não refletem necessariamente a opinião do KOREAPOST.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome.

17 + dezoito =

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.